Conquistar um novo cliente não é tarefa fácil, concorda? Durante essa jornada, que se inicia com o processo de prospecção e se estende até a assinatura do contrato, o profissional precisa demonstrar seriedade a fim de conquistar a confiança da outra parte.

Em razão disso, a proposta comercial de prestação de serviços tem um papel de destaque. Afinal, trata-se de um documento que abrange todas as informações sobre o trabalho a ser realizado. Nele, o possível contratante pode visualizar prazos, valores e modo de desenvolvimento do projeto.

Ou seja, uma proposta mal desenvolvida, com erros gramaticais ou falta de informações cruciais, pode colocar tudo a perder e fazer com que o cliente negocie com outra empresa. E não é isso o que queremos, não é?

Por isso, a seguir mostramos como montar uma boa proposta de prestação de serviços. Confira!

E então, como montar uma proposta de prestação de serviços?

Ao elaborar uma proposta, o ideal é unir a necessidade do cliente àquilo que a sua empresa tem a oferecer. Então, preocupe-se em personalizar cada uma delas!

Agora, confira cinco tópicos objetivos que o ajudarão a montar a proposta ideal.

1. Dê atenção à capa e ao índice

Na capa, é importante já identificar o contratante (seu cliente) e a contratada (sua empresa). Se possível, insira o logo do seu negócio. No índice, apresente os tópicos abordados na proposta com os números das respectivas páginas, pois o ideal é facilitar a leitura do cliente e a localização de pontos importantes.

São as primeiras coisas que a outra parte verá, portanto capriche no layout e na organização.

2. Apresente o serviço e o escopo de trabalho de forma detalhada

Mesmo que você já tenha explicado o serviço para o contratante, por meio de e-mails ou reuniões, é importante incluir nesse documento informações sobre atividade prestada, escopo de trabalho e metodologia seguida.

Se possível, exemplifique como as entregas serão realizadas, quantas horas cada atividade levará e quais serão as técnicas ou softwares utilizados durante o desenvolvimento do projeto.

3. Insira um cronograma com as datas de cada etapa

No geral, é preciso mostrar de maneira clara e objetiva quais serão as etapas do projeto e as datas de início e término de cada uma. Tabelas ou gráficos são boas opções para utilizar nesta parte da proposta.

4. Inclua valores e formas de pagamento

Nunca deixe de incluir valores em sua proposta comercial, já que são fundamentais para convencer a outra parte a contratar ou não o serviço. É imprescindível fazer um resumo do que está incluso no valor final, portanto:

  • identifique se o valor cobrado é por hora, por dia, por projeto etc.;
  • discrimine preços de ferramentas ou produtos a serem utilizados;
  • discrimine valores a serem gastos com as demais despesas, como transporte, hospedagem ou alimentação.

Ao final, inclua as condições de pagamento e a validade da proposta.

5. Aborde regras, condições e outras informações adicionais

Por fim, inclua informações adicionais sobre:

  • multas e juros;
  • política de cancelamento;
  • condições de trabalho;
  • cobranças referentes aos possíveis serviços extras.

Veja, como exemplo, o modelo de proposta de serviço simples e gratuito. É um documento objetivo que apresenta informações importantes:

  • objetivo da contratação;
  • escopo da proposta;
  • valor total (investimento a ser realizado pelo contratante);
  • produtos a serem entregues (se fizer parte da prestação do serviço);
  • cronograma (com a descrição das etapas a serem desenvolvidas, início e término de cada uma e horas gastas em cada atividade realizada);
  • informações adicionais do serviço prestado e da empresa.

Percebe como todas as informações ficam dispostas de uma maneira clara para o cliente? Saiba que há outros modelos disponíveis na internet, o importante é seguir as dicas vistas neste artigo e preencher tudo corretamente.

E então, já sabe como montar uma proposta de prestação de serviços? Ótimo! Lembre-se de que conquistar o cliente é só uma das primeiras etapas da relação a ser construída, por isso desenvolva uma proposta comercial profissional e cumpra tudo o que foi acordado — especialmente os prazos.

E, claro, a fim de realizar serviços com eficiência e garantir o retorno necessário para investir continuamente em seu negócio, é preciso dar atenção à gestão. Por este motivo, automatizar o acompanhamento dos contratos fechados do seu negócio torna este processo mais ágil, prezando pelo rápido.

Agora, o que acha de se aprofundar em mais um conteúdo que o ajudará a alcançar o sucesso? Confira 6 ações para ajudar seu pequeno negócio a crescer!

*Este artigo foi produzido pelo GestãoClick com exclusividade para o Blog de Valor.

*O GestãoClick é um software de gestão empresarial online, que oferece aos empreendedores e administradores diversos recursos para gerenciamento do negócio, como o controle financeiro e de estoque, emissão de notas e boletos, entre outras ferramentas. O sistema de gestão é direcionado a pequenas e médias empresa.

 

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

 

Autor

Autor Convidado

Este artigo foi produzido por um autor parceiro e/ou convidado com a finalidade de compartilhar suas opiniões sobre temas diversos e contribuir com o site.

shadow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *