Tônica da Semana: Don’t cry for me Brazil…cry for Argentina

Semana passada comentei que o nosso Ibov tinha de fato “corrigido” (caiu um pouco) algo natural….esssa correção se deu em dólar por conta da desvalorização do Real frente ao Dólar. O gráfico até ficou bem bacaninha desenhadinho….Mas isso serviu pra quê? Pra mostrar que um gráfico bem desenhado não diz absolutamente NADA sobre o futuro…kkk

Semana passada foi aquele legítimo chute no saco…aquela bolada na cara quando tu ta jogando futebol…aquela queda boba de bike que da uma machucadinha. 4 Dias de queda em sequência e em dólar ficou ainda mais feio…uma queda de mais de 5% em dólar na semana – abaixo o gráfico semanal escancarando minha ignorância para sociedade: 

Faz parte. Meu lema é: quando eu acerto eu não sou um gênio, mas quando erro eu não sou um idiota.

E de fato houve uma deterioraçãozinha daquele mood favorável do início do ano. As curvas de juros também acompanharam isso… a longa (azul) anda volátil e interrompeu movimentos de queda, e a curta (vermelha) está até subindo.

Para exemplificar, o último dado de produção industrial ajudou a dar aquele banho de água fria na galera:

Foi aquela coisa meio assim:

Fora isso tivemos os dados de confiança que mostraram deterioração…

E obviamente não tem como não falar do dólar … mundialmente diga-se de passagem…ou ao menos ante os emergentes. Abaixo esse gráfico carnavalesco é pra comparar as moedas de Brasil (verde), Rússia (azul), Turquia (vermelho) e Índia (laranja) contra o dólar. TODAS se desvalorizando, ou seja… […]

 

Leia o texto na íntegra no blog BUGG – Análises Econômicas e de Investimentos, de William Castro Alves.

Autor

William Castro Alves

Economista pela UFRGS, iniciou sua carreira em 2004 na Solidus Corretora, tendo passado pelo Koliver Merchant Bank e Banco Alfa. Atuou como analista de Investimento na XP e responsável pelas gestão das Carteiras Recomendadas.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *