O BTG Pactual manteve a recomendação “neutra” para as ações da Ambev (ABEV3) em relatório divulgado no início do mês aos seus clientes. A decisão foi tomada após a companhia de bebidas divulgar seus resultados do quarto trimestre de 2017.

No documento – assinado pelos analistas Thiago Duarto e Vito Ferreira, foram destacados o bom desempenho das receitas da Ambev e os resultados positivos conquistados no período – especialmente no Brasil, permitindo uma recuperação de margem melhor que o esperado.

“Com base nas perspectivas de 2018, ainda acreditamos que nossas estimativas atuais são bastante equilibradas, apoiadas pela expectativa de recuperação de volume, ganhos de preços reais e custos mais baixos no Brasil, o que, em última instância, implica que a ação ainda é comercializada a um múltiplo puxado de 23 vezes o P/L para 12 meses”, informaram os analistas, em relatório.

Primeiro trimestre “difícil”

Apesar de resultados sólidos obtidos pela Ambev nos últimos meses do ano passado, no entanto, o BTG Pactual alerta para a possibilidade de um primeiro trimestre de 2018 “difícil” para a empresa.

Segundo os analistas do banco de investimento, a Ambev não forneceu orientações qualitativas para 2018, mas comentou alguns aspectos do ano que podem resultar em um primeiro trimestre difícil para a companhia. Entre os pontos considerados pela Ambev foram as condições climáticas adversas, um Carnaval antecipado neste ano e volumes mais fracos nas vendas nos primeiros meses do ano.

Por conta das projeções para um primeiro trimestre mais complicado – apesar da perspectiva positiva para o ano de2018 como um todo, o BTG Pactual optou por manter a recomendação neutra para os papéis da Ambev (ABEV3), com preço-alvo em R$ 20,00.

 

Quer aprender mais sobre investimentos e finanças? Então conheça o treinamento online “O Investimento Perfeito”Clique aqui e saiba mais sobre o curso!

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *