Não é de hoje que se ouve falar em “ganhar dinheiro” ou “ficar rico” na internet. Essas são algumas das frases mais buscadas no Google, segundo o Google trends. De acordo com esta ferramenta, nos últimos doze meses, o termo “ficar rico” figurou como pico de popularidade por diversas vezes.

Não que haja algum problema em querer ficar rico. O problema, contudo, pode estar atrelado à busca de cada um – e os caminhos percorridos para atingir tal objetivo de vida.

Muita gente, por exemplo chega ao Mercado Financeiro acreditando que conseguirá aumentar, em pouco tempo, o capital investido. É o que acontece também com as criptomoedas e com as pirâmides financeiras.

E é neste contexto de busca por grandes retornos no mercado que algumas pessoas recorrem ao spoofing, uma prática ilegal que ocorre em diversos países ao redor do mundo. No artigo de hoje você conhecerá um pouco mais sobre o spoofing e como ele funciona.

Acompanhe!

O que é spofing?

Spoofing (falsificação) é uma maliciosa ou fraudulenta prática tecnológica que consiste no envio de comunicação ou informação disfarçada a determinado destinatário.

O seu uso em e-mail é o mais comum, pois além de não exigir autenticação, são mais predispostos à fraude. Através desse tipo de e-mail, o “invasor” pode obter acesso a dados pessoais, bancários, senhas, códigos de acesso, etc.

O spoofing também consiste na manipulação de informações de pacotes TCP/IP, podendo até forjá-los.  Nessa forma de fraude, é possível contornar controles de acessos: a rede ou a pessoa acredita que a fonte de envio de dados é confiável, quando a realidade é bem diferente.

O spoofing no mercado financeiro

Se tratando de mercado financeiro, as fraudes por meio de spoofing ocorre, na maioria das vezes, por meio de “robôs”, a partir do uso de algoritmos na bolsa de valores. Estes algoritmos simulam ordem de investidores e aparecem no book de ofertas como operações de compra e venda que, na prática, não existe.

Dependendo da quantidade ordens efetuadas por estes robôs, estas operações de compra ou venda efetuadas – em grande volume – acabam chamando atenção dos investidores, que podem ser influenciados a comprar ou vender um determinado ativo.

O problema do spoofing, contudo, está no final do processo. Isso porque, após enviar estas ordens de compra ou venda, o robô retira as ordens antes da conclusão da transação. Dá-se, neste momento, a manipulação de mercado – uma prática ilegal.

Qual a finalidade do spoofing?

Agora que você já sabe como o spoofing funciona, deve ter compreendido qual a finalidade desta prática no mercado. De maneira simples, é possível dizer que, ao enviar diversas ordens de compra e venda, por exemplo, à luz da curva de oferta e demanda, o preço de uma ação tende a oscilar.

Logo, o investidor que utiliza este mecanismo pode se beneficiar desta oscilação artificial.

Devido a esta dinâmica de interferência no mercado – prática ilegal, de acordo com o Art. 27-C da Lei 10.303/01), o spoofing é proibido no Brasil e em outros países do mundo. Isso não significa, contudo, que ele não ocorre.

O papel da CVM e o spoofing no Brasil e no mundo

A CVM é uma autarquia vinculada ao Governo Federal, cuja atividade é fiscalizar, disciplinar, normatizar e desenvolver o mercado de valores imobiliários. É a Comissão de Valores Imobiliários, portanto, a responsável por supervisionar os casos de spoofing no país.

No Brasil, em março de 2018, Joaquim Paiffer foi condenado a pagar uma multa no valor de R$ 684.000,00 por spoofing. A empresa Paiffer Management Ltda. – ME também foi condenada ao pagamento de multa no valor de R$ 1.710.000,00 por esta prática ilegal (você pode conferir o caso clicando aqui).

Também no ano passado, de acordo com a CNBC, o Banco Alemão, UBS e HSBC foram condenador a para multa no valor de US$ 47 milhões em virtude das práticas envolvendo seus traders, que utilizaram-se de spoofing no mercado de pedras preciosas.

 “O Lobo de Wall Street” e a manipulação de mercado

Finalmente, em se tratando de manipulação de mercado, é importante ressaltar que esta não é uma prática que surgiu com a internet ou com as ferramentas tecnológicas disponíveis – apesar de o spoofing, por outro lado, ser uma prática recente.

O filme “O Lobo de Wall Street” retrata muito bem isso – mostrando que o ato ilegal de manipulação de mercado, seja por meio de spoofing ou não, já é antiga.

O longa conta a trajetória de Jordan Belford (Leonardo DiCaprio) corretor na bolsa de valores de Nova Iorque (EUA) que alcançou o sucesso por meio de fraudes, manipulação de números, venda de ações de empresas quebradas e chamadas persuasivas que influenciavam os clientes.

Após anos de práticas ilegais na bolsa de valores, Jordan foi preso e condenado pelo FBI.

Conclusão

O uso de robôs com o objetivo alterar o preço de um ativo artificialmente no mercado é uma prática ilegal e não deve ser mantida pelo investidor ou especulador no mercado financeiro. Além de irregular, esta prática é considerada crime de manipulação de mercado.

Portanto, muito cuidado na hora de fazer suas operações no mercado. Conheça sempre as normas vigentes e esteja atento às leis e regulações do mercado.

Atuando de maneira correta ficará muito mais fácil adquirir bons resultados ao longo do tempo no mercado financeiro!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *