O banco de investimentos BTG Pactual cortou, em nova avaliação realizada no início da semana, o preço-alvo para as ações da M. Dias Branco (MDIA3), que atua no segmento alimentício. A decisão foi tomada após incorporação da aquisição da empresa Piraquê nas estimativas da companhia a partir do terceiro trimestre de 2018.

Em relatório enviado a clientes na última segunda-feira (18), os analistas Thiago Duarte e Vito Ferreira destacaram o potencial de sinergia e crescimento da M. Dias Branco após a compra da Piraquê. Apesar disso, a equipe do BTG Pactual mostrou preocupações relacionadas ao novo negócio, como a perda consistente de participação de mercado da Piraquê nos últimos anos.

Incorporação da Piraquê

Segundo o BTG Pactual, a incorporação da Piraquê nas projeções para a M. Dias Branco sugere uma contribuição da nova aquisição de R$ 40 milhões para o Ebitda da M. Dias Branco em 2018 e de R$ 110 milhões para 2019. Os números, no entanto, não foram suficientes para manter inalterado o preço-alvo das ações da companhia de alimentos.

“Ainda assim, estamos reduzindo nossos números consolidados de curto prazo, uma vez que consideramos o impacto do custo negativo de preços mais altos do trigo e um real mais fraco; o impacto da greve dos caminhoneiros nos volumes do segundo trimestre; e o ambiente de passagem de preços mais difícil em meio a uma recuperação mais lenta da macroeconomia”, disseram os analistas.

Novo preço-alvo para os papéis da M. Dias Branco

O preço-alvo das ações da M. Dias Branco (MDIA3) foi reduzido de R$ 51,00 para R$ 45,00 e recomendação neutra. Para o BTG Pactual “um momento operacional mais difícil” deve manter os papéis da empresa às margens do mercado – o que justificaria o corte no preço-alvo para os próximos 12 meses.

Na tarde desta quarta-feira (20), os papéis da M. Dias Branco eram negociados em alta de 1,06%, a R$ 39,22 na B3 (antiga BM&FBovespa).

Sobre o BTG Pactual digital

BTG Pactual digital é a plataforma digital do BTG Pactual – o maior banco de investimentos da América Latina e quinto maior banco brasileiro, com mais de 35 anos de expertise em investimentos e gestão de recursos atuando no Brasil, Chile, Colômbia, México, Peru, Argentina, Estados Unidos e Inglaterra.

Além de disponibilizar diversas opções de investimentos de diversas instituições por meio de uma única conta – assim como fazem as corretoras, a plataforma aberta do BTG Pactual digital também oferece uma assessoria de investimentos gratuita aos pequenos e médios investidores.

Para ter acesso à assessoria e ao know-how da equipe BTG Pactual, basta que o investidor utilize a plataforma do BTG Pactual digital diretamente no seu computador ou smartphone, sem taxas ou tarifas mensais. Para fazer seu cadastro gratuito no BTG Pactual digital, clique aqui!

 

Quer aprender mais sobre investimentos e finanças? Então conheça o treinamento online “O Investimento Perfeito”Clique aqui e saiba mais sobre o curso!

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *