*Este artigo foi produzido pelo Mobills com exclusividade para o Blog de Valor.

 

O dólar é a moeda oficial dos Estados Unidos, a maior economia mundial atualmente. Por isso, quase todas as transações internacionais realizadas no mundo são feitas em dólar.

Também existem outros tipos de dólares, como o dólar canadense e australiano. Mas neste artigo vamos falar do dólar americano. Obviamente, qualquer alteração ou flutuação da economia norte-americana, terá um efeito favorável ou desfavorável na cotação da moeda em diversos países do mundo, como o Brasil.

Ou seja, o valor do dólar influencia diretamente na nossa economia e nos valores dos produtos que consumimos, principalmente dos importados. Mas será que também afeta nos nossos investimentos? Com o dólar em alta fica a dúvida: vale a pena investir? É o que você vai descobrir agora:

Como funciona a cotação do dólar?

Antes de responder a pergunta principal do artigo, você precisa saber como funciona a cotação do dólar. Falando especificamente do nosso país, a cotação do dólar varia conforme qualquer outro produto: é regida pela lei da oferta e da procura.

Quando há muita moeda americana em circulação no país, ou seja, muita oferta, o preço do dólar cai. Se, do contrário, houver pouca moeda, o preço do dólar sobe.

Economistas que trabalham para o governo frequentemente tentam controlar a oscilação da cotação do dólar no Brasil através do Banco Central.  Quando há dólar demais em circulação, o Banco Central compra dólares, o que faz com que o preço suba.

Com o dólar alto, a estratégia do banco é vendê-las, saturando o mercado e fazendo o preço cair. Essa estratégia, apesar de ser muito aplicada, nem sempre funciona.

Cenários políticos instáveis costumam aumentar o chamado “risco-país”, que mede a confiança do investidor estrangeiro em realizar transações internacionais em determinado país. É o que está acontecendo agora, no Brasil, por causa das eleições.

Com o risco-país alto, esses investidores ficam receosos de injetar dinheiro, desistindo dos investimentos. Há, então, uma retirada massiva de dólares de circulação, o que, conforme a lei da oferta e da procura, acaba na alta da moeda americana.

Probabilidades

No mercado de investimentos de moedas não existe apenas uma maneira correta de investir que gere lucros e bons resultados. Este mercado é movido por probabilidades distintas.

Uma das maneiras de investir é comprando dólares. Porém, a melhor época de fazer isto é quando a moeda está baixa. Ou seja, no cenário atual da moeda não é uma boa ideia investir dessa maneira.

Os custos para comprar dólares são altos. As casas de câmbio, bancos e outras instituições financeiras que comercializam o dólar em espécie, cobram o IOF (imposto sobre operações financeiras), spread (diferença entre valor de compra e valor de venda) e outras taxas adicionais.

Carry Trade

Já ouviu falar em Carry Trade? Apesar da expressão em inglês não ter tradução para o português, não é difícil de entendê-la.

Carry Trade é uma operação de arbitragem que utiliza as diferentes taxas de juros que cada moeda paga. Basicamente o que o investidor faz é pegar dinheiro emprestado contendo juros baixos de países, como Estados Unidos ou Japão, e aplicar este dinheiro em países de juros mais altos.

Assim, o ganho está na diferença entre esses dois juros, que pode chegar a até dois dígitos ao ano. Ou seja, para o investidor é um retorno muito bom. Porém, nada é perfeito e esse tipo de investimento é muito arriscado, pois depende da variação da moeda em que o recurso for aplicado.

Se o dólar sobe, a perda pode ser grande. Como o dólar está em alta, então não é recomendável que você encare o Carry Trade.

Bolsa de Valores

Também é possível investir com o dólar adquirindo ações de empresa que operam no mercado internacional, realizando investimentos na famosa Bolsa de Valores.

Grandes empresas exportadoras têm aumentos em suas receitas e lucros quando o dólar aumenta, e vice-versa. Pois elas recebem suas receitas em dólar e pagam as suas despesas em real. Logo, elas “ganham” reais quando o dólar aumenta, e “perdem” reais quando o dólar diminui.

Ou seja, investir na Bolsa de Valores com o dólar em alta pode ser vantajoso, mas é precisa ter bastante cuidado.  Você nunca deve investir todo seu dinheiro em um único ativo de renda variável, deve atentar-se aos riscos do mercado de renda variável e precisa conhecer os fundamentos da empresa na qual está investindo.

Acompanhe seus investimentos

Mesmo que você não possua muitos investimentos, é essencial que você acompanhe as transações para não perder dinheiro. Alguns aplicativos de gerenciamento financeiro pessoal possuem funcionalidades que permitem você cadastrar seus investimentos para acompanhar de perto.

Você pode até descobrir o seu perfil de investidor. Os mais comuns são: conservador, moderado, moderado agressivo e agressivo. Dependendo do app, também é possível ver a variação de seu patrimônio, a variação dos rendimentos nos últimos meses e o registro de quais foram as últimas atualizações feitas.

Conhecimento é essencial

O mundo dos investimentos pode ser uma faca de dois gumes para aquele que não entende.É necessário estudar bastante para entender o mercado e não perder dinheiro. Leia livros, revistas, assista vídeos e pergunte para consultores financeiros.

Além disso, é preciso cuidado! O seu gerente de banco não é a melhor opção para se consultar nessas horas, pois ele não terá uma opinião neutra, visto que o interesse dele é beneficiar o banco que trabalha.

Estudar nunca é demais e pessoas que possuem conhecimento amplo possuem mais chances de se deparar com oportunidades incríveis.

Acompanhe a cotação do dólar

Como o dólar está sempre oscilando, é importante ficar acompanhando essas oscilações. No site do Banco Central, existe uma tabela comparativa com todas as moedas do mundo e que são atualizadas a cada minuto praticamente.

Lá, você verá a cotação do dia, além de gráficos que te mostram como uma determinada moeda oscilou durante o dia até o seu fechamento. É ótimo também para quem vai viajar para o exterior e quer saber qual o melhor momento para comprar uma determinada moeda nas casas de câmbio.

Vale a pena ou não?

Comprar dólares para “investimento” ou fazer carry trade podem ser opções não muito interessantes em um contexto de dólar em alta. Apesar disso, aproveitar oportunidades e investir em empresas na Bolsa de Valores que se beneficiam com o dólar em alta pode ser uma boa opção.

Só não se esqueça que você precisa ter bastante conhecimento antes de realizar seus aportes para não perder dinheiro. Pesquise bastante sobre o mercado e lembre-se que estudar nunca é demais.

Existem outras maneiras de investir em dólar, mas essas citadas são as mais comuns e as mais usadas por investidores.

Tenha bastante cuidado com as oscilações do dólar, então é importante sempre ficar acompanhando. O Banco Central, por exemplo, mostra uma tabela comparativa com todas as moedas do mundo, além de gráficos explicativos.

Lembre-se que você pode baixar um app de controle financeiro pessoal que possua uma funcionalidade de investimento que te possibilite de acompanhar seus investimentos feitos. Assim. você pode acompanhar de perto o que está acontecendo com suas transações.

 

Isabelle Lima

*O Mobills é um aplicativo de controle financeiro, que permite ao usuário cadastrar e gerenciar suas contas de forma eficiente, em qualquer lugar e a qualquer hora.

Autor

Autor Convidado

Este artigo foi produzido por um autor parceiro e/ou convidado com a finalidade de compartilhar suas opiniões sobre temas diversos e contribuir com o site.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *