Tônica da Semana: o silêncio que precede o esporro?

 

Oh semaninha morna que tivemos hein?!

Em 2003 o Rappa lançou seu quinto álbum…o primeiro sem Marcelo Yuka na bateria, após aquele triste incidente que o deixou paralítico. Enfim o nome do álbum era “O Silêncio que Precede o Esporro”.

Seria esse silêncio de mercado a precedência de um “esporro”?

Well oremos para que não….mas vamos ao nosso rodo cotidiano… aquele “rolé” básico sobre os principais indicadores, mas sem gráficos para não ficar enfadonho:

  • Semana morna com S&P oscilando pouco.
  • Treasury acalmou…se mantendo em nível elevado, acima do que vinha a uns tempos atrás…la na casa dos 2,8%…esperando um empurrãozinho pra ir para os 3%.
  • VIX não voltou para as mínimas históricas, mas também não se movimentou muito.
  • Petróleo caiu…depois subiu…fechou no zero a zero na semana.
  • E nos mercados emergentes, assim como na Bolsa brasileira, a semana foi de leve realização…nenhum fim de mundo, mas nada a se comemorar.
  • dólar seguiu relativamente parado….isso me chama atenção. Já comentei aqui comentei aqui dia 26/02 e semana passada que não apostaria contra a moeda esse ano após o tombo de 2017.

Well…seguindo….

Nesse mar de gente que posta coisas no twiteer e youtube, a respeito de mercado, uma coisa me saltou aos olhos:

Recentemente o Henrique Bredda do Alaska postou esse gráfico da volatilidade (VOL) de 200d no IBOV, chamando atenção ao fato de estar muito baixa, o que é contraditório ao senso comum quando pensamos que temos eleição esse ano… enfim.

 

Eis que me surge uma ideia…uma Trading Idea…aquela que se fosse boa a gente não dava, vendia!

Poisé, bem por aí….mas a ideia é: comprar volatilidade, a famosa “nega vol”.

Aí fiquei pensando: bolsa sempre nos traz surpresas….com vol em níveis historicamente baixos, porque não comprar vol?! Me parece um trade interessante apostar que algo pode acontecer e triggar nova alta de bolsa, ou ainda dar aquelas quedas que assustam…famoso pombo sem asa estilo o Roy Nelson no UFC…vai saber?! Não sei, só sei que essa nega vol baixa tá piscando pra mim…se oferecendo…e parece beem atraente!

Mas como Will? Basicamente comprando calls e puts de mesmo vencimento. Se mercado cai você ganha na put e perde na call. Se mercado sobre você ganha na call e perde na put. Se mercado fica parado, aí sim você perde nas duas que vão sendo “corroídas” pelo tempo…lembrando que opção tem vencimento né.

Problema todo é a liquidez que é ruim…dá para fazer em BOVA11, mas estejam cientes que a liquidez não é boa. Enfim…fica a ideia.

 

Avançando…. […]

 

Leia o texto na íntegra no blog BUGG – Análises Econômicas e de Investimentos, de William Castro Alves.

Autor

William Castro Alves

Economista pela UFRGS, iniciou sua carreira em 2004 na Solidus Corretora, tendo passado pelo Koliver Merchant Bank e Banco Alfa. Atuou como analista de Investimento na XP e responsável pelas gestão das Carteiras Recomendadas.

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *