Olá pessoal!

Você sabia que é possível uma pessoa possuir uma grande fortuna e, ainda assim, passar dificuldades financeiras? Você sabia que é possível ter um bom salário, gastar menos do que se recebe e ainda assim, ter algumas dificuldades pontuais de pagamento de compromissos?

Pois é… Tudo isso é possível. Muitas pessoas já passaram e passam por isso e se fazem a pergunta: “como pode eu receber um bom salário, gastar menos do que recebo e, ainda assim, ter dificuldades no pagamento de algumas despesas?”

O índice de liquidez:

Com o entendimento e o monitoramento do seu índice de liquidez, provavelmente você eliminará tal situação.

Liquidez é uma medida de velocidade com que um ativo pode ser convertido em dinheiro vivo sem perder o valor.

Exemplos:

> Dinheiro na conta corrente, possui alta liquidez, basta passar no caixa automático e sacar.
> Capital investido num imóvel, possui baixa liquidez.
> Dinheiro no bolso é o ativo mais líquido que existe.

Preservar um nível saudável de liquidez é fundamental na gestão das finanças pessoais. É justamente com ativos líquidos que podemos cumprir com nossos compromissos diários, pagar nossas contas, cartões de crédito e outras despesas do dia a dia.

Como se calcula o índice de liquidez?

O índice de liquidez é calculado utilizando dois fatores:

> Ativo de curto prazo
> Passivo de curto prazo

Ativo de curto prazo é justamente o ativo de alta liquidez que você possui . Pode considerar como ativo de curto prazo: o dinheiro no bolso, dinheiro na conta corrente, dinheiro na poupança e o dinheiro em aplicações financeiras de liquidez diária (CDBs, fundos DI, por exemplo).

Passivo de curto prazo é justamente o contrário do ativo de curto prazo. São obrigações cujo vencimento possui prazo curto, como pagamento das despesas mensais, cartões de crédito, contas de telefone, água, condomínimo, aluguel/parcela de financiamento, etc. São as contas do dia a dia.

A fórmula do índice de liquidez é:

ÍNDICE DE LIQUIDEZ = ATIVO DE CURTO PRAZO / PASSIVO DE CURTO PRAZO

Importante frisar que se você possui 50 mil no banco com intenção de comprar um carro, por exemplo, não inclua esse valor no ativo de curto prazo!!!

O resultado da conta acima será um índice que dirá sobre sua capacidade corrente de cumprir satisfatoriamente com seus compromissos. O índice de liquidez seria comparável ao seu capital de giro pessoal, sem o qual, sua capacidade de realizar suas atividades diárias poderia ser afetada.

Exemplo:

> Ativo de curto prazo: 50.000,00
> Passivo de curto prazo: 40.000,00
> Índice de liquidez: 1,25

O caso acima nos permite concluir que, caso essa pessoa mantenha ativos de curto prazo num nível de 50 mil e despesas mensais da ordem de 40 mil, ela NUNCA terá dificuldades de honrar com seus compromissos diários.

Qual é o índice de liquidez adequado?

O índice de liquidez deve ser, portanto, SEMPRE SUPERIOR A 1.

Como acompanhar o índice no dia a dia?

Bom, existem algumas formas. Eu, por exemplo, monitoro através de software de finanças pessoais. A cada gasto que faço no cartão de crédito, por exemplo, vou totalizando o saldo devedor acumulado em tempo real, até que chega o dia de vencimento da fatura. Adiciono as despesas correntes e tenho meu passivo de curto prazo atualizado diariamente, a cada novo lançamento.

Na outra ponta, vou olhando o dinheiro disponível, que no meu controle, chamo de “circulante”, e inclui dinheiro na carteira, na conta corrente e CDBs de resgate automático.

Exemplo clássico de falta de acompanhamento do índice de liquidez:

Já se deparou com aquele tipo de situação em que um determinado compromisso vence num dia X e o seu pagamento cai 3 dias depois? Exemplo clássico de falta de monitoramento do índice de liquidez…

Monitorando o índice, você conserva sempre o capital suficiente para esse tipo de situação não acontecer. Alguns compromissos (condomínio por exemplo), não raro, possuem descontos significativos para pagamento até o vencimento. As vezes 10%!!! E não podemos perder oportunidades financeiras como essa!

E quando você transfere um determinado dinheiro para uma previdência que foi vendida te empurrando goela abaixo e surge a situação acima? Prejudicou a liquidez e faltou dinheiro. Embora você tenha patrimônio para honrar seus compromissos, eles estão alocados de forma ineficaz.

É importante deixar muito claro que todas as decisões de investimentos, crédito, produtos financeiros devem estar SUBORDINADAS A UMA ESTRATÉGIA DE PLANEJAMENTO FINANCEIRO, portanto, não é simplesmente uma oferta de um gerente, um impulso consumista que deve levar uma pessoa à tomada de decisão. O assunto “finanças” não é um assunto emocional, mas sim racional. As coisas devem fazer sentido.

O monitoramento preciso do índice de liquidez proporciona saúde financeira. Sabe aquela pessoa no trabalho que não possui NENHUMA dificuldade financeira e ganha menos do que você? Pois é… É o índice de liquidez que permite com que alguém seja “rico” independente de sua remuneração. É a preservação de um bom índice de liquidez que te permite sair no final de semana com tranquilidade, sabendo que pode ir ao cinema, comprar roupas e viajar, de forma organizada e sem sobressaltos…

Ganhos financeiros com o índice de liquidez:

Quando se mantém um nível de liquidez adequado é possível também obter ganhos reais em situações do dia a dia. Um desconto maior numa compra, a opção por pagamentos mais vantajosos e até mesmo nas relações familiares onde volta e meia existe oportunidades para quem tem dinheiro disponível fazer bons negócios.

Portanto, monitore o seu índice de liquidez com afinco!

Grande abraço!

André Bona

Autor

André Bona

André Bona possui mais de 10 anos de experiência no mercado financeiro, tendo auxiliado milhares de investidores a investir melhor seus recursos e é o criador do Blog de Valor - site de educação financeira independente.

shadow

Posts relacionados

Comentários

  1. Reginaldo Vieira    

    Obrigado pela dica… André! Um abraço

  2. Sandra    

    Realmente é uma excelente dica, eu já passei diversas vezes por essas situações ineficazes e sei bem o que é isso…pra mim esse artigo tem uma importância imensa!!! Obg pela dica mais uma vez…

  3. Mariano Farias    

    Excelente artigo, André! Preciso de alguma planilha ou software com que eu controle meu índice de liquidez. Você pode me indicar algum?

  4. Canhoto do Brasil    

    Muito profissional essas dicas e voce entende e explicou de uma forma simples e objetiva.
    Grande abraço do canhoto do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *