Todos os anos a história se repete: inúmeros brasileiros chegam aos meses de novembro e dezembro pensando em fazer compras com o 13º salário – seja para aproveitar os descontos da Black Friday, para as compras de Natal ou simplesmente para utilizar o dinheiro extra para comprar o que desejam ou precisam.

Mas você já parou para analisar como tomar decisões responsáveis com esse salário adicional que você recebe nesta época do ano?

Neste artigo compartilharei com você algumas dicas de ouro de como usar com inteligência o 13º salário e não cair em armadilhas.

Acompanhe!

O décimo terceiro salário

O 13º salário é uma gratificação recebida no final de cada ano, que costuma proporcionar uma maior qualidade de vida às famílias neste período, além de movimentar a economia em um momento de recesso.

Entretanto, há muita gente que se equivoca no momento de escolher um destino para o décimo terceiro salário. Isto é, usam esse salário extra de forma nada inteligente – desperdiçando dinheiro e, muitas vezes, prejudicando as finanças.

Os resultados desta má aplicação do 13º salário podem ser muitos. Há aqueles que gastam todo o dinheiro em uma compra ruim, outros utilizam o dinheiro aos poucos sem, na prática, dar um destino útil a ele e, finalmente, existem aqueles consumidores que conseguem se endividar ainda mais com este ganho adicional.

O que não fazer com o décimo terceiro salário?

Seja para o 13º salário ou qualquer outro ganho ou rendimento, existe uma coisa que não deve jamais ser feita com este dinheiro: fazer mais dívidas. Pode parecer absurdo, mas existem pessoas que utilizam estes ganhos adicionais para se endividar ainda mais.

Por exemplo, ao comprar itens parcelados no cartão de crédito ou ao utilizar o dinheiro para fazer um financiamento – como no financiamento de carro ou casa, você acaba comprometendo seu salário futuro e acaba tendo menos dinheiro em caixa para suas despesas mensais e outros objetivos financeiros.

Por conta disso, criar dívidas é uma péssima escolha para o uso desse dinheiro extra, principalmente quando não há garantia de rendimentos suficientes para quitação das parcelas seguintes.

Vale destacar que, em caso de emergências ou situações inesperadas – como uma situação de desemprego, por exemplo, quem tem o orçamento comprometido e nenhuma reserva de emergência corre sérios riscos de ter dificuldades financeiras. Portanto, o hábito de fazer dívidas com o 13º salário deve ser evitado a todo custo.

Como utilizar o seu décimo terceiro de forma inteligente

Agora que você já sabe como não utilizar o seu 13º salário é o momento de descobrir como dar um destino inteligente e, caso este seja seu objetivo. fazer boas compras com o 13º salário.

Utilizar seu 13º salário de forma inteligente envolve, entre outras coisas, quitar eventuais pendências financeiras, adiantar o pagamento de despesas sazonais – como o IPVA, matrícula da escola dos filhos – e formar uma reserva de emergência.

Para quem está com as finanças em dia e deseja fazer compras com o 13º salário, é fundamental se atentar e tomar decisões responsáveis com esse dinheiro.

Você deve optar por produtos que possam agregar ao seu cotidiano e lhe trazer benefícios. É o caso do investimento em utensílios para a casa, que são itens necessários e importantes para as atividades diárias. E que costumam oferecer facilidades para o consumidor, estando presentes também em momentos prazerosos junto à família e amigos.

Nestes casos, no entanto, é preciso atenção na hora escolher os produtos que você pretende comprar – como é o caso dos eletrodomésticos, por exemplo.

Foco na qualidade do produto

Imagine que você tenha um liquidificador cuja jarra quebrou. Nesse caso, você tem duas opções: ou compra uma jarra nova, que pode acabar custando o equivalente ao valor de um produto novo, ou compra um liquidificador mais moderno”.

Caso escolha a primeira opção, você corre grande risco de jogar dinheiro fora. Na prática, você vai acabar investindo o dinheiro do 13º salário em um produto que pode deixá-lo novamente em uma situação delicada. Afinal, são grandes as chances de o produto durar pouco – e você precisar repetir esse ritual constantemente.

Se você comprar uma nova jarra – especialmente de uma marca de menor qualidade, portanto, você pode sair no prejuízo e o barato pode sair muito mais caro.

O mesmo problema pode ocorrer caso você decida comprar um produto de qualidade inferior. Além de durarem menos, estes produtos podem comprometer a usabilidade ao longo do tempo e, na prática, poderão não atender às suas necessidades no dia a dia – e, no longo prazo, lhe custarão mais dinheiro.

Por isso, a maneira mais inteligente seria buscar um produto diferenciado, de qualidade e que tenha durabilidade e confiabilidade maiores. É o caso, por exemplo, do liquidificador Philips Walita com jarra Duravita, que tem alta resistência, é BPA free, garantia de 2,5 anos e a característica principal de ser inquebrável, além de não pegar cheiro e manchar.

Dessa forma, você não apenas faz um bom uso do seu 13º salário, como também não precisará se preocupar com a reposição desse utensílio durante muitos anos. E, assim, você poderá destinar seu orçamento futuro para aplicar em outros produtos – destinando, inclusive, o dinheiro a objetivos ainda maiores.

Pensar no seu bem-estar é fundamental

Portanto, para usar o 13º salário de maneira inteligente, é imprescindível que você evite fazer novas dívidas ou comprometer seus ganhos futuros com aquisições ou financiamentos.

O ideal é que você opte por dar um destino responsável para este dinheiro, seja para quitar uma dívida, antecipar pagamentos ou fazer sua reserva de emergência. Vale também separar uma parcela deste valor para adquirir produtos de qualidade, com alta durabilidade e garantia diferenciada – que façam a diferença no seu dia a dia.

Lembre-se que a decisão de como aplicar esse dinheiro é só sua, e as consequências desta escolha também. Portanto, pense a respeito e faça escolhas sábias, pois o seu dinheiro deve ser utilizado no que realmente vale a pena para você e para sua família.

Quer saber como usar seu dinheiro com inteligência todos os meses do ano? Então confira 7 dicas infalíveis para fazer boas compras no dia a dia.

Autor

André Bona

André Bona possui mais de 10 anos de experiência no mercado financeiro, tendo auxiliado milhares de investidores a investir melhor seus recursos e é o criador do Blog de Valor - site de educação financeira independente.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *