Conteúdo produzido pela ABContent com exclusividade para o Portal André Bona

 

Já ouviu falar em softwares e aplicativos open source? Antigamente eles eram conhecidos apenas nas áreas de tecnologia da informação. Contudo, atualmente eles são bastante difundidos e utilizados por pessoas e empreendedores diariamente.

As empresas podem utilizar esses softwares e ter algumas vantagens, como atualizações mais constantes. Mas é preciso entender o que é o open source e como ele funciona para aproveitar todos os benefícios.

Neste artigo você aprenderá o que é um software open source e conhecerá alguns dos benefícios de contar com eles na rotina de sua empresa e no seu dia a dia.

Acompanhe a seguir!

O que é open source?

Antes de conhecer os softwares open source, é preciso saber como os aplicativos com modelo proprietário funcionam. Eles são aqueles programas em que o código fonte é de propriedade da empresa desenvolvedora.

Logo, ele só é visualizado e modificado pela própria empresa. É comum que os desenvolvedores cobrem por esses programas, por meio de uma licença de uso. Você com certeza já utilizou alguns desses softwares. Os mais famosos são o Windows e o Photoshop.

Open source pode ser traduzido livremente como código aberto. Esse termo se refere ao código fonte de determinado software que é “aberto” aos usuários e desenvolvedores. Assim, eles são adaptados a diversas finalidades, além de sofrerem constantes atualizações e modificações.

Esse sistema de distribuição e criação de software foi desenvolvido pelos fundadores da Open Source Iniciative (OSI). Entre eles está Eric Raymond, o primeiro a utilizar o termo em 1998 – em uma conferência sobre o assunto.

O objetivo, na época, era apresentar e divulgar softwares livres para as empresas. Então haveria redução de custos e menos discursos éticos e legais, pois não há cobrança de taxas.

A principal característica do open source é a possibilidade de que qualquer pessoa possa analisar e auditar o código fonte. Dessa maneira, desenvolvedores e interessados podem corrigir erros e bugs a qualquer momento.

Como esses softwares funcionam?

Para que um software seja considerado realmente open source é preciso seguir uma série de requisitos. Quem os define é a própria OSI. Que tal saber mais?

A seguir você conhecerá cada um deles. Acompanhe!

Código fonte e distribuição livre

O primeiro fator para se considerar um software como open source é a livre distribuição. Como você viu, a licença pode existir, mas ela não deve restringir o acesso gratuito. Logo, não é possível vender ou mesmo fazer permuta de softwares open source.

Além disso, o código fonte do programa também deve ser passível de distribuição, inclusive de forma compilada. Contudo, se o software for distribuído sem o código fonte, é fundamental que o desenvolvedor ofereça acesso a ele.

Permissão para modificações

Um ponto importante de um software open source é a permissão para a realização de modificações. Ademais, esses programas modificados também podem ser distribuídos sob a licença original.

No entanto, é possível que a licença requeira que, na distribuição dessa modificação, utilize-se ou nome ou versão do programa.

Não discriminação contra pessoas ou áreas de atuação

Um programa open source também não faz qualquer discriminação em relação a seus usuários. Assim, qualquer pessoa ou grupo pode utilizá-lo. Além disso, eles também devem ser permitidos a qualquer área de atuação da empresa ou cidadão.

Licença desvinculadas de produtos

A licença desvinculada de produtos significa que um software open source não é parte de outro programa. Logo, para que ele seja assim considerado, é preciso que todo o programa seja distribuído dessa forma.

Licença neutra a tecnologias

Outra consideração em relação à licença de um open source é a neutralidade em relação a tecnologias. Então, desenvolvedores e interessados utilizam interfaces, layouts e estilos sem restrições.

A licença não deve barrar a utilização de outras formas de tecnologia para que o software seja utilizado. Por isso, quem tem conhecimento no assunto utiliza diversas maneiras de modificar e adequar o código fonte.

Quais os benefícios de contar com eles?

Após conhecer o que são os softwares open source e como eles funcionam, é hora de saber suas vantagens. Tanto os empreendedores quanto outras pessoas aproveitam esses programas.

Confira a seguir alguns benefícios:

Economia

A principal vantagem de um software open source é a gratuidade. Como não há cobrança de licença de utilização, a empresa que utiliza os softwares open source economiza. No mundo do empreendedorismo isso significa que os recursos podem ser utilizados em outras áreas.

Segurança

A segurança também é uma vantagem de contar com programas open source. Como o código fonte é aberto e distribuído livremente, os usuários e interessados fazem modificações. A maioria delas tem a finalidade de corrigir falhas desse código e problemas de segurança.

Assim você terá atualizações mais frequentes e facilidade de resolver problemas do próprio software. Em programas proprietário, somente a empresa responsável lança essas atualizações, o que pode atrasar a correção.

Adequação à empresa

Um ponto forte relacionado ao mecanismo open source é a possibilidade de adequar o software às necessidades da sua empresa. Dessa maneira, poderá incluir rotinas e funcionalidades que são necessárias para o seu negócio.

Como o código é aberto, a área de TI o modifica para personalizar as opções e funcionamento. Então, se precisa de uma solução específica para um setor do empreendimento, é possível criá-la.

Transparência

A transparência também pode ser considerado um benefício muito interessante do open source. Como você já sabe, é possível visualizar e modificar todo o código fonte dos programas dessa categoria.

Dessa forma, o usuário consegue saber tudo o que o software faz, sem nenhuma funcionalidade escondida. Em tempos de preocupação com a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e direitos de clientes, isso é fundamental.

Agora você já sabe o que é open source e como ele funciona! Depois de entender essas vantagens, é fundamental procurar programas adequados ao seu empreendimento ou mesmo dia a dia. Assim poderá agilizar a rotina e reduzir custos e tempo.

Gostou do post? Então que tal conhecer algumas dicas para o seu negócio acessando o blog da ABContent? Lá você encontrará diversos artigos sobre o assunto!

Autor

Autor Convidado

Este artigo foi produzido por um autor parceiro e/ou convidado com a finalidade de compartilhar suas opiniões sobre temas diversos e contribuir com o site.

Posts relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *