*Este artigo foi produzido pela Juridoc com exclusividade para o Blog de Valor.

 

Todos sabem que é preciso trabalho e dedicação incansáveis para lançar uma nova empresa. E nem sempre quem tem uma boa ideia em mãos tem capital para executar seu projeto. Logo, se não há recursos próprios, é necessário captar algum tipo de investimento.

Mas antes de começar a levantar fundos para sua Startup, o principal é entender em qual ciclo ou estágio encontra o seu projeto para determinar qual a melhor maneira de obter financiamento. Desta forma, ficará muito mais fácil encontrar investidores certos para o seu novo negócio.

Algumas outras dicas, no entanto, podem ser essenciais para ajudar você a angariar fundos para sua startup, fomentar novas parcerias e fazer seu projeto sair do papel. Quer saber quais são elas? Então continue a leitura do artigo de hoje!

Quando encontrar investidores certos para uma startup?

Embora alguns especialistas indiquem esperar algum tempo para buscar investidores, outros aconselham captar recursos antes de começar a precisar de dinheiro.  Vale destacar aqui, no entanto, que os investidores podem financiar a sua empresa em qualquer etapa.

Por exemplo, se você ultrapassou o bootstrapping, mas não quer apostar totalmente no capital de risco, encontrar um investidor anjo pode ser uma boa opção.

Dito isso, a recomendação é planejar com antecedência e elaborar um plano financeiro sólido. Dessa forma, você saberá quanto financiamento pedir e quando encontrar o investidor certo.

Com certeza o financiamento não é sua única preocupação, mas é um elemento importante para impulsionar o seu negócio. O importante é, em primeiro lugar, ter certeza que você sabe o que quer de um investidor.

Confira a seguir as 6 dicas que listamos neste artigo para ajudar você a captar bons investidores para a sua startup e tirar seus planos do papel. Acompanhe!

1 – Construa sua marca e mostre que você existe

Seu primeiro passo é mostrar que a sua empresa já construiu de certa forma uma identidade e está pronta para percorrer um caminho de sucesso. Por isso, assim que começar a tirar a sua ideia do papel, crie e registre a sua marca.

Escolha um nome consistente, uma boa apresentação visual e desenvolva seu website. Do mesmo modo, proteja toda a sua propriedade intelectual. Dessa forma, será mais fácil apresentar a sua empresa aos interessados.

Além do mais, o registro de marca é mais um ativo que a sua empresa tem a oferecer. Ao mesmo tempo, mostra que você tem uma estratégia de marketing efetiva e, claro, acredita no valor do seu negócio.

2 – Apare as arestas do seu discurso

Quando você está buscando investidores, reuniões e eventos de networking se tornam grande aliados para testar o potencial da sua ideia. Nestes encontros, teste sua história, pratique seu discurso e preste atenção nas reações e feedbacks.

Quando estiver com a sua ideia estruturada e preparado para dizer o que os investidores gostariam de ouvir, parta para a ação. Em outras palavras, comece a entrar em contato com os investidores que você realmente tem almejado.

Encontro marcado? Prepare-se para explicar de forma precisa como você usará os recursos financeiros e porque é importante investir na sua empresa. Uma vez que você tenha a atenção de um investidor, um discurso bem-sucedido é sua chance de fechar o negócio.

3 – Conecte-se com seu investidor

Encontrar um investidor é como entrar em um relacionamento. Para se conectar com os investidores, você precisa saber o que os move. Ou seja, aprenda a falar a língua deles. E, acima de tudo, esteja preparado para um compromisso de longo prazo.

Por isso, os melhores investidores são aqueles que você admira ou respeita pelo histórico de negócios ou pela experiência no setor. Um investidor que tenha interesse pessoal ou experiência em sua área também pode ser mais fácil de entender suas motivações e se tornar um grande aliado.

4 – Escolha um mentor

Como empreendedor, sua jornada será um desafio constante. Portanto, procure aliar-se a pessoas que tenham experiência, principalmente se você estiver fazendo isso pela primeira vez.

Visão, experiência, reputação e acesso ao mercado podem lhe oferecer uma vantagem competitiva tão importante quanto obter recursos financeiros.

Um mentor investidor, por exemplo, será capaz de ajudá-lo em sua missão e metas para sua Startup. E, inclusive, sua experiência pode ampliar a sua visão e filosofia de negócios.

5 – Saiba liderar sua equipe

Uma grande maioria de investidores anjos aposta mais em equipes do que em ideias. Quando eles investem na sua empresa, também estão apostando no conjunto de habilidades de seus parceiros de negócios ou colaboradores.

Em vista disso, para atrair investimentos, os fundadores de uma Startup devem mostrar, acima de tudo, que entendem de liderança.  O desempenho da sua equipe, assim como o relacionamento saudável entre gestores, colaboradores e parceiros influenciarão na decisão de quem está pronto para colocar capital na sua gestão.

6- Não se afaste da sua escala de valores

Com certeza, quando você criou seu plano de negócios e suas metas de crescimento, levou em conta princípios norteadores e valores para a sua empresa.  Em vista disso, sua Startup precisa de um investidor que compartilhe dessa visão e engajamento.

É necessário encontrar investidores certos, que tenham empatia pela sua proposta de valor. Simplificando, sintonia é importante para a sustentabilidade dessa relação que não se esgota apenas na questão financeira.

Por fim, encontrar investidores certos ajudarão a delinear o sucesso de sua Startup, ao passo que, escolher os parceiros errados pode fazer você trilhar um caminho de dificuldades e até mesmo de fracasso.

Portanto, na hora de escolher seus parceiros de negócios, considere estas 6 dicas para encontrar investidores certos e eleve, de uma vez por todas, sua startup para um patamar de crescimento e de muito sucesso.

 

*Juridoc é uma plataforma de automação e gerenciamento de contratos e documentos que permite um processo eficiente, com redução de tempo e custos. O software simplifica todo o ciclo de vida do contrato, agiliza o fluxo de trabalho e aprimora a conformidade.

Autor

Autor Convidado

Este artigo foi produzido por um autor parceiro e/ou convidado com a finalidade de compartilhar suas opiniões sobre temas diversos e contribuir com o site.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *