As ações preferenciais da Petrobras (PETR4) voltaram a configurar entre as mais recomendadas pelas instituições consultadas pelo Blog de Valor no mês de abril. O maior destaque das carteiras de investimento neste mês, no entanto ficou por conta da Suzano Papel e Celulose, cujos papéis receberam 3 indicações entre as carteiras de 5 instituições analisadas.

Ações mais indicadas e desempenho

Os papéis da estatal também receberam 3 indicações para abril – assim como ocorreu em março. As ações da Suzano, por outro lado, foram inseridas no portfólio da Bradesco, da XP Investimentos e da Guide neste mês – em substituição aos papéis da Fibria.

As alterações nas carteiras de ações das instituições aconteceram após o anúncio da fusão entre Suzano e Fibria. A divulgação do negócio entre as gigantes da celulose fez as ações da Suzano avançarem na B3, enquanto os papéis da Fibria caíram.

Apesar de não aparecerem na carteira mensal do BTG, o banco de investimentos recomendou, no mês passado, a compra das ações da Suzano (SUZB3) aos seus clientes, e estipulou um preço-alvo de R$ 43,00, ante os R$ 27,00 definidos anteriormente. Os papéis da Fibria também permanecem com rating de compra.

Carteiras Recomendadas

No mês de abril, todas as carteiras recomendadas pelas corretoras e bancos consultados tiveram alterações, com entradas e saídas de ações.

Confira a seguir as carteiras recomendadas e de cada uma das corretoras e bancos que fizeram parte do levantamento do Blog de Valor, além da carteiras de dividendos de algumas delas.

BTG Pactual

O BTG Pactual optou por substituir, no mês de abril, as ações da Vale (VALE3) e Cesp (CESP6) – que havia entrado no portfólio em março –  pelos papéis da Equatorial (EQTL3) e Embraer (EMBR3), que retorna à carteira.

Em relatório, o BTG Pactual informou que o portfólio do mês permanece alinhado à recuperação da economia brasileira. As projeções dos analistas Carlo Sequeira e Bernardo Teixeira – que assinam o documento – tiveram como cenário-base da economia uma trajetória gradual e um novo corte da Selic para 6,25%, que poderia impulsionar a recuperação econômica no final do ano.

De acordo com os analistas, a carteira do BTG Pactual está posicionada mais uma vez para se beneficiar da recuperação da economia enquanto busca oportunidades de momento no mercado.

Composição da Carteira BTG Pactual:

Empresa Ticker Peso
Itaú Unibanco ITUB4 15%
Cosan CSAN3 10%
Telefonica Brasil VIVT4 10%
Embraer EMBR3 10%
Rumo RAIL3 10%
B3 BVMF3 10%
Equatorial EQTL3 10%
MRV MRVE3 5%
Localiza RENT3 10%
IRB IRBR3 10%

Bradesco

A Carteira Recomendada do Bradesco no mês de março teve um desempenho de 3,1%, ante um avanço de 0,1% do Ibovespa no período. No ano, o desempenho acumulado do Bradesco já soma 23,2%.

A Corretora excluiu do seu portfólio, em abril, as ações da Fibria (FIBR3) e da Iochpe-Maxion (MYPK3), e incluiu na carteira os papéis da Randon (RAPT4) e Suzano (SUZB3).

Composição da Carteira Bradesco:

Empresa Ticker Peso
B3 BVMF3 10%
Banco do Brasil BBAS3 10%
Duratex DTEX3 10%
Suzano SUZB3 10%
Iguatemi IGTA3 10%
Via Varejo VVAR11 10%
Itaú Unibanco ITUB4 10%
Randon RAPT4 10%
Petrobras PETR4 10%
Usiminas USIM5 10%

XP Investimentos

Na carteira da XP para o mês de abril, a corretora optou por trocar os papéis da Fibria (FIBR3) pelas ações da Suzano (SUZB5). A carteira da XP teve, em março, um desempenho de 1,1%, com um rendimento acumulado de 14,3% no ano.

Composição da Carteira XP Investimentos:

Empresa Ticker Peso
Banco do Brasil BBAS3 10%
Lojas Americanas LAME4 7%
Vale VALE3 6%
IRB Brasil IRBR3 10%
Petrobras PETR4 10%
Suzano SUZB5 10%
Usiminas USIM5 9%
Via Varejo VVAR11 10%
B3 BVMF3 8%
Rumo RAIL3 10%
Randon RAPT4 10%

Guide

A Carteira da Corretora Guide apresentou desempenho de 2,38% no mês de março. Em 2018, o desempenho da corretora está em 16,22%.

Para abril, a Carteira Recomendada da Guide excluiu as ações da BR Distribuidora (BRDT3), Fibria (FIBR3), Localiza (RENT3) e Rumo (RAIL3), incluindo no portfólio os papéis da Cesp (CESP6), Locamérica (LCAM3), Petrobras (PETR4) e Suzano (SUZB3)

Composição da Carteira Guide:

Empresa Ticker Peso
Suzano SUZB3 10%
Banco do Brasil BBAS3 10%
Equatorial EQTL3 10%
Petrobras PETR4 10%
Cesp CESP6 10%
Gol GOLL4 10%
Locamerica LCAM3 10%
Tenda TEND3 10%
JBS JBSS3 10%
Usiminas USIM5 10%

Dividendos

A carteira da Guide para dividendos apresentou desempenho de 0,84% em março, acumulando avanço de 9,25% em 2018-04-10

. Não houve alterações para o portfólio do mês de abril.

Confira a Carteira de Dividendos da Guide para abril:

Empresa Ticker Peso
Banco do Brasil BBAS3 15%
Braskem BRKM5 15%
Comgás CGAS5 15%
IRB Brasil IRBR3 20%
Smiles SMLS3 15%
Taesa TAEE11 20%

BB Investimentos

O BB Investimentos optou por alterar quase toda a sua carteira de ações para o mês de abril.

Entraram no portfólio do BB as ações do Bradesco (BBDC4), CCR (CRO3), Klabin (KLBN11), Mahale Metal Leve (LEVE3), Smiles (SMLS3), Taesa (TAEE11), Ultrapar (UPGA3) e Via Varejo (VVAR11) – que havia saído da carteira no mês de março.

Os únicos papéis mantidos na carteira de abril pelo BB investimentos em relação ao portfólio do mês passado foram os da Vale (VALE3) e da CSN (CSNA3). Todos os demais deixaram a carteira.

A carteira do BB Investimentos recuou 0,21% no mês de março, ante uma leve alta de 0,01% do Ibovespa no período.

Composição da Carteira BB Investimentos:

Empresa Ticker Peso
Bradesco BBDC4 10%
CCR CRO3 10%
Klabin KLBN11 10%
Mahale Metal Leve LEVE3 10%
Smiles SMLS3 10%
Taesa TAEE11 10%
CSN CSNA3 10%
Ultrapar UPGA3 10%
Via Varejo VVAR11 10%
Vale VALE3 10%

 

Quer aprender mais sobre investimentos e finanças? Então conheça o treinamento online “O Investimento Perfeito”Clique aqui e saiba mais sobre o curso!

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *