Administrar finanças pessoais sempre foi um grande desafio para o homem. Mas com a intensidade e a diversidade de tarefas a serem desempenhadas em seu dia a dia, isso pode se tornar ainda mais difícil.

Transpor os obstáculos que podem afetar sua trajetória financeira pessoal e familiar é um objetivo que exige planejamento, dedicação e estratégia.E toda a formação do patrimônio de uma família começa na organização das finanças pessoais, afinal, é justamente nessa fase que todo o planejamento começa a ser desenhado.

E é aqui onde a educação financeira desempenha um papel fundamental no controle financeiro.

Pensando nisso, você encontrara no post de hoje diversas dicas e informações relevantes que o ajudarão a conquistar uma vida financeira estável e fugir das armadilhas financeiras que podem lhe trazer dificuldades por anos e anos e atrasar o seu processo de acumulação de patrimônio.

Quer aprender mais? Acompanhe a seguir!

Entenda a importância do planejamento financeiro

Lidar com números e finanças é, de fato, um grande desafio para várias pessoas. A ideia de que o planejamento financeiro é algo chato, matemático e frio é uma realidade que precisa ser alterada.

Na verdade, por meio de uma breve reflexão, é possível concluir que o planejamento financeiro não é nada disso, pois o seu maior objetivo é conduzir um indivíduo rumo à concretização de seus grandes sonhos.

Sonhar é apenas o primeiro passo para se chegar a algum lugar, já que apenas com organização financeira e foco é que os objetivos podem ser alcançados. Aliás, é da natureza do ser humano sonhar e querer sempre algo novo. Manter-se sempre em busca de um objetivo é o que nos torna ativos e motivados a viver.

Sejam os bens que queremos conquistar, lugares que desejamos conhecer, projetos que visam beneficiar parentes próximos (filhos, por exemplo) ou até mesmo uma mudança radical na rotina de trabalho: é fato que tudo isso está essencialmente ligado à liberdade financeira.

Por isso, entender o funcionamento do planejamento financeiro, bem como os gatilhos que podem nos aproximar dos nossos objetivos, é fundamental.

Assim sendo, a primeira noção que você precisa ter em mente é que não é possível chegar a lugar algum sem planejamento. Continue com a leitura e descubra como se organizar melhor e administrar finanças pessoais de forma que o processo de acumulação de patrimônio e conquista de objetivos seja cada vez mais tranquilo e prazeroso para você!

Como administrar finanças pessoais

Partindo da premissa de que você já compreendeu que o planejamento é a base para o sucesso de sua vida financeira, vamos, a partir de agora, apresentar algumas dicas para você administrar suas finanças pessoais com êxito.

Conforme você verá, a maior parte dessas dicas é fácil de sere aplicada em seu cotidiano e, certamente, farão muita diferença para o resultado final de sua estratégia. Acompanhe:

Faça uso de ferramentas de controle

Quem nunca começou um planejamento das finanças pessoais e o abandonou que atire a primeira pedra! Pode parecer brincadeira, porém, a quantidade de pessoas que abandonam seus objetivos financeiros no meio do caminho é grande. Mas, por que isso acontece?

Em resumo, uma das grandes causas desse problema está relacionada ao uso de ferramentas de controle. Uma grande parte das pessoas ainda não percebeu o quanto essas ferramentas são importantes, e outra parcela não sabe como utilizá-las de maneira eficiente.

Os resultados disso você já conhece: a frustração de não conseguir organizar e planejar um orçamento pessoal e, assim, acreditar que essa é uma tarefa complexa demais para ser executada.

Aqueles que não sabem aproveitar as vantagens desses programas acreditam que a solução está em elaborar a melhor planilha ou comprar o melhor software do mundo, mas não! O sucesso depende de um comportamento adequado somado à ferramenta certa.

A boa notícia é que você não precisa gastar para encontrar boas ferramentas de controle e planejamento financeiro. Aplicativos para smartphones, como o Guia Bolso, Sr. Dinheiro e outros são gratuitos e podem auxiliá-lo com essa tarefa de administrar finanças pessoais no dia a dia.

Quite as suas dívidas

Ter dívidas não diz respeito, necessariamente, a um descontrole financeiro. Pelo contrário: a maioria das pessoas, de alguma maneira, possui dívidas. Afinal, financiar um carro ou a casa própria e utilizar cartão de crédito são situações comuns na vida de um brasileiro.

Entretanto, é preciso evitar que essas dívidas saiam de um patamar controlável e prejudique todo o seu orçamento familiar. Atrasar parcelas de financiamento e cartão de crédito, por exemplo, é sempre perigoso e pode lhe colocar em uma difícil situação.

Portanto, mantenha-se organizado e priorize a quitação de todas as suas dívidas. Além disso, é importante administrar finanças pessoais de maneira eficiente no dia a dia para evitar que uma situação de endividamento volte a ocorrer, prejudicando todo seu planejamento financeiro.

Aprenda a poupar regularmente

Após organizar seu orçamento e ajustá-lo aos seus sonhos, uma parcela de sua renda poderá ser poupada e destinada aos investimentos, iniciando, assim, o seu processo de formação de patrimônio.

Nesse sentido, se você for comprometido em formar um patrimônio, os juros compostos serão um aliado e impulsionarão esse processo.

Por meio de uma poupança mensal, é possível estabelecer um processo acelerado de acumulação. A regra é simples: você começa a poupar e o seu capital investido aumenta. Por sua vez, ele começa a render e a ampliar ainda mais os resultados.

Escolha bons investimentos

Tão importante quanto aprender a poupar é saber investir de maneira inteligente. Afinal, quem deseja acumular patrimônio não pode deixar suas economias paradas, e sim descobrir como colocar o dinheiro para trabalhar para você!

Dessa forma, é necessário que você estude um pouco sobre o tema, conheça o seu perfil de investidor e aposte em investimentos que lhe tragam bons rendimentos e estejam alinhados aos seus objetivos financeiros.

Por exemplo: a poupança, ainda muito utilizada pelos brasileiros, pode não ser a opção mais interessante para quem deseja acumular riqueza. Apesar do alto nível de segurança desse modelo, o rendimento é muito baixo. Além disso, existem investimentos igualmente seguros à poupança e que oferecem um rendimento mais satisfatório.

A dica é começar a estudar, pesquisar e se interessar mais por esse universo. Ao começar a ler sobre os diversos tipos de investimentos, com certeza você se sentirá mais seguro e preparado para se tornar um investidor de sucesso!

Conheça os maiores erros do controle financeiro

No tópico anterior foram apresentadas algumas dicas valiosas para conseguir administrar as finanças pessoais de maneira correta e, com isso, conseguir acumular um bom patrimônio.

No entanto, nem tudo são flores nesse caminho e algumas pessoas acabam adquirindo hábitos que prejudicam o alcance dessa meta. Para que você não caia nessa armadilha, confira alguns dos principais erros que uma pessoa pode cometer:

Não ter uma reserva financeira

O orçamento pessoal e familiar de todo indivíduo é composto por três tipos de despesas:

  • despesas fixas, como as contas de água e energia;
  • despesas variáveis, como os gastos com lazer;
  • despesas emergenciais.

Em relação a essa última categoria, é preciso ter cuidado. Grande parte das pessoas não possui o hábito de poupar e, portanto, não possui uma reserva financeira. Agora, imagine o tamanho do problema que isso pode gerar caso surja uma grande despesa emergencial.

Todos nós estamos sujeitos a doenças e imprevistos, como um acidente de trânsito, a perda do emprego e até a chegada de um filho de maneira não planejada. Para que esse tipo de situação não se transforme em dívidas, é essencial contar com uma boa reserva.

Nesse sentido, a dica é poupar mensalmente algo em torno de 10% e 20% de sua renda. Lembre-se que essas pequenas quantias mensais se tornarão uma segurança para você e sua família.

Não compartilhar a gestão financeira com familiares

Você é daqueles que centraliza toda a gestão das finanças de sua família em você? Então, comece a mudar esse hábito, já que isso deve ser responsabilidade de todos!

De modo geral, é importante assegurar que os membros da família participem desse processo e aprendam a importância de todas as atitudes e providências tomadas nesse processo.

Aliás, até mesmo as crianças podem participar desses momentos, aprendendo a gerir uma mesada e a poupar para adquirir algo que elas queiram. Isso é muito positivo e ajuda a formar adultos conscientes e mais familiarizados com a gestão do dinheiro e o hábito de administrar finanças pessoais.

Assim, por exemplo, se seu filho deseja comprar um celular novo, que tal incentivá-lo a poupar mensalmente parte de sua mesada e, assim, adquirir o bem com seus próprios esforços? Tenha certeza de que a educação financeira é o segredo para o sucesso pessoal.

Não entender e não acompanhar o fluxo do cartão de crédito

Quando o assunto é organização financeira, o cartão de crédito pode se tornar o seu maior inimigo. Isso porque é comum encontrarmos pessoas que utilizam tal crédito descontroladamente e comprometem grande parte de seu salário todos os meses.

Por isso, aprenda a observar o fluxo de seu cartão de crédito e acompanhar de perto a quitação das parcelas de cada compra. Lembre-se que a soma de pequenas quantias pode resultar em uma fatura difícil de ser quitada.

Ao longo desse conteúdo, foi possível perceber que administrar finanças pessoais é uma tarefa que exige muita dedicação. No entanto, é certo que todos esses esforços acabam resultando em uma vida mais tranquila e feliz.

Afinal, um indivíduo financeiramente estável é alguém que consegue realizar seus sonhos e viver uma vida confortável e menos estressante.

Para aprender mais sobre investimentos, mercado e finanças, você pode participar do treinamento online “O Investimento Perfeito”Clique aqui e saiba mais sobre o curso.

 

Gostou desse conteúdo? Quer acompanhar de perto todas as novidades do blog? Então não perca tempo e assine gratuitamente a nossa newsletter!

Autor

Equipe André Bona

Nosso site é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Comentários

  1. Carlos    

    Parabéns André. Conheci faz pouco tempo seu canal e virei fã. #PergunteaoBona Nesse conceito MoneyMaker, gostaria de seu conselho, pois me vi como o velhinho com o dinheiro na poupança, mas estou mantendo a calma e estudando, para tomar providências. Não sei se estarei vivo amanhã, como proteger a companheira que é alheia a mercado financeiro, verdadeira do lar ( que trabalha mais que qualquer um. rsrs ), nem perto do computador ela chega. Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *