*Este artigo foi produzido pelo GestãoClick com exclusividade para o Blog de Valor.

 

A Black Friday se consolidou como uma das datas de maiores vendas do mercado nacional e internacional. Estima-se que só neste ano, a Black Friday irá movimentar cerca de R$ 2,4 bilhões em vendas.

Para surfar na onda desta importante data para o comércio mundial, é preciso estar atento, investir em produtos certos e criar promoções para atrair novos clientes. Se você tem um negócio próprio ou conhece alguém que tem uma empresa e pode lucrar ainda mais na Black Friday, vale a pena continuar a leitura.

Separamos no artigo de hoje 6 dicas para fazer o seu negócio bombar na Black Friday e lucrar ainda mais neste período tão importante para o comércio brasileiro. Confira!

1. Foque no comércio eletrônico

Estima-se que só em 2017 cerca de 52% das compras durante o período da Black Friday foram feitas pela internet (dados da agência Ebit/Nielsen). Pensando nisso, negócios que querem se destacar durante o período devem focar seus esforços na criação de sites atrativos.

Busque soluções de e-commerce que sejam favoráveis ao estilo da sua empresa. Hoje já é possível começar uma loja online praticamente do zero, com plataformas que oferecem o serviço completo.

Para negócios maiores, o ideal é contratar um serviço de criação de sites de venda personalizado. Pode sair mais caro no começo, mas assim você evita pagar taxas sobre as vendas e sai na frente com um site original.

2. Invista em cross selling

A Black Friday é aguardada pelas grandes marcas do varejo, que investem pesado em propaganda. Isso significa que você terá grande concorrência na hora de aproveitar essa data.

Não basta apenas oferecer preços competitivos, é preciso algum diferencial. Uma forma de aproximar os clientes é investindo no cross selling – estimulando o cliente a concluir sua compra adquirindo ainda outros produtos complementares. Um exemplo: se você vende computadores, estimule a compra de acessórios, como mouses e teclados, por preços mais atraentes.

Se vende roupas, inclua em suas promoções acessórios, bolsas e sapatos. Nada seduz mais o cliente do que levar dois produtos pelo preço de um.

3. Resolva o problema do frete

O maior problema para quem vende online é lidar com os valores dos fretes. O Brasil possui poucas opções eficazes de serviços de entrega e isso pode ser uma pedra no sapato para negócios que querem garantir boas vendas.

Outro problema comum é o acúmulo de entregas no período da Black Friday. Correios e transportadoras ficam sobrecarregados e quem paga a conta é a sua empresa, que acaba criando uma péssima imagem com seus clientes.

Antes de começar o seu planejamento de vendas para a Black Friday, converse diretamente com as empresas de transporte e busque a melhor solução. Nas grandes capitais já existem serviços terceirizados de entrega que agilizam o processo.

Se o atraso for inevitável, considere oferecer frete grátis – a maioria dos clientes que compra na Black Friday reclamam das taxas de envio.

4. Monte seu estoque de maneira enxuta

Apesar de a Black Friday ser uma das semanas mais lucrativas do ano, muitos negócios exageram no otimismo e abarrotam seus estoques de produtos. Para evitar encalhes, estude o comportamento do seu cliente.

Em média as vendas da Black Friday são 40% maiores que de uma data comum, isso representa um investimento de no máximo 50% a mais em estoques. Para isso um bom sistema de gestão empresarial pode fazer toda a diferença. Identifique os produtos que você mais vende no ano e monte um estoque focado nos itens mais procurados.

Os produtos mais vendidos na Black Friday geralmente são eletrônicos, eletrodomésticos, vestuário, livros e produtos para casa e decoração. Uma outra forma de garantir um bom fluxo de estoque é colocando produtos já comprados em promoção, fazendo seu negócio girar e maximizando suas vendas.

5. Crie uma experiência de compra sedutora

Alguns clientes ainda olham desconfiados para a Back Friday. O motivo? Algumas empresas foram pegas praticando maquiagem de preços, subindo os valores alguns dias antes para criar uma falsa promoção. Jamais faça isso!

Encante seus clientes com um sólido sistema de pré e pós venda. Certifique-se de criar canais de atendimento, virtuais ou presenciais, especiais para a semana da Black Friday.

Oriente cada passo da compra, resolvendo dúvidas, explicando a qualidade dos produtos e auxiliando nos casos de clientes eventualmente insatisfeitos. Lembre-se: boa parte dos clientes da Black Friday estará comprando em seu negócio pela primeira vez, portanto a boa impressão é fundamental para gerar fidelização.

6. Faça a Black Friday do seu jeito

Esta é uma data importada dos Estados Unidos e ao contrário de outras épocas, não é focada em um só produto. O que importa aqui é o preço baixo e a satisfação do cliente.

Se for preciso estenda sua semana Black Friday, muitas lojas já fazem isso, criando uma conexão com as vendas do Natal. Use o estilo de seu negócio a seu favor e faça uma campanha personalizada, que dialogue diretamente com o consumidor.

Não importa o ramo do seu negócio. Restaurantes, lojas de artigos saudáveis, academias e prestadores de serviços também podem participar da Black Friday, o importante é salientar que a promoção é limitada e feita sob medida para o cliente.

O que achou das dicas para alavancar as vendas na Black Friday? Conhece algum amigo ou parente que pode se interessar por este conteúdo? Então compartilhe com ele este artigo e ajude-o a vender ainda mais durante a Black Friday e a conquistar novos clientes!

 

*O GestãoClick é um software de gestão empresarial online, que oferece aos empreendedores e administradores diversos recursos para gerenciamento do negócio, como o controle financeiro e de estoque, emissão de notas e boletos, entre outras ferramentas. O sistema de gestão é direcionado a pequenas e médias empresa.

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *