As fintechs têm avançado ano após ano no Brasil. No início de 2017 havia mais de 240 destas empresas no mercado brasileiro. Muita gente, no entanto, ainda não conhece estas startups inovadoras, que chegam ao mercado para solucionar problemas e oferecer serviços de alta tecnologia comuns ao setor bancário de maneira eficientes e menos burocrática.

E foi pensando nisso que o Blog de Valor decidiu produzir uma série inédita sobre fintechs. Hoje você vai conhecer o perfil de mais uma destas startups, que têm facilitado a vida do consumidor e resolvido suas dores no segmento dos serviços que, até pouco tempo atrás, eram oferecidos exclusivamente por grandes instituições bancárias.

Saiba um pouco mais sobre a fintech Agillitas Soluções de Pagamentos, que oferece produtos e serviços inovadores de pagamento para pessoas físicas e jurídicas.

Raio-X: Agillitas Soluções de Pagamentos

A Agillitas Soluções de Pagamentos Ltda foi constituída em 2011, derivada da área de cartões do Banco Rendimento S.A. A fintech, especialista em soluções de pagamentos inovadoras, se estabeleceu no mercado para atender às necessidades de pessoas físicas e jurídicas no que se refere aos sistemas de pagamento de remessas internacionais e plataformas de cartões pré-pagos.

De acordo com o CEO da Agillitas, Roger Ades – que esteve à frente de diversas inovações dentro do Grupo Rendimento ao longo de 15 anos, o principal objetivo da Agillitas sempre foi oferecer produtos e serviços de qualidade aos clientes brasileiros.

E foi justamente a especialização e agilidade da empresa que a tornaram pioneira no lançamento de diversos produtos e serviços no mercado nacional, como o cartão pré-pago VISA TravelMoney, Gift Cards, o Sistema de Gerenciamento de Despesas em Cartões Pré-Pagos para Pessoas Jurídicas, entre outros.

A solução do problema

Por meio de seus produtos e serviços, a Agillitas resolve a dor de muitas pessoas e empresas. Para as pessoas físicas, os principais destaques da fintech ficam por conta da emissão de cartões pré-pagos, que são carregados em moeda estrangeira e podem ser utilizados em viagens internacionais, e dos produtos que permitem o controle de pagamentos no dia a dia, como o pagamento da mesadas dos filhos via cartão, por exemplo.

Já para pessoa jurídica, a Agillitas oferece serviços e produtos que simplificam o processo de gestão de pequenas despesas, além de facilitar o processo de reembolso e pagamento de temporários.

Segundo Ades, a empresa também disponibiliza APIs (aplicativos e/ou plataformas) que permitem a criação de carteiras digitais e o controle e gestão financeira de seus clientes jurídicos. “Com estas APIs é possível abrir contas de pagamento, emitir cartões pré-pagos, pagar contas de consumo, e muito mais”, explica o CEO da empresa.

O cenário atual

Apesar de ter sido constituída há apenas 6 anos, a Agillitas conta com mais de 15 anos de experiência do Banco Rendimento no segmento de soluções de pagamentos e cartões pré-pagos. De acordo com Ades, a Agillitas é uma das maiores emissoras de cartões pré-pagos do Brasil, mantendo-se como pioneira no lançamento de diversos produtos no mercado nacional.

Atualmente, a Agillitas possui um portfólio de mais de 3 mil empresas clientes e acumula a impressionante marca de 3 milhões de cartões emitidos e R$ 2 bilhões em volume de cargas de moeda em seus cartões.

Mesmo estando no mercado há bastante tempo, a Agillitas ainda possui desafios à frente. O maior deles, segundo Roger Ades, são os custos de saques que as redes cobram dos cartões de crédito emitidos pela empresa – um custo a mais para o cliente. “Estamos trabalhando para ter alternativas mais baratas e eficientes neste sentido”, disse.

Projeções para o futuro

Já consolidada no mercado nacional, as projeções da Agillitas para o futuro são bastante positivas. De acordo com o CEO da empresa, a meta é focar no crescimento e dobrar o volume de transações da fintech nos próximos dois anos.

Serviço:

Agillitas Soluções de Pagamentos

Site: www.agillitas.com.br/

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *