O banco de investimentos BTG Pactual reiterou, nesta semana, o rating de compra para ações da Vulcabras Azaleia (VULC3), depois que a empresa de calçados confirmou a assinatura de um acordo com a marca norte-americana Under Armour. A parceria entre as empresas foi anunciada no mês de julho, e prevê a distribuição exclusiva dos produtos da Under Armour pela Vulcabras no Brasil pelos próximos 10 anos.

Em relatório enviado a clientes, os analistas Fabio Monteiro e Luiz Guanais destacaram a manutenção da licença da marca e distribuição dos produtos da Under Armour das quais a Vulcabras terá direito pela próxima década, incluindo operações de varejo, de franquia e importações no Brasil. Segundo os analistas do BTG Pactual, o valor da parceria totaliza R$ 97,5 milhões – que serão pagos pela brasileira em 9 parcelas ao longo dos próximos meses.

Sobre as empresas

A Under Armour está presente no mercado brasileiro há quatro anos; de acordo com a Euromonitor, a marca tem 2,5% de participação de mercado no segmento de marcas esportivas no país. Já a Vulcabras entrou na divisão internacional de sportwear em 1974 – após receber uma licença para produção e comercialização exclusivas da Adidas no Brasil.

Nos anos seguintes, de acordo com o relatório do BTG Pactual, a Vulcabras fechou contratos de licenciamento de diversas outras marcas, como a Puma, a Le Coq Sportif e a Reebok – da qual foi distribuidora no Brasil entre 1993 e 2015, e com a qual formou, em 2008, uma joint venture para distribuir produtos no Brasil, Argentina e Paraguai.

Sobre a parceria entre Vulcabras e Under Armour

Para o BTG Pactual, o acordo da Vulcabras com a Under Armour “foi uma surpresa na época em que foi anunciado” – uma vez que, após o término da parceria com a Reebok, “a Vulcavras se concentrou em suas marcas locais e no fortalecimento de suas operações”.

Apesar disso, os analistas do banco de investimentos acreditam que “a parceria com a Under Armour oferece uma oportunidade alternativa de crescimento em um mercado o qual a Vulcabras conhece bem”.

Preço das ações da Vulcabras

De acordo com a equipe do BTG Pactual, as ações da Vulcabras (VULC3) estão sendo negociadas a preços atraentes – uma opção para “investidores que procuram um ativo com desconto, com oportunidades de recuperação e de crescimento”.

Diante das perspectivas promissoras para o futuro, o banco de investimentos reiterou o rating de compra para as ações da Vulcabras. Na tarde desta quinta-feira (4), os papéis da empresa (VULC3) eram negociados em queda de 0,38%, a R$ 5,29 na B3.

Sobre o BTG Pactual digital

BTG Pactual digital é a plataforma digital do BTG Pactual – o maior banco de investimentos da América Latina e quinto maior banco brasileiro, com mais de 35 anos de expertise em investimentos e gestão de recursos atuando no Brasil, Chile, Colômbia, México, Peru, Argentina, Estados Unidos e Inglaterra.

Além de disponibilizar diversas opções de investimentos de diversas instituições por meio de uma única conta – assim como fazem as corretoras, a plataforma aberta do BTG Pactual digital também oferece uma assessoria de investimentos gratuita aos pequenos e médios investidores.

Para ter acesso à assessoria e ao know-how da equipe BTG Pactual, basta que o investidor utilize a plataforma do BTG Pactual digital diretamente no seu computador ou smartphone, sem taxas ou tarifas mensais. Para fazer seu cadastro gratuito no BTG Pactual digital, clique aqui!

 

Quer aprender mais sobre investimentos e finanças? Então conheça o treinamento online “O Investimento Perfeito”. Clique aqui e saiba mais sobre o curso!

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *