A bolsa brasileira B3 registrou, até o dia 17 de junho de 2019, o maior volume nominal de negociação já registrado em sua história, de acordo com um levantamento realizado pela empresa de análises financeiras Economatica. O volume financeiro médio diário registrado até meados de junho foi de R$ 13,9 bilhões.

De acordo com a Economatica, o volume financeiro registrado na B3 até aqui em 2019 apresenta crescimento de 29,1% na comparação com 2018. Este seria o quarto ano consecutivo de avanço no volume médio diário anual de negociação – ajustados pela inflação e em dólares.

Para se ter um comparativo, no ano de 2015, a bolsa brasileira movimentava cerca de R$ 6 bilhões por dia. Em 2018, este número era de R$ 10,8 bilhões, em média.

Vale ressaltar que, na última semana, a B3 alcançou novos recordes históricos, com o índice Ibovespa ultrapassando os 102 mil pontos pela primeira vez.

Confira a seguir a evolução do volume financeiro médio anual da bolsa brasileira B3 desde 2002, segundo o levantamento da Economatica.

Recorde ajustado

Em valores ajustados pela inflação, o volume médio diário de negociação na bolsa brasileira chega a R$ 14,1 bilhões até 17 de junho – no maior valor já registrado.

O recorde anterior havia sido alcançado no ano passado, segundo a Economatica, quando o volume financeiro médio de negociações na bolsa de valores – já ajustado pelo IPCA – chegou a R$ 11,2 bilhões por dia.

ADRs perdem espaço

Enquanto o volume de negociação na bolsa brasileira aumenta, no entanto, o mercado de ADRs brasileiros negociados em Nova York perde espaço no mercado dos EUA – sem conseguir acompanhar o crescimento da bolsa local.

Segundo o levantamento da Economatica, os certificados de ações brasileiras (ADR) negociados nos EUA tiveram movimentação diária média de US$ 1,42 bilhão até junho deste ano, ante uma movimentação de US$ 3,64 bilhões do mercado brasileiro. Este, no entanto, não tem sido o único ano no qual os ADRs vêm perdendo espaço em Wall Street.

Desde 2014, de acordo com a pesquisa, a relação entre os ADRs brasileiros e a B3 vem aumentando consideravelmente. Neste ano de 2019, o volume movimentado pelos ADRs nos EUA representa 39,11% do movimento médio na bolsa brasileira – enquanto que, em 2008, os ADRs movimentaram 28,15% acima da bolsa brasileira no período.

As ações mais negociadas na B3

As ações da Petrobras (PETR4) foram as ações mais negociadas na bolsa brasileira B3 em 2019 até o dia 17 de junho, também segundo a Economatica. Em média, os papéis da estatal movimentaram R$ 1,57 bilhão por dia na B3.

A segunda ação com maior volume de movimentação no país até meados de junho é a ação da Vale (VALE3), com uma média de R$ 1,12 bilhão por dia de movimentação.

Juntas, as 20 ações mais negociadas da B3 até 17 de junho concentraram 57,29% do total negociado na bolsa brasileira.

Confira a seguir a lista com estas 20 ações com maior volume de negociação no mercado brasileiro em 2019 até aqui.

É importante destacar, contudo, que a bolsa brasileira não alcançou ainda, em números ajustados em dólar, sua máxima histórica. Para saber mais, recomendamos a leitura do artigo: “Bolsa aos 100 mil pontos não bate recorde real do Ibovespa, diz Economatica“.

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

 

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *