O banco de investimentos BTG Pactual optou por alterar boa parte da sua carteira de Small Caps no mês de novembro em relação ao portfólio de outubro. Das 5 small caps que compunham a carteira de Small Caps do BTG Pactual para o mês de outubro, apenas CVC (CVCB3) foi mantida em novembro.

As Small Caps são ações de empresas menores, que possuem baixa liquidez na bolsa de valores na comparação com papéis de grandes companhias, mas que detêm alto potencial de valorização ao longo de tempo. Na B3 (antiga BM&FBovespa) os investidores conseguem acompanhar o desempenho destes papéis por meio do Índice Small Cap (SMLL).

Para este mês, a carteira de Small Caps do banco de investimentos teve quatro alterações em relação ao mês de outubro. Em novembro, entraram no portfólio do banco de investimentos os papéis da Marfrig (MRFG3), Santos Brasil (STBP3), Tegma (TGMA3) e Even (EVEN3), além da CVC Brasil (CVCB3).

Confira a carteira do BTG Pactual de Small Caps para o mês de novembro:

Compondo a carteira de Small Caps para o mês de novembro

Em relatório enviado no início do mês de novembro a clientes, os analistas Carlos Sequeira e Bernardo Teixeira explicaram os motivos que levaram o banco a alterar boa parte da composição da carteira neste mês em relação ao mês anterior, que inclui companhias com valor de mercado inferior a US$ 3 bilhões.

De acordo com os analistas do BTG Pactual, a CVC foi mantida por conta da combinação de modelos de negócio híbrido (lojas próprias, agências independentes, vendas online, franchise e viagem para estudantes) que, de acordo com os analistas, têm “execução impecável”. Para o banco, a CVC tem entregado “números sólidos nos últimos trimestres, apesar da desaceleração econômica”.

Já as ações da Marfrig foram escolhidas pelos analistas do BTG Pactual por conta das projeções de um futuro melhor para a companhia – que seria resultante, dentre outros motivos, de um ciclo favorável do gado nos EUA e no Brasil. “Embora reconheçamos que a Marfrig está longe de ser uma óbvia macro call, é mais provável que os investidores se concentrem em nomes de consumidores domésticos e discricionários, acreditamos que há um forte argumento aqui para investidores que buscam nomes sólidos de baixo para cima. A Marfrig vem de um período de uma década de resultados ruins, com alta alavancagem consumindo praticamente todos os seus fluxos de caixa, deixando pouco para os acionistas. Acreditamos que a empresa poderia estar entrando em uma nova fase, ressaltada pela recém-anunciada venda da Keystone, e pelo foco no segmento de carne bovina”, disseram.

A Tegma foi inserida no portfólio do banco devido à alta exposição do papel à “tendência de recuperação das vendas de veículos leves no Brasil (que ainda são níveis abaixo do normal). Vemos a avaliação da Tegma como especialmente atraente […] e um rendimento de dividendos acima de 5%, com melhoria nos ganhos: seguindo as iniciativas de redução de custos e crescimento de receita, esperamos que a rentabilidade atinja altas históricas no curto prazo”, avaliaram os analistas do BTG Pactual.

As ações da Santos Brasil foram escolhidos para compor a carteira do BTG Pactual deste mês devido à melhoria constante da demanda de oferta, melhora nos volumes e por conta da não expansão significativa da capacidade dos contêineres no Porto de Santos – que, somadas às projeções de crescimento econômico e valorização do real, reforçariam as perspectivas positivas para o futuro da companhia, segundo o BTG Pactual. Para o banco, os papéis da Santos Brasil seguem sendo negociados com desconto no mercado brasileiro.

Os papéis da Even também foram adicionados na carteira Small Caps do banco por conta de prováveis vantagens da Even em um cenário de menores taxas de juros de longo prazo e crescente confiança do consumidor. “A Even se beneficia [neste contexto] de uma demanda mais forte por habitações, vendendo suas unidades prontas em estoque mais rapidamente e acelerando o ritmo de lançamentos de projetos”, avaliou o BTG. Apesar disso, o banco reconhece que as perspectivas de ganhos da Even são “reconhecidamente fracas” e que deve haver perdas em 2018. Ainda assim, o BTG Pactual vê “espaço para uma reclassificação”.

Desempenho do portfólio Small Caps

A carteira das 5 Small Caps do BTG Pactual apresentou desempenho positivo de 20,9% em outubro – ante um desempenho de 12,4% do Small Cap Index. No período, o Índice Ibovespa apresentou avanço de 10,2%

No ano passado, a performance do portfólio de Small Caps do banco de investimento foi de 67,1%, enquanto o índice Small Caps da B3 avançou 49,6%.

Sobre o BTG Pactual digital

BTG Pactual digital é a plataforma digital do BTG Pactual – o maior banco de investimentos da América Latina e quinto maior banco brasileiro, com mais de 35 anos de expertise em investimentos e gestão de recursos atuando no Brasil, Chile, Colômbia, México, Peru, Argentina, Estados Unidos e Inglaterra.

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *