Ponderar a respeito do dinheiro seria fantástico, se de fato, nos auxiliasse de alguma forma a tomar melhores decisões. No entanto, isso não acontece na prática. Pensando nisso, elaboramos este artigo para te mostrar alguns passos simples de como gastar menos.

Além disso, na jornada para alcançar os seus objetivos de curto, médio, e longo prazo, você precisará entender como o dinheiro funciona e como devemos pensar sobre ele antes mesmo de gastá-lo.

Acima de tudo, pode parecer complicado inserir novos hábitos na sua vida visando gastar menos. Entretanto, será importante ter constância para conseguir o resultado de gastar menos no final do mês.

Confira as dicas para gastar menos neste ano:

Identifique gatilhos

Essa dica, certamente, é uma das mais difíceis se não seguir o seguinte método: entenda em quais situações você gasta mais.

Existem alguns gatilhos específicos que fazem cada pessoa a consumir de forma exagerada. Compreender o seu gatilho é fundamental para não só gastar menos, mas também ter autoconhecimento.

Na mesma linha, é crucial começar a reparar em quais instantes esse consumo acontece. Pare para pensar: é após um dia cansativo de trabalho? Ou somente quando está ansioso?

Sabendo disso, você terá informações concretas de quais lugares evitarem quando está irritado, cansado ou ansioso.

Quando você identificar as situações em que consome mais, tenha em mente que é apenas um momento passageiro e que este autocontrole será benéfico para as suas metas e objetivos.

Outra forma de identificar os vilões do seu orçamento é com um planejamento financeiro. Como resultado, será possível visualizar e organizar melhor os seus gastos.

Planejamento financeiro

Após ter identificado quais são os gatilhos que te fazem exagerar no consumo, o ideal é manter um valor fixo só para essas situações. Por exemplo, separar R$20,00 mensais para itens como chocolate, cafezinho e salgados quando estiver estressado.

Com isso, você poderá continuar consumindo os itens que você gosta, porém com responsabilidade. Se durante o mês o orçamento acabar será importante ter autocontrole.

A desculpa mais comum é o famoso “Eu mereço”. Você realmente merece o item mas, com toda certeza, esses gastos além do planejado te afastam das metas. Então tenha em mente que irá gastar menos para aproveitar melhor o seu dinheiro no futuro.

Categorizando os gastos

O planejamento financeiro básico é separar os seus gastos fixos dos gasto variáveis.

Os gastos fixos são aquele que todo mês você precisa honrar sem atraso e que o valor permanece imutável. Por exemplo, gastos com aluguel e condomínio assim como, transporte e mensalidade da faculdade.

Em contrapartida, os gastos variáveis possuem valores que oscilam de um mês para o outro. Em outras palavras, pode ser entendido como contas de água, energia elétrica e plano de celular no caso dos pós pagos

Faça uma tabela separando os gastos fixos dos variáveis. Tente também deixar a alimentação e vestuários nos gastos fixos para ter mais controle.

Se possível, pegue o seu extrato bancário e a fatura do cartão de crédito para conferir em qual categoria você está extrapolando. A partir de então você terá um norte para gastar menos.

Cartão de Crédito: Mocinho ou vilão?

Agora que você já sabe como montar um planejamento financeiro básico, certamente irá gastar menos. Como resultado você conseguirá investir com aportes maiores.

Quando é mencionado cartão de crédito, algumas pessoas se sentem desconfortáveis e até mesmo sentem calafrios só de pensar na fatura e nos juros cobrados no cartão.

Ter o cartão de crédito como aliado será fundamental para gastar menos. A forma como ele é utilizado é o que vai definir se você ganhará pontos para trocar por milhas. Ou se estará no time de pessoas inadimplentes pagando juros.

Estes pontos são vantajosos, pois podem ser trocados por experiências. Tudo isso gastando com os gastos fixos, para que não tenha surpresas no final do mês com a fatura.

Dica extra de como gastar menos em 2020.

A dica parece óbvia, mas em algumas situações o óbvio também precisa ser dito. Fuja de endividamento. Simples assim.

Evitar fazer parcelas muito altas. Isso pode comprometer o seu orçamento e acabar virando uma bola de nove quase impagáveis. Prefira sempre comprar à vista para conseguir negociar o valor.

Acima de tudo, você usará os juros compostos a seu favor através de um investimento e não contra você.

Conclusão

Desta forma você conseguirá gastar menos em 2020 bem como conseguirá ter uma mentalidade financeira adequada. Se sua meta este ano é investir mais, com essas dicas você conseguirá um valor extra no final do mês.

Vale lembrar que é importante colocar em prática e, não ficar no plano das ideias. Como resultado, você estará dando mais valor ao seu trabalho e, principalmente, para o seu tempo que é escasso.

Se você gosta deste tipo de conteúdo fique à vontade para tirar suas dúvidas e nos enviar críticas e sugestões na caixa de comentários.

Bons investimentos e até a próxima!

 

*Este artigo foi produzido pelo App Renda Fixa com exclusividade para o Portal André Bona.

Autor

Autor Convidado

Este artigo foi produzido por um autor parceiro e/ou convidado com a finalidade de compartilhar suas opiniões sobre temas diversos e contribuir com o site.

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *