*Este artigo foi produzido pelo GestãoClick com exclusividade para o Blog de Valor.

 

Ao iniciar um negócio muitos empreendedores se deixam levar pelas primeiras cifras das vendas, tudo é receita e lucro. Porém, essa não é a visão mais correta. Sua empresa deve começar atrelada a um planejamento financeiro adequada a realidade do empreendimento. Vamos ver como montar esse plano?

O planejamento financeiro empresarial norteia qualquer cartilha de empreendedores. Termos como “projeções”, “movimentação financeira”, “fluxo de caixa”, “crédito” não devem ser esquecidas em nenhum momento pelo bom empresário.

Vamos apresentar agora o passo a passa para criar seu planejamento financeiro, e atingir resultados satisfatórios com sua empresa.

1 – Verificar o potencial do empreendimento

Antes de gastar grandes somas num empreendimento é preciso levantar o seu potencial. Conhecer pontos como:

  • Mercado – é preciso saber se existe um público interessado em seus produtos ou serviços, se outras empresas já os oferecem e como atua a esta concorrência e o qual é o seu diferencial?
  • Fornecedores – saber onde buscar, e quais são os custos para receber matéria-prima para criar seu produto; é importante definir boas parcerias para isso;
  • Tempo de retorno – isso é fundamental, precisa conhecer qual é o tempo que se negócio precisa para começar a te dá lucros. Muitos negócios só dão retorno satisfatório depois de 1 ano, antes disto é apenas o período de capitalização da empresa.

2 – Realize projeções

Com as portas de sua empresa já abertas, é o momento de projetar o futuro. Sim. Mas, se engana que esse vislumbre do que vem pela frente é pura adivinhação. As projeções que vão se encaixando em planejamento financeiro empresarial são orientas pelas mudanças macroeconômicas. É de olho no resto do mundo que conseguirá sempre estar a frente dos concorrentes, por exemplo.

Atrelado a essa análise, vá atrás de saber o que se passa na cabeça de seus clientes. Realize pesquisas de opinião, procure comparar com outras regiões do país. E nunca tire o olho do mercado financeiro e das mudanças políticas. Dessa forma terá sempre material que servirá como base para entender o futuro do segmento que atua.

3 – Aplicação de suas análises

Depois de seguir a primeira e segunda etapa, o passo seguinte é agir. Começar a colocar em prática sua “teoria empresarial”. Então deve começar a elaborar metas financeiras, e dedicar tempo a ações que vão ajudar, por exemplo, a atingir a carência do tempo de retorno que falamos acima.

É preciso começar a distribuir responsabilidades a cada setor da empresa, para alcanças metas que ajudem a recuperar logo o dinheiro investido. E logo em seguida já começar novo cronograma que visará aumentar o faturamento, e assim por diante.

4 – Organização dos setores

Qualquer planejamento financeiro só dará certo a partir de uma estrutura de empresa organizada. O setor de vendas deve estar alinhado com o estoque, que deve repassar todas as informações de movimentação ao setor financeiro. É um ciclo que não para, e qualquer ponto solto compromete o giro.

Aqui sua empresa precisará adotar uma ferramenta que afaste a possibilidade de erros por falta de comunicação. Adotar um sistema de gestão empresarial é o caminho indicado para organizar os setores.

Um software que consiga controlar estoque, volume de vendas e entrada e saída de recursos. Além disso, o programa guardará informações de seus clientes e fornecedores.

5 – Investimentos contínuos

O planejamento financeiro empresarial  existe para colocar suas finanças em ordem, isto é fato. E o motivo de ter as contas em dia é investir para crescer mais. Esse é o espírito da “empresa infinita” (aquela que quer longos anos no mercado).

Investir continuamente será necessário para empresa seguir em frente. Muitos costumam dizer que “para crescer é preciso dever”. E de certa forma isso é verdadeiro, desde que esteja traçado em seu planejamento financeiro, com etapas bem definidas.

É preciso gastar em tecnologias, estrutura física, novos equipamentos, capacitação de pessoal para ter mais visibilidade, e logo aumentar os lucros. E quem não pensar nesse detalhe, é melhor nem seguir em frente.

Planejamento financeiro: o segredo de seu sucesso

O individuo que consegue ter controle de suas despesas pessoais, rapidamente consegue trocar de carro, investir num imóvel e realizar aquela viagem do sonho. Essa espécie de metáfora se adequa as empresas. Aquelas que se dedicam a sempre alinhar seu planejamento financeiro empresarial, certamente estão guiadas ao sucesso.

 

*O GestãoClick é um software de gestão empresarial online, que oferece aos empreendedores e administradores diversos recursos para gerenciamento do negócio, como o controle financeiro e de estoque, emissão de notas e boletos, entre outras ferramentas. O sistema de gestão é direcionado a pequenas e médias empresa.

Autor

Equipe André Bona

Nosso site é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *