*Este artigo foi produzido pela Juridoc com exclusividade para o Blog de Valor.

 

Você faria uma viagem, sem organizar a sua rota e o roteiro a ser seguido ao longo dos dias de viagem? Com certeza, não!

O planejamento de marketing funciona da mesma forma. Você precisa de uma estratégia para guiá-lo em direção ao seu destino.

Em vista disso, podemos dizer que a estratégia de marketing é uma parte importante do plano de negócios de qualquer empresa.  Sem um plano, o caminho para chegar aos objetivos e as ações que devem ser tomadas no marketing pode se tornar bastante complexo.

Sua estratégia funcionará basicamente como um guia para maximizar a visão do que é realmente necessário para vender seus produtos e serviços e alcançar a sua clientela.  Além do mais, seu plano vai ajudá-lo a se concentrar no que é certo para o seu negócio e no que você pode fazer de forma consistente e bem-sucedida dentro do seu orçamento.

Para ajudá-lo, vamos listar hoje algumas táticas relevantes para ajudar no seu planejamento. Acompanhe!

Dicas para iniciar seu planejamento de marketing

Sobretudo, seu planejamento de marketing deverá identificar de que forma a sua empresa buscará seu posicionamento no mercado. Em vista disso,sua estratégia de marketing deve responder duas questões principais:

1 – Qual é a sua meta e por quê?

2 – Como a empresa venderá seus produtos ou serviços?

Portanto, o plano de marketing deve iniciar com o estudo de mercado. Essa análise o ajudará a confirmar a escolha de seu segmento de atuação e o perfil do seu cliente.

O objetivo deste estudo é basicamente garantir que seus produtos ou serviços atendam às necessidades de seu público-alvo em potencial e as perspectivas do mercado para o seu produto ou serviço.

Por fim, é necessário estudar a concorrência e verificar de que forma a sua empresa poderá se posicionar. Ou seja, uma vez identificado o cliente, é necessário definir o posicionamento que a empresa adotará no mercado-alvo.

Ou seja, uma vez que o público-alvo é identificado corretamente, o empreendedor deve ter uma proposta de como pretende se posicionar para vender seus produtos ou serviços.

Essa previsão pode ser feita em curto prazo – período de 0 a 6 meses, em médio prazo – período de 6 a 24 meses, e longo prazo – 24 meses ou mais.

Vale destacar que o posicionamento da empresa exige, antes de tudo, analisar os concorrentes para encontrar maneiras de se diferenciar deles. Essa ação facilitará a abordagem do cliente.

Como definir o posicionamento de mercado?

Com certeza, é complicado posicionar-se exatamente da mesma maneira que a concorrência, principalmente quando se está começando.

É exatamente por isso que se bate com frequência na tecla de estudo de mercado. Porque será essa análise que aprofundará o conhecimento do setor de atuação com o objetivo de identificar o que está faltando.

Por essa razão, ao criar um negócio e  abrir a sua empresa deve-se procurar algum diferencial, como preços mais baixos, melhor qualidade, serviço mais rápido, novos recursos, ou mesmo, outros modo de distribuição.

De modo geral, o objetivo é encontrar um novo conceito que interesse um cliente-alvo e ofereça uma vantagem competitiva sobre outras empresas do setor.

A partir do momento que o empreendedor identifica a sua clientela e a maneira como se posicionará, poderá trabalhar no desenvolvimento de sua política comercial com mais segurança e visibilidade. Ou seja, estará pronto para agir.

Colocando seu plano de ação no papel

O primeiro passo é organizar seus objetivos e principais resultados que deseja alcançar. O objetivo deve ser simples e claro, além de ser mensurável em quantidade e qualidade.

Mesmo que você tenha um plano ambicioso, você deve permanecer acessível e realista. Para isso, deve ter um prazo e etapas definidas com datas específicas.

Além disso, faça uma lista de definições de sua estratégia de marketing para mercado, produtos ou serviços e posicionamento de marca.

Confira abaixo um exemplo de algumas questões básicas e simples que você pode descrever no seu plano.

Mercado

1 -Tendências de mercado

2 –Tamanho do mercado e a oportunidade

Produtos / Serviços

1 – Desafios e problemas do cliente

2 – Como o seu produto / serviço irá resolver o problema do cliente?

Posicionando de marca

1 –Quais os pontos fortes de sua marca e como você pretende divulgá-la?

2 – Sua marca está protegida?

Checklist das etapas fundamentais do seu planejamento:

  1. Definição de metas;
  2. Identificação do mercado-alvo e públicos-alvo;
  3. Articulação do posicionamento;
  4. Definição de seu preço;
  5. Ferramentas e táticas digitais para a promoção dos serviços ou produtos;
  6. Escolha dos canais de distribuição;
  7. Ações orçamentárias;
  8. Definição de como serão medidos os indicadores de desempenho.

Bônus– Proteja a identidade do seu negócio!

Quando se trata de estratégia de marketing, sabemos que a marca é a principal ferramenta de publicidade de qualquer empresa.

Por esse motivo, criar e proteger a identidade do seu negócio é um passo fundamental no desenvolvimento do seu planejamento de marketing.

Quando você cria uma marca forte e convincente, sua empresa está dando os primeiros passos para conquistar a fidelidade do cliente.

Mas vale ressaltar que você somente terá exclusividade sobre uma marca se ela for registrada. Caso contrário, você poderá perder todo seu esforço e engajamento em criar uma identidade.

Portanto para ter direitos exclusivos, você precisa do registro de marca. Então, se você criou uma marca, um nome, logotipo e/ou slogan, a dica é obter o registro no Instituto Nacional da Propriedade Industrial – INPI.

Esse procedimento irá proteger o seu nome e evitar perdê-lo para a concorrência, ou mesmo, impedir que alguém copie sua identidade comercial. Ao arquivar o seu pedido e obter o certificado de marca, sua marca estará protegida por um período de 10 anos e poderá ser renovada por períodos sucessivos.

Embora você não seja obrigado a registrar a sua marca, esse é um procedimento importante para proteger o futuro dos seus negócios. Além disso, lhe dá mais segurança para explorar seu nome e colocar seu plano de marketing em ação.

Conclusão

O plano de marketing é um documento de referência e permite enxergar de forma mais clara as suas ações. Quando bem desenvolvido, aumenta as chances de sucesso da sua empresa.

Dedicar-se a criação de um plano de marketing significa investir na sua empresa.

E se você gostou das nossas dicas, continue nos acompanhando. Em breve, você irá conferir aqui no blog um artigo com as melhores estratégias digitais para implementar na sua empresa. Até a próxima!

 

*Juridoc é uma plataforma de automação e gerenciamento de contratos e documentos que permite um processo eficiente, com redução de tempo e custos. O software simplifica todo o ciclo de vida do contrato, agiliza o fluxo de trabalho e aprimora a conformidade.

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Comentários

  1. Rodrigo    

    Ola.. obrigado por compartilhar esse conteudo… ajuda bastante quem e da area… tenho uma empresa de marketing digital em londrina e é sempre bom buscar novas leituras agregando conhecimento.. forte abraço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *