Tônica da Semana: chega de política pelamordeDeus!

Começo expressando minha revolta: devolvam meu facebook, instagram e twitter!!

Entro nas minhas redes sociais e só o que vejo é Haddah, Lula, Bolsonaro, fascista, Venezuela, #elenão, #elesnunca. Cade a vida alheia? As fotos de gente vivendo…aquele big brother que cabe na palma da nossa mão? Não se faz mais chacota de futebol, ou lembranças de fotos toscas e antigas…tá muito chato tudo isso!

Por isso, vou abrir um parênteses e tentar fazer uma tônica que não verse sobre esse tema.

 

1) Pânico nos EUA? 

O S&P e Dow tiveram quedas essa semana e isso levantou os zumbis do apocalipse que diziam: eu falei que ia dar M.

Ora convenhamos que além do mercado não subir em linha reta, é normal acontecerem realizações no curto prazo. A minha pergunta é: o que mudou? O que justifica qualquer paúra em relação a economia americana?  Penso que nem os jornalistas conseguiram achar uma justificativa e largaram essa: “Dow caiu porque está todo mundo com medo de alguma coisa”

Alguém pode advogar que foram as treasuries, mas por que elas subiram então? Qual foi o dado, o fator, a declaração, ou whatever que instigou isso? Não teve!

Não me entendam mal, é evidente que por métricas de valuation o mercado americano se mostra relativamente caro. Mas nunca podemos esquecer que seu crescimento também tem surpreendido para cima e isso que ajudou a sustentar essa performance superior ante o resto do mundo.

O que eu penso? 

Mercado americano parece esticado há algum tempo. Muito vem predizendo crises por anos lá e tem estado errados. Me apontem aonde há bolha…onde há exuberância irracional? O que vejo apenas é um arrefecimento natural para 2019, após um ano de forte crescimento. Enfim quem estiver vendo outra coisa me fala. 

 

2) O hedge dourado?  

Como disse acima, penso que o que aconteceu semana passada é totalmente normal. Ainda assim deu pra ver que o VIX fez um spike

E com isso o ouro obviamente reagiu. Cuidado porque o gráfico abaixo é de 60 minutos, apenas para mostrar como foi rápido…se olhar um gráfico diário vocês verão que o ouro está em mínimas de meses.

O que penso?

Se vai manter isso eu não sei…posições long em ouro estão perto de mínimas, o que indica que pouca gente tem e, em caso de stress de mercado ele funciona como um bom hedge….um hedge dourado na minha humilde opinião. 

 

3) Emergentes e a descolada do Brasil.

É deveras contundente a descolada que o Brasil deu, em termos de performance, ante os demais emergentes. Dito de outra forma, nossa bolsa subiu, enquanto as bolsas emergentes seguiram performando muito mal. Aí você olha para as commodities e vê que não teve nada de muito sensacional que substanciasse esse movimento. Ou seja, foi o político…aquilo que ousei chamar de “um mito de alta”.  Abaixo gráfico que compara o IBOV em dólar (linha verde), com o índice de emergentes (em vermelho) e o índice das commodities (linha preta).

A crença num governo pró mercado e o fato deste contar com uma aparente maioria no congresso catapultou nossa no curto prazo. Bom para nós, mas a meu ver aumenta e muito o risco para o investimento em renda variável…gringo olha esse relativo!

Esse gráfico abaixo ajuda a explicar o…[…]

 

Leia o texto na íntegra no blog BUGG – Análises Econômicas e de Investimentos, de William Castro Alves.

Autor

William Castro Alves

Economista pela UFRGS, iniciou sua carreira em 2004 na Solidus Corretora, tendo passado pelo Koliver Merchant Bank e Banco Alfa. Atuou como analista de Investimento na XP e responsável pelas gestão das Carteiras Recomendadas.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *