CARTEIRA WILL – Semana de 28/01/2019, por William Castro Alves

 

CARTEIRA

Da semana passada pra cá comprei mais uma ação (comento mais abaixo) e aportei mais uma grana no fundo que uso como liquidez.

Promessa é dívida…fiz um vídeo explicando o meu racional em investir em petróleo lá fora: CONFERE AQUI

E … Vamos a perguntas recorrentes: 

  • Will mas quanto tu mantem em liquidez? Atualmente 1 ano dos meus gastos correntes…precisa tudo isso? Na real penso que não, mas com a filha nova e o fato de estar aqui na Inglaterra preferi carregar um pouco mais de liquidez.
  • Will por que tu não compra LFT ao invés do fundo? Porque sou preguiçoso! Facilidade de sacar, programar resgate e essas coisas ajudam.
  • Will tu deixa algum dinheiro parado em conta corrente? Zero! Por isso invisto num fundo com liquidez imediata.
  • Will tu não acha que deveria ter FII , ou fundos? Gosto de investir naquilo que conheço e sei o risco que corro….por isso fico com parcela grande em ações e o resto em renda fixa e liquido. Mas tenho a intenção de aumentar essa parcela investida lá fora.

AÇÕES

Adicionei um ativo…a Braskem (BRKM5)…preço médio em R$ 47,30…comprei na segunda e já deu uma andada. Deveria ter comprado mais, eu sei disso, mas não tinha grana em caixa e se vendesse algo ultrapassaria a regra do 20k de isenção de IR…enfim, deveRIA…futuro do pretérito…tempo verbal inútil que só serve para aprendermos com nossos erros…rs

Acredito que qualquer compra ou venda de ações, qualquer tomada de decisão possa ser simples e resumida a 3 motivos…por isso, aqui vão os MOTIVOS QUE ME FIZERAM COMPRAR BRKM5 AGORA: 

  • Penso que a empresa vai sim ser vendida, cedo ou tarde….é só uma questão de paciência…algo que o mercado não tem! A Lyondell Basel empresa holandesa que já demonstrou interesse na compra só quer ter a garantia do fornecimento de nafta pela Petrobras…com a troca do governo esse processo obviamente se estendeu e por isso não saiu até agora. Mas lembro que o atual governo tem o interesse de diminuir a intervenção do estado e lembrem que a Petrobras é a segunda maior sócia da Braskem…então é questão de tempo a meu ver! Quando penso que é uma questão de paciência, me vem a mente a frase do oráculo:

“The stock market is a device for transferring money from the impatient to the patient”, Warren Buffett.

 

  • Empresa é uma forte geradora de caixa…empresa grande, com plantas espalhadas muito além do Brasil. Penso que deve fechar 2018 com um Ebitda acima dos R$ 12 bilhões…se mantiver isso apenas em 2019, estaria negociando a cerca de 4,8x EV/Ebitda, algo que me parece muito barato. Penso que uma negociação de venda se dê num múltiplo de pelo menos 6,5x Eebitda… lá na casa dos R$65/ação. Vale lembrar que recentemente o papel tocou os R$ 60 na expectativa da venda.

  • Por último mas não menos importante, o cenário para suas resinas se mostra bem “honesto” digamos assim. Então mesmo sem venda tu estás comprando uma forte geradora de caixa, barata e com cenário bem ok. Resumo que eles colocam em uma de suas apresentações.

Antes de finalizar, eu lembro que eu sempre posso estar errado e se isso ocorrer vou perder…[…]

 

Leia o texto na íntegra no blog BUGG – Análises Econômicas e de Investimentos, de William Castro Alves.

 

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

William Castro Alves

Economista pela UFRGS, iniciou sua carreira em 2004 na Solidus Corretora, tendo passado pelo Koliver Merchant Bank e Banco Alfa. Atuou como analista de Investimento na XP e responsável pelas gestão das Carteiras Recomendadas.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *