Pesquisa com investidores feita pelo Blog de Valor

O Blog de Valor realizou um levantamento de dados sobre seu público.

No momento do levantamento, o Blog de Valor possuía 53.642 investidores cadastrados que recebem seu conteúdo semanalmente sobre finanças e investimentos gratuitamente por email.

Desse total, 7.252 investidores (13,51% do total) já informaram de maneira voluntária, em algum momento de sua interação com o Blog de Valor, a faixa total de investimentos financeiros que possui, compondo a amostragem inicial da pesquisa.

Levantando os dados da amostra, temos:

  • 168 (2,32%) declararam possuir mais de 1 milhão de reais em investimentos financeiros
  • 551 (7,60%) declararam possuir entre 300 mil e 1 milhão de reais em investimentos financeiros
  • 219 (16,80%) declararam possuir entre 100 mil e 300 mil reais em investimentos financeiros
  • 314 (73,28%) declararam possuir de 0 a 100 mil reais em investimentos financeiros

Pesquisa com público milionário

Ao longo de 2 meses (JAN e FEV de 2017), o Blog de Valor procurou aleatoriamente alguns leitores que se enquadravam no segmento milionário para uma coleta de informações um pouco mais detalhada. 31 desses investidores responderam a um questionário simples sobre o assunto no, período de 01 a 15 de março de 2017, sob condição de preservação de sua privacidade e sigilo individual.

As 8 perguntas feitas foram as seguintes:

  1. Qual é o seu sexo?
  1. Qual é a sua profissão/ocupação profissional?
  1. Qual o valor aproximado que o sr. (sra.) possui em investimentos financeiros?
  1. Qual valor aproximado que o sr. (sra.) possui em investimentos do tipo renda fixa (tesouro direto, CDBs, LCIs, LCAs, LCs, debêntures, CRIs, CRAs, etc)?
  1. Qual valor aproximado que o sr. (sra.) possui em investimentos em renda variável (ações)?
  1. Qual valor aproximado que o sr. (sra.) possui investido em fundos de investimentos?
  1. O Sr. (sra.) possui mais de um milhão de reais em investimentos financeiros. A que você atribui a formação do seu patrimônio?
  • Seu próprio trabalho
  • Participação em empreendimentos ou oportunidades de negócios
  • Herança
  • Mercado financeiro
  • Outras fontes
  1. Qual é o seu nível de interesse sobre investimentos e mercado financeiro?
  • Alto – acompanho informações diariamente sobre o mercado financeiro e busco compreender os cenários econômicos, os investimentos de maneira mais aprofundada e frequentemente realizo trocas de investimentos na intenção de obter maior retorno sempre que possível.
  • Médio – procuro me informar sobre cenário econômico, investimentos de maneira razoavelmente profunda, mas evito uma postura mais ativa e trocas frequentes nos meus investimentos
  • Baixo – não me interesso tanto pelos investimentos ou pelo mercado financeiro pois acho o assunto chato e/ou prefiro priorizar meu tempo em outras atividades pessoais e/ou profissionais. Procuro entender apenas o necessário para tomar as decisões em produtos e alocar de maneira razoável com baixo custo.

Resultado da pesquisa com milionários

Pergunta 1: Qual o seu sexo?

  • Masculino: 24 (77%)
  • Feminino: 7 (23%)

Pergunta 2: Qual sua profissão/ocupação profissional?

  • Empresário: 6 (19%)
  • Médico: 5 (16%)
  • Administrador: 5 (16%)
  • Engenheiro: 5 (16%)
  • Servidor público: 3 (10%)
  • Advogado: 2 (6%)
  • Analista de sistemas: 2 (6%)
  • Outros: 3 (10%)

Pergunta 3: Qual é o valor aproximado dos seus investimentos:

  • Dado consolidado aproximado dos 31 milionários: 99.900.000

Pergunta 4: Qual é o montante dos investimentos em renda fixa?

  • Dado consolidado aproximado dos 31 milionários: 64.000.000 (64%)

Pergunta 5: Qual é o montante dos investimentos em ações?

  • Dado consolidado aproximado dos 31 milionários: 12.000.000 (12%)

Pergunta 6: Qual é o montante dos investimentos em fundos de investimentos?

  • Dado consolidado aproximado dos 31 milionários: 23.900.000 (24%)

Pergunta 7: A que você atribui a sua formação de patrimônio?

  • Meu próprio trabalho: 12 (39%)
  • Participação em empreendimentos e/ou oportunidades de negócios: 12 (39%)
  • Herança: 7 (23%)
  • Mercado financeiro: 0 (0,00%)
  • Outras fontes: 0 (0,00%)

Pergunta 8: Qual seu nível de interesse sobre o mercado financeiro:

  • Alto: 5 (16%)
  • Médio: 3 (10%)
  • Baixo: 23 (74%)

Conclusões do levantamento com milionários

A informação mais importante que extraímos desse levantamento foi:

As pessoas que atingem o objetivo de ter mais de 1 milhão de reais, pelo menos, em investimentos não atingem esse patamar devido ao mercado financeiro. A acumulação de patrimônio se deu basicamente pela disciplina de poupar frequentemente parte da renda proveniente do trabalho ao longo dos anos, pelo envolvimento em atividades empreendedoras ou por meio de herança.

Essa informação permite ao investidor compreender que o mercado financeiro é uma forma de preservar o patrimônio que ele conquista em sua atividade produtiva e corrigi-lo acima da inflação, mas que não se observa o enriquecimento por meio do mercado financeiro.

Para um blog educacional como o nosso, isso é muito importante pois evita que pessoas que estejam dispostas a aprender sobre finanças e investimentos desenvolvam expectativas irreais quanto ao que pode ser obtido no mercado financeiro e não criem fantasias.

Esse levantamento pode ser entendido como uma amostra de toda a realidade de milionários?

Pelo levantamento feito, entendemos que esses números representam a realidade de grande parte dos investidores situados numa faixa patrimonial até 10 milhões. Quando falamos de fortunas maiores do que 20, 30 ou 50 milhões, o peso da herança na origem do patrimônio tende a ser maior.

Percebe-se que a formação de patrimônio está ao alcance de muitas pessoas, desde que cultivem o hábito frequente de poupar. Muitos pesquisados atribuíram a formação do seu patrimônio ao seu próprio trabalho, o que nesses casos, foi obtido também por conta de uma mão de obra bem qualificada prestado serviços de maior valor agregado, o que não deixa de ser uma forma de comportamento empreendedor também, já que constantemente investiram, não apenas no mercado financeiro, mas também em sua própria qualificação profissional.

Logo, é correto afirmar que a atitude empreendedora, sendo ela materializada por empreender de fato (criar ou participar de negócios) ou investir em qualificação e prestar serviços como alto valor agregado, sem dúvida é um caminho a ser seguido.

Mas tudo isso só é possível se houver um hábito frequente de poupar sempre que possível.

Essa realidade está relacionada também a formação de patrimônio dos homens e mulheres mais ricos do mundo?

Quando falamos de fortunas na casa de bilhões de reais, esse processo ocorre de maneira mais concentrada ao empreendedorismo de fato, que é a construção de empresas, e também às heranças. Nesses casos, chegar aos bilhões não se torna possível apenas para o trabalhador normal, empregado de empresa e seu processo de poupar. É preciso escalar esse crescimento e isso só pode ocorrer pela criação de negócios bem sucedidos. Mas na casa dos milionários sim, o hábito de poupar é um aliado importante nesse processo.

Para ilustrar, o site Infomoney publicou alguns anos atrás um retrato da origem da fortuna das 50 pessoas mais ricas do mundo, onde o que predomina é, sem dúvida, a formação acelerada de patrimônio por meio da criação de negócios.

6 dicas práticas para se tornar um milionário

  • Empreender é uma forma eficiente de se tornar milionário, apesar dos riscos envolvidos
  • Se você possui aversão ao risco de criar um negócio, então seja empreendedor com sua própria carreira e invista sempre em sua contínua qualificação profissional
  • Cultivar o hábito de poupar fará com que você chegue lá. 500,00 poupados durante 30 anos com uma rentabilidade na casa de 10% ao ano farão com que você alcance 1 milhão de reais de patrimônio
  • Nunca se esqueça de também aumentar seus aportes mensais corrigindo-os pela inflação (anualmente, por exemplo)
  • Não entenda o mercado financeiro como um instrumento de enriquecimento. O mercado financeiro servirá para preservar o seu patrimônio com qualidade
  • O mercado financeiro não substituirá sua capacidade de geração de patrimônio por meio de atividades profissionais e empreendedoras
.
Um grande abraço,
.
André Bona
.

Autor

André Bona

André Bona possui mais de 10 anos de experiência no mercado financeiro, tendo auxiliado milhares de investidores a investir melhor seus recursos e é o criador do Blog de Valor - site de educação financeira independente.

shadow

Posts relacionados

Comentários

  1. Bruno    

    Excelente informação! Obrigado

  2. diego    

    Muito obrigado pela informação! Agora sei onde devo focar meus esforços.

  3. Thiago    

    Interessante saber que 500,00 poupados durante 30 anos com uma rentabilidade na casa dos 10% ao ano farão que alcance 1 milhão de reais de patrimônio, mas onde consigo 10% com a inflação e o imposto de renda tão altos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *