Com a revolução digital, a tecnologia possibilitou uma mudança de paradigmas em vários setores da economia. Alterou também o modo como se realiza a compra e venda de bens de alto custo, como aqueles em negociação no mercado imobiliário.

Afinal, assim como nos demais segmentos existentes no mundo, o segmento de imóveis teve de se reinventar para manter sua dinâmica de crescimento junto à tecnologia, de modo a acompanhar o impulso do desenvolvimento das pequenas e das grandes cidades.

Hoje, por exemplo, uma pessoa busca por lotes para investir, por exemplo, mesmo se estiver no Japão ou na Inglaterra, poderá facilmente fazer sua busca simplesmente inserindo algumas palavras-chave na internet. Mas quais são as tendências para o mercado imobiliário na era digital a partir de agora? É o que você confere no artigo de hoje!

A evolução do mercado imobiliário

Incorporadoras, empresas de anúncio de imóveis, corretores e imobiliárias que desejam se manter em um ritmo de crescimento e de relacionamento adequado para atender às necessidades e exigências dos seus clientes precisam se expor à tecnologia e aos modelos de tendências de mercado.

Imagine, por exemplo, uma empresa deste ou de outro setor que não investe em sua presença online, por meio de um site, redes sociais ou blog. Certamente, ela estará cada vez mais distante do seu público e do sucesso que poderia alcançar, não é mesmo?

Muitos agentes do mercado imobiliário, nos dias atuais, já compreenderam esta necessidade. Mas nem sempre foi assim.

O setor no passado

Até o surgimento da internet, o modelo de anunciar imóveis era bastante artesanal. Funcionava de uma maneira bastante rudimentar: os principais canais de anúncio eram os jornais, as rádios e as revistas até o início da década passada.

Quem buscava encontrar alguma casa ou apartamento para compra e/ou locação, por exemplo, nem sempre conseguia ter acesso rápido aos imóveis disponíveis no mercado. Além disso, as descrições de anúncio de imóveis continham breves informações sobre o item anunciado e nem sempre havia fotografias.

De maneira particular, esse sistema perdurou por décadas. Até o final dos anos 90, os cadernos de domingo eram repletos de anúncios, uma vez que possuíam maior tiragem e possibilidade de alcance.

As novas tendências para o mercado imobiliário

Os clientes que desejavam informações mais precisas sobre um imóvel precisavam ter muita paciência e contar com a sorte de encontrar um bom corretor que fosse capaz de encontrar um imóvel adequado às suas necessidades. O surgimento da internet, no entanto, fez esse cenário todo mudar.

Hoje, um usuário tem ao alcance dos dedos milhares de oportunidades de compra e venda de imóveis. Tem ainda a possibilidade de fazer anúncios e/ou pesquisar portais de imobiliárias para inserir seu bem e vendê-lo a outro consumidor. sem ao menos precisar da intermediação.

Pode-se inserir fotos, descritivos e até mesmo vídeos do local em poucos segundos, permitindo a quem busca por um imóvel saber detalhas sobre o imóvel antes de fazer contato ou pensar em fechar negócio.

Facilidades que a tecnologia incorporou ao setor

Se antes era preciso esperar dias para encontrar, receber informações completas sobre o imóvel e dar seguimento às visitas e negociações, com os desenvolvimento dos portais direcionados ao setor foi possível ao cliente receber respostas imediatas à sua busca.

Para os corretores, isso representou mais trabalho e possibilidade de ganho. E passou a ser possível atender aos clientes em qualquer parte do mundo, que poderiam manifestar interesse por um anúncio durante uma viagem ou na volta do trabalho.

Para o consumidor, o ganho foi em facilidade e maior segurança nas negociações.

Foco no cliente e em soluções digitais

Hoje, é praticamente impossível imaginar um anunciante publicando uma oferta sem fotos ou ocultando detalhes sobre o imóvel. Tudo é mais simples, fácil, transparente e menos burocrático.

Para o futuro, a tendência é que a internet se consolide como o único meio de divulgação de imóveis. E é perfeitamente possível também dizer que existe demanda para todas estas ofertas. Afinal, os consumidores buscam, cada vez mais, facilidade e oportunidade para concretização de negócios a partir do ambiente online.

Se você atua no setor imobiliário, saiba que não dar a devida atenção às ferramentas online para impulsionar seu negócio é um erro. Se, no entanto, você é um consumidor que pretende comprar um imóvel no futuro, saiba que são muitas as oportunidades online disponíveis para você conhecer.

Conclusão

As evoluções do setor imobiliário para adequação a um mundo cada vez mais digital facilitou a vida de anunciantes e também de quem procura por um imóvel. O mercado, por sua vez, ganhou em velocidade, escala, segurança e eficiência na hora de alcançar seu público alvo e fechar negócio.

Portanto, reconhecer que estamos num momento de oportunidades é ideal para investir em tecnologia e melhorar as interfaces digitais. Para os consumidores, é o momento de se manter atento ao mercado e saber reconhecer as oportunidades que podem surgir para compra de imóveis a partir de agora!

E você, já sentiu esta diferença entre o mercado imobiliário de hoje e do passado? Deixe seu comentário!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *