Você é usuário dos serviços de alguma fintech? Se a tecnologia e inovação estão mudando a forma como as pessoas vivem, podemos dizer que, no ramo das finanças, são as fintechs que estão trazendo essas mudanças.

Essas startups têm trazido muitas novidades para os consumidores e empresas no que diz respeito à administração de finanças, aquisição de crédito, gestão de ativos e realização de investimentos.

As fintechs estão aí para facilitar nossas vidas. Então, no artigo de hoje, vamos lhe mostrar como você pode se beneficiar disso!

O que é uma fintech?

A palavra fintech é usada para definir startups voltadas para a área de finanças, com uso da tecnologia (“fin” = finances; “tech” = technology; em inglês).

São empresas que usam ou criam recursos tecnológicos, como aplicativos móveis, softwares, armazenamento de dados na nuvem ou sistemas simplificados via web, para oferecer serviços de mais fácil uso e acesso.

Vantagens que as fintechs oferecem

Menor burocracia

Filas, ligações demoradas e cheias de procedimentos perante call centers, apresentação e assinatura de muita papelada, são problemas que as fintechs estão eliminando.

Resolução rápida de problemas

Muitos dos problemas recorrentes com serviços bancários, administradoras de cartões de crédito e concessionárias de empréstimos podem ser resolvidos de forma rápida, por meio de aplicativos de celular, e-mail, chat ou no site.

Acesso ao crédito de forma mais fácil

Existem também as fintechs que não simplificam somente o modo de uso dos serviços oferecidos. Algumas delas buscam democratizar o próprio acesso ao crédito, oferecendo empréstimos a juros mais baratos, organizando crowdfundings, ou concedendo cartões de crédito sem pagamento de anuidade.

Quem pode se beneficiar com as fintechs

Com tantas fintechs se superando em oferecer todo tipo de comodidade na área financeira, há serviços que podem beneficiar tanto pessoas físicas quanto empresas.

Veja no próximo item os casos de algumas fintechs que têm se destacado nacional e internacionalmente e quais serviços delas têm facilitado a gestão de finanças pessoais e empresariais.

Fintechs famosas no Brasil e no mundo

PayPal

No final dos anos 1990, essa empresa americana inovou o setor de pagamentos online antes mesmo de o termo fintech ganhar força no mundo, proporcionando uma maneira de usuários da internet enviarem e receberem dinheiro sem precisarem expor uns aos outros suas informações bancárias ou de cartão de crédito.

Nubank

A Nubank é uma fintech brasileira que tem conquistado muitos adeptos por oferecer cartão de crédito sem pagamento de anuidade, cuja fatura é facilmente controlada por meio de um aplicativo.

Outras funções, como alterar o limite, antecipar ou parcelar faturas, e bloquear o cartão temporariamente, também são permitidas de forma bastante simplificada.

Geru

Também é brasileira e se destaca por oferecer empréstimos pessoais com bons prazos e taxas de juros abaixo da média do mercado. Todas as etapas, desde a solicitação do empréstimo, a análise de crédito e até a assinatura do contrato, são feitas online.

Conta Azul

Mais uma startup brasileira que inova no setor de gestão financeira para pequenas empresas.

Trata-se de um software que permite a organização e  acompanhamento em tempo real das contas da empresa. Oferece facilidades diversas, como a inserção do contador na plataforma, integração com conta bancária, emissão de notas fiscais, entre outras.

PagSeguro

Serviço brasileiro de pagamentos online. Ele permite a aquisição de máquinas de cartão por preços acessíveis e com maior número de formas de pagamento, impulsionando pequenos negócios a aumentar sua base de clientes e simplificar suas vendas.

Moip

Outra startup brasileira simplificadora de pagamentos online e offline sem necessidade de cadastro, proporcionando ao vendedor e comprador uma plataforma para negociações diretas, sem intermediador. Oferece, ao mesmo tempo, segurança nas transações.

NeoEyed

Esta startup americana ajuda empresas de e-commerce a se livrarem da necessidade de requerer login e senha dos usuários que fazem compras no site.

Eliminando o processo de registro, fornecimento de dados pessoais e bancários, e criação de senha, o NeoEyed busca melhorar a experiência de compra do usuário, simplificar transações comerciais e diminuir os custos que as empresas possuem com tecnologia para promover segurança e armazenamento de dados sobre as compras.

IOUU

Startup brasileira baseada no modelo de empréstimo peer-to-peer, ou seja, empréstimo coletivo, com foco em pequenas empresas.

A IOUU tem conectado investidores a empresários que necessitam de crédito, por meio de um processo desburocratizado e com taxas de juros atraentes para os devedores.

KakaoBank

O KakaoTalk, maior serviço de chat sul-coreano, expandiu suas atividades para o ramo das finanças, criando o KakaoBank, um aplicativo de serviço de banco 100% online, que oferece um prático serviço de acompanhamento e administração dos gastos e das entradas, e empréstimos com baixas taxas de juros.

Até outubro de 2017, ainda não estava disponível fora da Coreia do Sul, mas vale o registro, pois é um caso interessante de uma empresa que aproveitou a sua fama de “fácil e simples”, conquistada perante os milhões de usuários de seu serviço de chat, para inovar no setor financeiro.

Como se beneficiar com os serviços das fintechs

As fintechs estão diminuindo as complicações e os problemas que as pessoas e empresas enfrentam ao gerir suas finanças. Mas, na prática, o que elas podem fazer para melhorar os seus resultados pessoais ou o seu negócio?

Diminuindo custos

Anuidade de cartão de crédito, alto custo de aquisição de máquina de cartão, tempo e despesas com transporte ao se locomover até a agência financeira para resolver um problema, e gastos com tarifas de movimentações bancárias são áreas que podem ter custos enxugados com o auxílio dos serviços de certas fintechs.

Gerindo e monitorando seus gastos e despesas

Se organização não é o seu forte, ou se a burocracia dos bancos e administradoras de cartões de crédito costumam dificultar o seu planejamento financeiro e o monitoramento do seu orçamento, saiba que muitas fintechs simplificam bastante todo esse processo.

Aproveite essas ferramentas para manter o controle dos seus gastos.

Otimizando o tempo

Seja para as suas finanças pessoais ou as finanças do seu negócio (caso você tenha um), o fato é que, com o sistema de acompanhamento e administração de finanças que algumas fintechs oferecem, sobra mais tempo para que o indivíduo se preocupe com outras coisas – além da diminuição do estresse, é claro.

Investindo em outras empresas

As fintechs de empréstimo coletivo têm inovado na forma como empresas captam investimentos. Você também pode ajudar a financiar uma startup ou um novo negócio com potencial, emprestando dinheiro.

Investindo na sua própria empresa

Se você é empresário, o aumento das possibilidades de aquisição de crédito oferecido por algumas fintechs pode ser usado para realizar investimentos dentro da sua própria empresa.

Também pode-se aumentar o capital de giro e saldar dívidas – tudo mediante um bom planejamento, é claro. Cuidado para não se empolgar demais!

Seja qual for o tipo de facilidade oferecida por uma fintech, o fato é que essas startups estão surgindo como uma resposta às angústias de consumidores que estão cansados da burocracia – geralmente associada às formas mais convencionais de se gastar, gerir, armazenar e investir dinheiro.

Mas, obviamente, uma fintech apenas auxilia na implementação de estratégias. Quem, de fato, cria essas estratégias é você.

Gostou do post de hoje? Então aproveite e leia nosso texto que responde a uma dúvida recorrente: vale a pena contar com os serviços de um assessor de investimentos?

Autor

Redação Blog de Valor

O Blog de Valor é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *