O banco de investimentos BTG Pactual manteve o rating neutro para os papéis da Cielo (CIEL3) depois que a empresa de serviços financeiros divulgou seus resultados para o quarto trimestre de 2018. Apesar da classificação neutra, o BTG destacou a adoção de uma abordagem comercial mais agressiva da Cielo, com o objetivo de reduzir perdas em market share.

Em relatório enviado a clientes nesta semana, os analistas Thiago Kapulskis e Eduardo Rosman destacaram a combinação da redução dos preços globais, dos maiores investimentos em marketing e da inserção de mais profissionais em campo – à procura de novos clientes – como a principal responsável pelo impacto nos resultados da Cielo no quarto trimestre do ano passado. Apesar disso, o BTG ressaltou a “deterioração nos resultados” da companhia – que deve acelerar em 2019 e seguir até, pelo menos, o ano de 2020, na visão dos analistas.

De acordo com o documento, o lucro líquido GAAP da Cielo ficou em R$ 724 milhões no período – uma queda de 11% na comparação com o trimestre anterior e 31% na comparação anual. Os números ficaram 3,5% abaixo das estimativas do BTG Pactual e 11% abaixo das projeções da Bloomberg.

A receita bruta, por outro lado, manteve-se em linha com as estimativas, em uma queda de 1% na comparação anual.

Projeções para o futuro

Segundo a equipe do banco de investimentos, a Cielo espera melhorar seus resultados no que se refere à sua frente operacional – embora os números apontem para dados financeiros deteriorados no futuro.

“Com uma abordagem comercial mais agressiva, a Cielo espera melhorar os resultados na frente operacional. Nos próximos trimestres, no entanto, tudo aponta para a continuação dos dados financeiros em deterioração, com apenas uma melhora – potencialmente – gradual no âmbito operacional”, disseram os analistas.

As estimativas oficiais do BTG Pactual apontam, segundo o relatório, para lucros reportados de cera de R$ 2,5 bilhões para 2019 e 2020 em se tratando de Cielo. Há, no entanto, uma sensação de que este ano poderá ser ainda mais fraco do que o esperado.

Classificação neutra e preço-alvo

Apesar de acreditar que as estratégias da Cielo “parecem estar no caminho certo”, o BTG Pactual optou por manter uma postura cautelosa em relação aos papéis da Cielo (CIEL3). Por conta desta cautela, a classificação para as ações da empresa de serviços financeiros manteve-se neutra após a divulgação dos resultados do quarto trimestre.

O preço-alvo estabelecido pelos analistas do BTG Pactual para os papéis da Cielo foi de R$ 11,00. No pregão da última terça-feira (29), as ações da empresa encerram o dia em alta de 4,87%, sendo negociadas a R$ 11,42 – acima, portanto, do preço-alvo estabelecido.

Sobre o BTG Pactual digital

BTG Pactual digital é a plataforma digital do BTG Pactual – o maior banco de investimentos da América Latina e quinto maior banco brasileiro, com mais de 35 anos de expertise em investimentos e gestão de recursos atuando no Brasil, Chile, Colômbia, México, Peru, Argentina, Estados Unidos e Inglaterra.

 

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *