Tônica da Semana: Um empurrão de fora para bolsa? Mas e a esquiva?

Dizem que o mercado é uma grande arena onde touros e ursos disputam diariamente buscando ganhar uns trocados….mas com tantas “batalhas” nada como um final de semana no meio para você dar uma respirada.

Então vou dar meus adendos do que observei aqui do “corner”.

 

BOLSA…UM EMPURRÃO DE FORA? 

Já comentei aqui algumas vezes, mas nunca é demais…somos emergentes…a meu ver o gringo olha para o Brasil com o mesmo olhar que assiste as barbaridades do Erdogan na Turquia, as peripécias do Putin na Rússia, a loucura que é a Índia e etc….tão importante quanto as doideras dos líderes é o movimento das commodities!!

Abaixo o gráfico de longo prazo onde comparo os emergentes (vermelho) o IBOV em dólar (verde) e commodities (preto)…dá pra ver que essas coisas andam juntas.

Pois bem, o ano de 2019 tem sido positivo para as commodities e isso tem ajudado os emergentes.

E daqui para frente? Vou listar alguns pontos que podem ajudar as commodities e consequentemente fazer preço nos mercado emergentes:

CHINA

Último dado de PMI da China fi bem ruim e mostrou contração da atividade manufatureira…

Porque isso é bom? Porque o governo chinês trabalha com meta de crescimento e olhando para o passado recente, essas desacelerações foram seguidas de pacotes de estímulos para “ajudar” no crescimento.

Se isso acontecer de fato, poderia fazer preços nas commodities e consequentemente na bolsa…vale ficar de olho…apostaria que após as festas do ano novo que acontecem essa semana, eles poderiam soltar algo nesse sentido.

PETRÓLEO

A mãe das commodities também merece atenção….após fortes quedas, já temos visto recuperação, com o oil saindo dos US$ 42 de mínima e batendo US$ 55 na sexta. Pois bem algumas notícias ajudam e devem continuar ajudando a empurrar a commoditie:

  • Corte de produção anunciado em dezembro pela OPEP.
  • Mais empresas americanas desativando sondas de perfuração por conta de um preço que não atrai o produtor.
  • Sanções comerciais a Venezuela…EUA é o maior importador de petróleo venezuelano (gráfico abaixo)…logo as sanções são sim algo relevante.

  • Queda nos estoques de gasolina, conforme último dado que saiu semana passada:

Como vocês sabem, pois publico minha carteira…penso que petróleo pode seguir se valorizando no curto prazo…logo como “mãe das commodities” isso poderia gerar impactos positivos para mercados emergentes como o nosso.

 

EUA

Já gerou impactos essa semana, mas penso que é mais um vento que ajuda os mercados emergentes e consequentemente o Brasil…o que é? O fato de que não vai ter hike! FED não vai subir juros nos EUA.

Isso tende a enfraquecer dólares e fortalecer commodities…se fortalece commodities…bom vcs já entenderam né?

 

Tenho um viés claro por estar comprado em ações e desejar ver estas se valorizarem mais e mais. Mas busco ser crítico em minhas ponderações sobre mercado…e realmente acredito em tudo que escrevi aqui! E se essas coisas se materializarem teríamos bons ventos soprando em nossa bolsa…e veja que nem citei a questão dos EUA e China chegarem a um acordo e encerrarem sua Trade War! 

 

Seguindo…

Mas com dinheiro não se brinca é sempre bom olhar a big picture e “treinar a esquiva”, que no mercado seria o hedge! Então vou fazer uns adendos…pois apesar de otimista algumas coisas chamam atenção.

 

JUROS…”NUNCA ANTES NA HISTÓRIA DESSE PAÍS” 

Vagando pelos meus estudos de domingo à noite, me lembrei …[…]

 

Leia o texto na íntegra no blog BUGG – Análises Econômicas e de Investimentos, de William Castro Alves.

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

 

Autor

William Castro Alves

Economista pela UFRGS, iniciou sua carreira em 2004 na Solidus Corretora, tendo passado pelo Koliver Merchant Bank e Banco Alfa. Atuou como analista de Investimento na XP e responsável pelas gestão das Carteiras Recomendadas.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *