Os analistas do banco de investimentos BTG Pactual decidiram, na noite da última segunda-feira (9), alterar o rating das ações da Marfrig (MRFG3) e elevar preço-alvo dos papéis da empresa após a processadora de carnes brasileira confirmar a aquisição do controle da americana National Beef. Agora, a recomendação do BTG é para compra das ações da Marfrig na bolsa brasileira.

Após analisarem o negócio entre a Marfrig e a National Beef Packing Company e incorporarem o acordo entre as gigantes da carne, os analistas Thiago Duarte e Vito Ferreira optaram por elevar o preço-alvo das ações da Marfrig (MRFG3) de R$ 9,00 para R$ 11,00.

Segundo os analistas, a aquisição da processadora de carnes norte-americana por US$ 969 milhões – valor considerado “razoável” pela equipe do BTG Pactual – e a promessa da administração da empresa em vender a processadora Keystone no curto prazo pesaram para as mudanças positivas no preço-alvo dos papéis da Marfrig.

“Estamos atualizando a Marfrig após o anúncio de que a empresa está adquirindo o controle da National Beef por uma avaliação razoável, enquanto espera que a administração cumpra sua palavra e venda a Keystone no curto prazo imediato”, explicaram.

Novos investidores à vista

Para Duarte e Ferreira, os dois eventos, somados, poderão atrair investidores que, até agora, mantinham-se afastados deste segmento do mercado.

“Quando combinados, esses dois eventos poderiam levar a Marfrig ao próximo nível em posicionamento estratégico e alavancagem, e em um setor onde o alto endividamento e a falta de clareza estratégica mantiveram os investidores de fora por muito tempo”, ponderaram os analistas em relatório enviado aos clientes do banco.

Rating de compra das ações da Marfrig

O BTG Pactual também elevou o rating dos papéis da companhia brasileira, que se mantinha em “neutro”. Para a equipe do banco, o acordo entre a brasileira e a National Beef “adiciona mais coerência e credibilidade à estratégia global da Marfrig”, justificando as alterações tanto no preço-alvo dos quanto no rating dos papéis da processadora de carnes.

Com a alteração, a recomendação para os clientes do BTG Pactual passa a ser de compra das ações da Marfrig (MRFG3).

Às 13h desta terça-feira (10), as ações da Marfrig na B3 (antiga BM&FBovespa) avançavam acima de 13%, a R$ 8,36, após acumularem ganhos de cerca de 17% na sessão anterior.

 

Quer aprender mais sobre investimentos e finanças? Então conheça o treinamento online “O Investimento Perfeito”Clique aqui e saiba mais sobre o curso!

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *