A forma mais conhecida de aumentar o patrimônio é por meio do trabalho, que gera renda, mas a mais eficiente, certamente, é realizando investimentos.

Por meio do investimento é que o dinheiro se multipilica, o que permite a verdadeira liberdade financeira e até mesmo a possibilidade de viver somente com os frutos do patrimônio, sem precisar gerar mais renda por meio do trabalho.

Isso pode ser feito de diversas formas, e nesse artigo você vai conferir seis delas.

Qual o patrimônio que vale a pena ser aumentado?

Como dissemos na introdução desse texto, a forma mais conhecida de se conseguir um aumento de patrimônio é aumentando a renda. Muitos pensam que ser rico é ter bons rendimentos, como um bom salário, bons lucros na empresa, bons rendimentos de aluguel etc.

Porém, a verdade é que rendimentos não são riqueza. Eles podem ser usados para gerá-la, mas não constituem um patrimônio por si sós.

No livro “Os segredos da mente milionária”, o autor T. Harv Eker afirma que a verdadeira medida da riqueza não são os rendimentos: é o patrimônio líquido, pois esse sim pode ser convertido em dinheiro.

Não que os rendimentos não sejam importantes. Inclusive, o mesmo autor diz que os rendimentos, sejam eles ativos ou passivos, são um dos fatores essenciais à construção de patrimônio líquido.

Porém, é com os investimentos que o patrimônio vai verdadeiramente se multiplicar.

Dicas de como aumentar o patrimônio por meio de investimentos

1. Comprando ações que pagam bons dividendos

Existem várias formas de ganhar dinheiro com ações, e uma das mais interessantes é por meio do recebimento de dividendos.

Eles são uma forma de remuneração ao comprador das ações, feita de tempos em tempos e e variando de acordo com cada empresa. Afinal de contas, comprar uma ação de uma empresa é fazer um investimento nela. O pagamento de dividendos é uma das formas de retorno sobre esse investimento.

Obviamente, existem diversas maneiras de ganhar dinheiro com ações, mas os dividendos também podem ser uma alternativa interessante para engordar sua conta bancária, nos casos de empresas confiáveis e com histórico estatutário positivo.

Mas atenção: tome cuidado com as empresas que alteram constantemente a política de distribuição de dividendos.

Pesquise sobre empresas que pagam bons dividendos e estude comprar ações delas.  Para entender melhor sobre como se dá o pagamento dos dividendos, leia nosso artigo sobre isso.

2. Investindo em fundos

Fazer investimentos não significa, necessariamente, comprar um ativo diretamente, também é possível investir por meio das cotas de fundos de investimento.

Nessa modalidade de investimento, o investidor compra uma cota em um fundo formado por dinheiro de vários cotistas e gerido por um profissional, cujo objetivo é escolher os melhores investimentos e depois distribuir os retornos aos investidores cotistas.

Investir em fundos têm seus riscos, mas uma das vantagens é que essa é uma forma relativamente cômoda de investir, pois a gestão do fundo é feita por profissionais no assunto e os riscos são amenizados pela diversificação dos investimentos feitos por eles. Além disso, os custos também são divididos pelos cotistas, o que torna esse investimento um pouco menos oneroso.

Para quem tem vontade de diversificar seus investimentos, mas ainda tem um pouco de receio, essa pode ser uma boa alternativa para aumentar o patrimônio.

3. Reinvestindo rendimentos

Seja qual for o ativo financeiro em que você está investindo (ações, títulos públicos, títulos privados, cotas de fundos etc.), uma estratégia para continuar potencializando a multiplicação de rendimentos é sempre reinvestir o que o ativo rende.

Você pode fazer aplicações programadas, mas nada impede que o rendimento de um ativo seja reinvestido por meio da compra de um outro ativo de modalidade diferente (por exemplo, usar o rendimento do Tesouro Direto para comprar cotas de um fundo).

A tentação de mexer no dinheiro será grande, mas uma vez que você formar o hábito de reinvestir, verá que é quase viciante!

4. Fazendo estratégias de redução de despesa e aproveitamento de ganhos para investir

Todos sabem que o hábito de poupar é importante, mas você de fato implementa alguma estratégia de poupança com a finalidade de investir?

Estabelecer uma porcentagem específica da sua renda para ser poupada a cada mês é muito bom, mas não se limite a isso. Outras maneiras estratégicas de poupar no dia a dia para poder investir são:

  • Apurando tudo que pode ser deduzido do imposto de renda e usar o valor restituído para investir;
  • Usar pontos de programas de fidelidade de hotéis, restaurantes, cartões de crédito e postos de gasolina para evitar fazer compras com dinheiro, deixando-o para ser investido;
  • Comprometendo-se a usar ganhos financeiros não planejados ou que não têm previsão de pagamento, como verbas trabalhistas e  indenizações, para investir.

5. Comprando moeda estrangeira

Comprar moeda estrangeira não é, necessariamente, um investimento. Apesar disso, comprar moeda estrangeira pode se tornar uma opção a ser considerada, principalmente por aqueles investidores que possuem algum objetivo no curto ou médio prazo no exterior.

Investir em moedas como o dólar nestes casos, por exemplo, pode ser uma excelente ideia. Vale a pena considerar a opção e verificar as opções de investimento com lastro cambial disponíveis no mercado.

6. Obtendo renda extra com propriedade intelectual

Esse é outro tema que talvez não esteja ao alcance de todos. Porém, se você, de alguma forma, tiver a oportunidade de investir no ramo de propriedade intelectual, saiba que os ativos financeiros dessa natureza são fator de aumento de patrimônio para muitos dos milionários do mundo.

Entre os ativos financeiros de propriedade intelectual que podem gerar boa rentabilidade, estão:

  • portfólios de marcas;
  • catálogos de publicação de músicas;
  • detenções de licença de uso de programas de computador.

O que torna a propriedade intelectual interessante é que a renda passiva por ela gerada é, basicamente, impossível de ser delimitada.

Ao adquirir um catálogo de composições de um artista que disponibiliza suas músicas em um serviço de streaming, por exemplo, não há como determinar quantas pessoas no mundo inteiro ouvirão as músicas, e a qualquer momento pode surgir um fator que aumente a procura por esse artista. Isso faz com que sua renda se multiplique sem que seja preciso fazer nada.

A propriedade intelectual parece algo distante, mas nem sempre se refere a artistas de grande nome ou obras de nível global: pode estar a seu alcance, por exemplo, quando você investe em uma startup ou quando registra a propriedade intelectual da sua própria empresa.

Agora que você já entendeu como aumentar o patrimônio investindo, não restrinja seu conhecimento: siga-nos no Facebook, Linkedin, Youtube e Twitter para continuar abrindo sua mente e investir cada vez melhor!

Autor

Redação Blog de Valor

O Blog de Valor é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *