Videoaula: Como investir em fundos imobiliários!

Clique e solicite a sua assessoria de investimentos »

 
Olá!

O investimento em imóveis é muito tradicional no Brasil. Como possuímos uma economia que, algumas décadas atrás produziram muitas alterações, confiscos e etc, o investimento em imóveis sempre foi algo que remeteu a segurança para muitos investidores.

Até bem pouco tempo atrás a única forma de investir em imóveis de forma acessível a todas as pessoas era por meio da compra direta.

Mais recentemente os fundos imobiliários tornaram o investimento em imóvel mais acessível a todos os investidores, inclusive os investidores com pouco capital.

Pontos a avaliar no investimento direto em imóvel

Analisando o imóvel como um investimento, alguns passos devem ser avaliados antes da tomada de decisão:

> Achar um imóvel que caiba no bolso do investidor, pesquisando em classificados, imobiliárias, corretoras de imóveis e etc

> Achar um imóvel bem localizado, com potencial de valorização e expectativa de bons retornos mensais com o aluguel

> Custos da aquisição do imóvel com imobiliária, corretor e ITBI

> Tempo até encontrar um inquilino, o que pode ser feito pelo próprio investidor ou delegar a uma corretora, de acordo com a demanda da região onde o imóvel foi comprado, além de arcar com custos do período de vacância (condomínio, IPTU e melhorias necessárias)

> Qualidade do inquilino, se é bom pagador, se preserva e faz a manutenção do imóvel e a exposição ao risco do inquilino perder seu emprego, por exemplo

> Custos sobre o aluguel recebido, tais como pagamento para a imobiliária e impostos (IRPF)

Em caso de necessidade de venda do imóvel

> Pesquisa de preços na região pra saber quanto vale o imóvel

> Necessidade de vender abaixo do mercado, caso a necessidade do recurso seja elevada

O investimento via fundos imobiliários

Um fundo imobiliário é uma forma de investimento formada pela união de vários investidores, organizados sob a forma de pessoa jurídica, tal qual um condomínio, visando investir no mercado imobiliário.

Esse grupo de investidores confia a um gestor profissional a responsabilidade de decidir em qual(is) imóvel(is) investir os recursos do fundo.

Por meio de um fundo imobiliário, o investidor acessa grandes empreendimentos de primeira linha, envolvendo shoppings centers, universidades, complexos empresariais e prédios comerciais de alto padrão.

Os custos do investimento em fundos imobiliários

Existem cotas de fundos imobiliários cuja unidade custa menos do que R$ 100,00. Por isso torna-se acessível a qualquer investidor.

A compra da cota é feita diretamente pelo sistema de negociação da bolsa de valores, via corretora, onde a despesa do investidor será o custo da taxa de corretagem, que pode ser fixa (exemplo: R$ 14,90 por ordem executada) ou variável (exemplo: 0,5% do financeiro).

Como ganhar com fundos imobiliários

Existem duas formas de ganhar com os fundos imobiliários:

> Valorização das cotas: é similar a valorização do próprio imóvel

> Recebimento do dividendo mensal: é o rateio de todos os alugueis recebidos pelos imóveis do fundo, distribuídos aos investidores mensalmente

Os inquilinos dos fundos imobiliários, a tributação e a necessidade de venda

Os inquilinos dos fundos imobiliários são grandes empresas cuja responsabilidade de encontrá-las é de um gestor profissional. Grande parte dos FIIs já são negociados com contratos firmados com seus locatários.

Além da qualidade dos inquilinos, muitos fundos imobiliários contemplam variedade de inquilinos, o que diversifica o risco do investidor. Exemplos: um prédio comercial com 20 lajes comerciais, possuirá 20 inquilinos diferentes. Um shopping terá 100, 200 inquilinos diferentes.

Quanto aos custos, existe uma taxa de administração cobrada pelo gestor que já é abatida do total a ser rateado para os investidores no pagamento mensal do aluguel.

Quanto aos impostos, os rendimentos dos aluguéis dos fundos imobiliários, ao serem distribuídos ao investidor pessoa física, são ISENTOS DE IR. Já a cota do fundo imobiliário, quando vendida pelo investidor, o IR é de 20% sobre o lucro obtido.

E se precisar de parte do dinheiro investido nos fundos imobiliários?

Como o valor investido nos fundos imobiliários é fracionado em cotas, o investidor pode vender apenas parte de suas cotas. Justamente a parte que é necessária para seu compromisso imediato. Não é preciso se desfazer de todo o investimento, como teria que ser feito se o investimento tivesse sido em imóveis diretamente.

Os fundos imobiliários são negociados em bolsa, o que confere ao investidor uma liquidez muito maior do que no mercado imobiliário. As cotas representam o valor dos imóveis, eliminando a subjetividade da avaliação.

O que você encontrará na videoaula?

Você verá os conceitos informados acima e uma séria de informações adicionais para que possa compreender em detalhes e com segurança o funcionamento dos fundos imobiliários.

Um grande abraço,

André Bona

Autor

André Bona

André Bona possui mais de 10 anos de experiência no mercado financeiro, tendo auxiliado milhares de investidores a investir melhor seus recursos e é o criador do Blog de Valor - site de educação financeira independente.

shadow

Posts relacionados

Comentários

  1. Samuel    

    Ola! Onde eu consigo ter acesso aos preços disponíveis para venda como mostrou no vídeo? Essa pedra ou tabua de preços

    1. André Bona    

      Nos softwares de negociação das corretoras. Abs,

  2. Zacarias de Oliveira    

    Meu amigo eu preciso fala com você tem como você bmenda seu zap

    1. André Bona    

      Oi Zacarias!
      O meu whatsapp é de uso estritamente pessoal, utilizado para comunicação exclusivamente com familiares e amigos próximos. Aqui no Blog, mais o canal do Youtube e mais o facebook e twitter, certamente, existem mais de 100 mil pessoas acompanhando os meus conteúdos. Se eu desse meu contato direto para cada pessoa que me pede, eu não faria mais nada na vida, eu não trabalharia, eu não daria atenção a minha família e etc.
      Eu também acredito que muitas pessoas usufruam desse conteúdo que eu disponibilizo e que entendem que se eu fosse atender a cada um individualmente, não seria possível atender tanta gente por meio deles (conteúdos).
      Portanto, tudo o que eu posso ofertar para qualquer pessoa, é justamente o conteúdo que está disponível gratuitamente aqui.
      Qualquer tipo de orientação de ordem pessoal, é feita exclusivamente pelos serviços disponíveis no blog, como o serviço de assessoria de investimentos e os cursos que realizo de vez em quando e divulgo para a lista de pessoas que possuem o email cadastrado aqui.
      Se o seu assunto for de outra natureza, por favor, envie pelo formulário de contato do site, lá na parte superior, no canto direito.
      Caso eu tenha interesse no tema, prometo que volto o contato e podemos seguir adiante. Caso contrário, pode ser que eu responda ou não, pois eu não recebo menos de 1 centena de emails por dia, ok? E é impossível responder a todos.
      Abs,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *