Clique e solicite a sua assessoria de investimentos »

Olá!

Em muitos vídeos anteriores e mesmo em vários artigos do Blog, eu mencionei o FGC (fundo garantidor de crédito).

O que é o fundo garantidor de crédito (FGC)?

O Fundo Garantidor de Crédito (FGC) é uma entidade privada criada no governo FHC (1995) para ser um mecanismo de proteção aos correntistas, poupadores e investidores. Site: http://fgc.org.br/

Qual é sua função?

A função do fundo garantidor de crédito é GARANTIR segurança ao investidor, MESMO QUE UM BANCO QUEBRE, em algumas modalidades de investimentos, o patrimônio do investidor estará assegurado até o limite de 250 mil por CPF por instituição. As DPGE são protegidas em até 20 milhões.

Quais são os investimentos objeto de garantia do fundo garantidor de crédito?

São objeto da garantia proporcionada pelo FGC os seguintes Créditos:

> Depósitos à vista ou sacáveis mediante aviso prévio

> Depósitos de poupança

> Depósitos a prazo, com ou sem emissão de certificado – RDB (recibo de depósito bancário e CDB (certificado de depósito bancário)

> Depósitos mantidos em contas não movimentáveis por cheques destinadas ao registro e controle do fluxo de recursos referentes à prestação de serviços de pagamento de  salários, vencimentos, aposentadorias, pensões e similares

> Letras de câmbio – LC

> Letras imobiliárias – LI

> Letras hipotecárias – LH

> Letras de crédito imobiliário – LCI

> Letras de crédito do agronegócio – LCA

> Operações compromissadas que têm como objetivo títulos emitidos após 8 de março de 2012 por empresa ligada

Podem surgir alterações nessa cobertura, portanto convém observar também o link oficial do FGC para confirmar se o seu investimento está protegido pelo FGC: http://fgc.org.br/?conteudo=1&ci_menu=19

Qual é o benefício prático para o investidor?

O benefício é que o investidor possui a possibilidade de comparar ativos de crédito de várias instituições financeiras, escolhendo as que lhe paguem as maiores taxas, de acordo com seus objetivos, sabendo que não corre riscos de perder seu patrimônio (dentro dos limites) caso a instituição financeira escolhida venha a quebrar.

Isso significa mais segurança e rentabilidade ao investidor.

Assita ao vídeo!

Grande abraço,

André Bona

Autor

André Bona

André Bona possui mais de 10 anos de experiência no mercado financeiro, tendo auxiliado milhares de investidores a investir melhor seus recursos e é o criador do Blog de Valor - site de educação financeira independente.

shadow

Posts relacionados

Comentários

  1. Gerlandy    

    Boa Noite!
    Ótimo vÍdeo!
    E com relação ao saldo que o FGC de crédito possui para cobri uma possível quebra de um banco?
    O valor assegurado pelo FGC aumentou bem passando para 250mil, e as reservas no FGC acompanharam?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *