Em apenas 18 anos de século XXI que se passaram, as mudanças tecnológicas que vieram e alteraram os mais diversos meios. Hoje é impensável uma empresa – seja gigante ou pequena, não depender da tecnologia para dar seguimento a boa parte de sua operação (se não toda a operação como um todo). E no mundo das finanças não poderia ser diferente.

Uma pessoa que deseja investir seu dinheiro ainda pode continuar confiando em produtos que existem já há muito tempo, como é o caso dos títulos e públicos, títulos privados e ações. Mas o próprio serviço de oferta de produtos financeiros e ações – como ele é vendido, negociado e até por onde acompanhá-lo –  passou por grandes mudança no meio digital.

Neste meio tempo, foram surgindo novas modalidades de investimentos e especulações – muitas delas bastante interessantes, que deram o que falar nos últimos anos. Entre elas estão as criptomoedas e as opções binárias.

As criptomoedas: não é só bitcoin!

O bitcoin foi um dos principais assuntos da virada de 2017 para 2018, graças à sua valorização excelente, que fez a moeda chegar a quase US$ 20 mil a unidade no fim do ano passado. A discussão principal, entretanto, se mantinha (e ainda se mantém) na questão da confiabilidade, afinal, estamos falando de um produto desregulamentado e totalmente digital.

Não favoreceram a manutenção da alta do bitcoin também os ataques de hackers a corretoras que vendem o bitcoin e outras criptomoedas, como o Ethereum – menos famoso e também mais barato. Apesar disso, não dá para ignorar o fato de que o mundo está mudando e que novidades, como as criptomoedas, chegaram para ficar.

Mesmo com a recente valorização e o bitcoin valendo pouco mais de US$ 8 mil neste momento, as pessoas que apostaram no Bitcoin em julho de 2016 pagaram entre US$ 220 e US$ 240 a unidade. E, pouco a pouco, as moedas digitais começaram a ganhar espaço entre usuários e empresas.

Não é nada fora do normal pensar que o bitcoin se tornará uma moeda do dia a dia, usada para comprar comida, viagens e roupas. Até porque em países da Europa e nos Estados Unidos já existe essa possibilidade.

É claro que a questão da segurança das criptomoedas precisa ser melhor pensada e a regulamentação pode causar mudanças em como o bitcoin é comprado e girado no mercado. Mas não dá para virar as costas para as criptomoedas e outros produtos que deverão surgir no futuro graças às possibilidades de investimento e especulação que a internet e a tecnologia oferecem.

Opções binárias

Outra forma de especulação que chama atenção de muitos operadores e entusiastas nesse novo mundo dos investimentos são as opções binárias. Para quem não conhece, as opções binárias são uma possibilidade de investir nas flutuações de commodities no mercado, seja ações, ouro, prata, café e mais uma grande variedade.

Você que tem mais experiência deve estar pensando que isso já existe na própria bolsa de valores, mas a ideia é diferente: nas ações, os ganhos e perdas são proporcionais, se a empresa valoriza muito, você ganha esse muito.

Nas opções binárias, você tem a opção de escolher de fazer uma compra (call) ou put (venda). No call, se a ação valorizar um centavo, você tem o retorno de seu investimento e mais um lucro, que pode variar entre 70% a 90% do investido. No put, se ela desvalorizar um centavo que seja, você também lucra.

Agora, se você está no lado errado, você perde seu investimento. Não importa se a ação desvalorizou um centavo ou R$ 20,00. O segmento das opções binárias, no entanto, exige atenção do investidor ou operador, já que os riscos envolvidos são bastante grandes.

É preciso ter em mente também que as opções binárias – assim como o Forex – não são regulamentadas no Brasil. Por isso, quem tem interesse em se arriscar neste mercado deve buscar uma corretora regulamentada no exterior.

Conclusão

Como você pode ver, a tecnologia trouxe novas ideias, novas possibilidades e mais rapidez aos processos – incluindo aqueles envolvendo investimento e especulação.

Para quem se interessa por grandes retornos, podendo arcar também com grandes riscos e perdas, as criptomoedas e opções binárias podem se figurar como possibilidades interessantes neste mundo de possibilidades de uma Era cada vez mais digital e tecnológica.

 

Niccolas Paganini, especial para o Blog de Valor.

Autor

Autor Convidado

Este artigo foi produzido por um autor parceiro e/ou convidado do Blog e Valor, com a finalidade de compartilhar suas opiniões sobre temas diversos e contribuir com o site.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *