O Governo Federal – juntamente com concessionárias responsáveis por dezenas de rodovias nacionais – conseguiu na Justiça, nesta quarta-feira (23), decisões liminares contra o bloqueio de vias ou aglomeração de caminhões nos acostamentos que estão parando estradas pelo Brasil desde a última segunda-feira. As medidas provisórias têm como objetivo dispersar os protestos dos caminhoneiros contra o aumento do óleo diesel.

As ações ocorrem pelo terceiro dia seguido em vias federais e estaduais em 22 estados do país e no Distrito Federal. De acordo com a Advocacia-Geral da União (AGU) – que representa o Governo Federal na Justiça,foram impetradas 17 ações contra os bloqueios.

Por enquanto, as liminares concedidas pela Justiça garantem o desbloqueio das rodovias em ao menos 7 estados: São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Pernambuco, Paraná e Paraíba.

Reflexos do protesto dos caminhoneiros

Em apenas três dias, os protestos dos caminhoneiros já causam impactos em diversos estados do país. De acordo com informações da imprensa, já estão sendo informadas falta de combustíveis em diversos postos do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Distrito Federal, e de outras regiões do Brasil, além da falta de reabastecimento de alguns produtos alimentícios em mercados e feiras pelo país.

Em comunicado divulgado nesta terça-feira (23), os Correios informaram também a suspensão temporária de postagens e encomendas com dia e hora marcados – como o Sedex 10, 12 e o Sedex Hoje. De acordo com a estatal, a suspensão é resultado do “forte impacto” da paralisação dos caminhoneiros, que também estariam gerando atrasos nas demais operações dos Correios.

Petrobras anuncia queda

Em resposta ao protesto dos caminhoneiros, a Petrobras anunciou uma projeção de queda de 1,54% no preço do diesel nas refinarias da companhia para esta semana. A alta do diesel e da gasolina, no entanto, ainda pesa no bolso do consumidor.

De acordo com a Agência Nacional do Petróleo, do Gás Natural e dos Biocombustíveis (ANP), o preço médio do óleo diesel nas bombas dos postos brasileiros já avançou 8% em 2018. O valor está bem acima da inflação acumulada no período, de 0,92% segundo o IBGE.

 

Quer aprender mais sobre investimentos e finanças? Então conheça o treinamento online “O Investimento Perfeito”Clique aqui e saiba mais sobre o curso!

Autor

Redação Blog de Valor

O Blog de Valor é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *