A área de tecnologia pode ser promissora para quem deseja investir. Entre as empresas disponíveis, vale destacar o Google, que se consolidou como um dos principais provedores de serviços da internet. Se você não quiser sair do Brasil para investir, uma alternativa é o GOGL34.

Antes de tomar a decisão, entretanto, é fundamental fazer uma análise completa da empresa e do investimento em BDR. Quanto mais informada for a sua escolha, maiores são as chances de ela estar alinhada ao seu portfólio.

Neste artigo, você descobrirá se vale a pena investir no Google e como alocar seus recursos no GOGL34!

Qual é a trajetória do Google?

A trajetória do Google teve início em 1997, quando Larry Page e Sergey Brin criaram um dos primeiros buscadores da internet — o BackRub. Esse foi o teste inicial da tecnologia desenvolvida pela dupla, batizada de Page Rank.

Ela era responsável por classificar todas as páginas indexadas da web por relevância. Já em 1998, o BackRub passou a se chamar oficialmente Google e começou a operar, inicialmente, por meio de servidores instalados em uma garagem.

No entanto, isso não impediu o crescimento da empresa, que começou a ganhar espaço no mercado. Como resultado, em 2000 a companhia lançou o Google Adwords — que se tornou Google Ads —, o programa de criação de campanhas de links patrocinados.

Outro marco de sua história aconteceu em agosto de 2004. Nessa data, a empresa realizou sua oferta pública inicial (IPO) na bolsa dos Estados Unidos. A partir desse momento, o negócio atingiu a chamada independência financeira.

Assim, ele possuía recursos para desenvolver novas soluções e se consolidar entre as principais empresas de tecnologia dos Estados Unidos. Por fim, em 2015, foi criada a Alphabet, uma holding que reúne todos os serviços do Google em uma estrutura de operação mais organizada.

Investir no Google é uma boa ideia?

Mesmo conhecendo o caminho percorrido pelo Google até se tornar um grande nome na área de tecnologia, consolidando-se como big tech, é preciso avaliar o aporte na empresa. Em primeiro lugar, saiba que o investimento, na prática, é feito na Alphabet e não no Google.

Logo, você não investirá apenas na empresa, mas na holding que contém toda a estrutura de operações. O volume de caixa, a liderança de mercado e o fato de ter poucos concorrentes com a mesma capacidade de atuação costumam ser destaques positivos da empresa.

A diversificação de atuação do Google também se destaca. Além do buscador e da rede de anúncios, o negócio conta com outras soluções na área de tecnologia. Entre elas estão o YouTube, o sistema móvel Android ou o navegador Google Chrome.

Porém, as ações de tecnologia exigem um pouco de atenção, pois alguns analistas e investidores consideram a possibilidade de uma bolha de investimento no setor. Assim, com o avanço das soluções e tecnologias do mercado, é essencial entender como o Google se posicionará em um novo cenário.

O que é o GOGL34?

Se você estiver pensando em como investir no Google, saiba que o GOGL34 pode ser uma alternativa. Ele representa o chamado brazilian depositary receipt (BDR) ou certificado de depósito de valores mobiliários.

Ele funciona da seguinte forma: primeiro, há a figura de uma empresa intermediária. Essa instituição compra os ativos internacionais — nesse caso, as ações da Alphabet — e emite um certificado com lastro nesses papéis.

O BDR, então, é disponibilizado na bolsa de valores brasileira, a B3. Ele é identificado pelo número “34” ao final de seu ticker. Com isso, surge a oportunidade de investir indiretamente nesse ativo do mercado exterior. O GOGL34, portanto, é o BDR do Google.

Quais são os benefícios do BDR?

Uma das maiores vantagens do investimento em BDR é o fato de expor seu patrimônio ao mercado internacional sem precisar tirar seu dinheiro do país. Em vez de abrir uma conta em uma instituição no exterior e fazer a conversão de câmbio, investe-se em reais por meio da bolsa brasileira.

Essa é uma alternativa que pode trazer mais praticidade e ajudar na diversificação da carteira de investimentos. Desse modo, você pode diluir parte dos riscos ao fazer com que seu dinheiro se movimente conforme as condições externas.

Além disso, o BDR pode dar direito à participação nos resultados, como a distribuição de proventos. Todavia, isso depende das regras de cada companhia. No caso do Google e, consequentemente, do GOGL34, esses pagamentos ainda não acontecem.

Quais são os riscos do investimento em BDR?

Também é importante saber que o BDR tem riscos que podem interferir na sua tomada de decisão. O principal deles é o risco de mercado, já que se trata de um investimento de renda variável negociado na bolsa de valores.

Dependendo da percepção dos investidores, o preço das ações da empresa pode subir ou cair ao longo do tempo. Logo, essas oscilações podem afetar a cotação do GOGL34, por exemplo.

Além disso, até o final de 2020, boa parte dos BDRs era limitada a investidores qualificados ou profissionais. Porém, a regra foi alterada, possibilitando que os demais investidores do mercado acessem os certificados.

Todavia, a liquidez ainda tende a ser mais baixa que a de outros ativos. No caso do GOGL34, a liquidez do BDR é consideravelmente menor que a das ações da Alphabet, o que traz mais riscos ao investimento. Portanto, é essencial considerá-los antes de investir.

Vale a pena investir no GOGL34?

Por mais que o Google pareça atraente ou que o BDR tenha vantagens, você deve ter atenção para decidir se é interessante fazer esse tipo de investimento. Além de analisar os riscos, é preciso entender quais são as suas características específicas e necessidades ao investir.

Comece avaliando seu perfil de investidor, que indica o seu nível de tolerância ao risco. Devido aos aspectos do BDR, ele tende a ser mais alinhado com investidores moderados ou arrojados, que estão dispostos a se arriscar mais.

Ainda, pense em seus objetivos financeiros. No geral, o investimento em ações — mesmo que indireto, como no caso do GOGL34 — costuma ser indicado para o longo prazo. Isso permite reduzir os riscos de mercado e o impacto do risco de liquidez.

Como investir em BDR?

Se você decidir que investir em BDR é uma alternativa adequada para a sua carteira, é hora de aprender como fazer isso. O ponto de partida é ter uma conta em um banco de investimentos. Por meio dele você terá acesso ao ambiente da bolsa de valores, intermediando a negociação.

Após transferir os recursos para sua conta, vá ao home broker e busque o certificado de interesse. Como visto, para investir no BDR do Google, por exemplo, é preciso encontrar o ticker GOGL34.

Emita a ordem de compra e, após a liquidação, o certificado estará em seu portfólio. A partir de então, você terá acesso aos resultados do ativo.

Agora você conhece o GOGL34, como ele funciona e algumas características importantes sobre ele. Se decidir investir, ter o apoio de uma instituição financeira de qualidade poderá ajudá-lo a alcançar seus objetivos. É o caso do BTG Pactual digital — o maior banco de investimentos da América Latina.

Quer conferir mais dicas e informações sobre o mercado de investimentos? Acompanhe nossas publicações no Facebook, Instagram, LinkedIn, Twitter e YouTube!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *