*Este artigo foi produzido pelo GestãoClick com exclusividade para o Portal André Bona.

 

Em 2018, o número de usuários da Internet ultrapassou a marca de 4,1 bilhões. E estudos apontam que, até 2021, mais da metade de 52% destes usuários deverá fazer compras online.

Você consegue imaginar isso? Um em cada dois usuários estará encomendando algo online! Isso significa que a criação de um site de comércio eletrônico pode ser uma ideia bastante interessante para qualquer negócio.

Numa era cada vez mais digital, a venda de produtos pela internet permite que você alcance um público mais amplo e novos clientes. Mas, para aqueles que estão apenas começando, descobrir como iniciar um negócio online no mundo do comércio eletrônico pode ser um pouco desafiador.

Existem três ferramentas principais que você precisa para vender online: os produtos, uma plataforma de vendas e um processo para armazenar pedidos e enviar mercadorias. Confira a seguir algumas dicas para combinar esses elementos em uma operação eficiente e lucrativa!

O que vender online?

Uma parte fundamental de aprender a vender pela internet é entender suas opções de fornecimento de produtos. Existem diferentes maneiras pelas quais você pode buscar produtos para vender online, e a escolha de um deles depende de seus objetivos e orçamento inicial:

  • Fabricação própria – se você já produz bens em sua própria instalação, você só precisa considerar uma maneira econômica de enviar seus pedidos aos compradores.
  • Terceirização da fabricação – você pode trabalhar com um fabricante para desenvolver novos itens a partir do zero ou modificar algo já feito para atender às suas necessidades.
  • Revenda de softwareRevender software tanto de forma física como de forma online tende a ser bem lucrativa e sem necessidade de investimento inicial.
  • Compra de itens para vender com a sua própria marca – alguns fabricantes permitem que você coloque sua própria marca nos produtos, sendo uma maneira mais econômica de construir sua própria marca.
  • Remessa direta – você não precisa comprar ou estocar mercadorias, pois seu fornecedor envia o produto diretamente para o comprador. Porém, os lucros são geralmente mais baixos.
  • Venda de produtos digitais via download – produtos digitais como fotos e ilustrações, músicas, e-books ou arquivos de vídeo podem ser criados e carregados em um blog ou plataforma habilitado para comércio eletrônico e baixados no momento da compra.

Onde vender?

Para iniciar suas vendas, você precisa escolher e configurar seus canais de vendas online. A plataforma de vendas é a sua vitrine virtual, onde os compradores encontram e compram seus produtos. Existem diversas opções, como:

  • Site próprio – com esta opção você tem o controle total do seu canal de venda. Você decide a aparência de sua loja e como seus produtos são apresentados. Você não está vulnerável a fatores externos, como atualizações de algoritmos, e não precisa competir em um mercado lotado.
  • Marketplaces, como Mercado Livre, B2W, entre outros – este tipo de plataforma é capaz de expor seus produtos a um enorme número de potenciais clientes. Você pode ficar online com custos iniciais mínimos, porém são cobradas taxas de transação, por isso é bom verificar estes custos antes de se inscrever.
  • Mídias sociais, como o Facebook e Instagram – nestes canais de venda você precisa apenas criar uma página comercial e adicionar um botão “comprar”. O problema de vender exclusivamente através destes canais é que você tem que gerenciar manualmente os pedidos, o que pode consumir muito tempo.

Como gerenciar as vendas e entregas?

Ao vender online, armazenar produtos, processar pedidos e transportar mercadorias são processos de grande importância para o sucesso do empreendimento. Para iniciar suas vendas online, você precisará da infraestrutura para lidar com pedidos, envios e devoluções.

É preciso garantir um excelente controle de estoque, atualizando em tempo real a quantidade de itens disponíveis na sua loja online, para evitar que pedidos sejam finalizados por seus clientes e você não tenha estoque para cumprir os pedidos.

Você também precisa garantir que o produto seja entregue ao consumidor. Diferentes métodos de entrega custam valores diferentes, e é preciso estudar quais são os métodos de entrega mais interessantes para o seu negócio.

Seja qual for o seu segmento de atuação ou o business core do seu negócio, saiba que é sempre possível fazer bons negócios online. Se você já tem uma empresa ou pensa em criar um negócio próprio em breve, não deixe de considerar vender online e impulsionar seus lucros com muito mais eficiência a partir da internet!

E você, já tem o hábito de vender online? Conta para gente aqui nos comentários suas experiências!

 

*O GestãoClick é um software de gestão empresarial online, que oferece aos empreendedores e administradores diversos recursos para gerenciamento do negócio, como o controle financeiro e de estoque, emissão de notas e boletos, entre outras ferramentas. O sistema de gestão é direcionado a pequenas e médias empresa.

Autor

Autor Convidado

Este artigo foi produzido por um autor parceiro e/ou convidado com a finalidade de compartilhar suas opiniões sobre temas diversos e contribuir com o site.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *