*Este artigo foi produzido pelo bxblue com exclusividade para o Portal André Bona.

 

Muitos serviços financeiros já estão disponíveis online. E isso não é exclusividade apenas dos grandes bancos ou de instituições financeiras.

As chamadas fintechs estão ganhando cada vez mais espaço no mercado. E quem ganha com isso são os consumidores!

Conheça agora alguns desses serviços financeiros que você pode solicitar online ou utilizar em aplicativos.

8 serviços financeiros online que podem lhe ajudar

Além dos serviços mais convencionais disponíveis pelos bancos como abertura de contas ou ainda transferências bancárias, hoje existem outras opções tanto para o dia a dia, quanto para tarefas mais específicas. Confira!

1 – Empréstimos online

Se engana quem ainda pensa que precisa ir até um banco ou financeira para solicitar um empréstimo. Uma tarefa antes bem burocrática e demorada, agora pode ser realizada online, em poucos minutos.

E mais! Além de poupar tempo durante o processo, fazer um empréstimo online pode ser garantia de melhor negócio. Isso porque alguns serviços permitem comparar ofertas de crédito em mais de um banco, com uma única simulação. Ou seja, ainda mais praticidade para quem precisa de dinheiro extra e quer pagar mais barato.

Vantagens: comparação de crédito ou contratação 100% digital;

Desvantagens: algumas linhas de crédito estão disponíveis apenas para correntistas. O único que foge à regra é o empréstimo consignado.

2 – Investimentos

Desde a compra de ações até o gerenciamento de carteiras de investimento por conta própria. Tudo pode ser feito online e de forma muito fácil. E para isso, muitas vezes, não é necessário nenhum conhecimento prévio.

Inclusive, no início é possível começar investindo muito pouco. Em outras palavras, qualquer pessoa pode ter um investimento, mesmo que não tenha muito dinheiro.

Aproveite para saber sobre a próxima turma do curso O Investimento Perfeito.

Vantagens: já existem várias soluções que levam em consideração fatores como riscos, rentabilidade, liquidez e diversificação;

Desvantagens: os retornos no curto prazo não costumam ser tão significativos. Assim, é necessário deixar o valor investido por mais tempo, para que possa render mais. Por esse motivo, é indicado para quem não pensa em resgatar o principal ou rendimento em pouco tempo.

3 – Controle financeiro pessoal ou empresarial

Qualquer pessoa pode controlar suas finanças pessoais ou da empresa, a partir de um sistema online ou de um aplicativo, em seu celular.

Os papéis dão lugar a arquivos digitais que são armazenados em nuvem. Assim, as contas bancárias, os ganhos dos investimentos e as despesas podem ser consultados e gerenciados online, em uma única plataforma.

Vantagens: maior visibilidade financeira;

Desvantagens: nem todos os recursos funcionam offline demandando, portanto, conexão com a internet;

4 – Compra de câmbio ou transferência de dinheiro para o exterior

Quem vai viajar para o exterior pode comprar moeda local no destino ou adquirir e levar moeda estrangeira, já no embarque. Tanto na primeira, quanto na segunda opção, toda negociação e compra podem ser realizadas online, por você mesmo.

O dinheiro pode ser transferido direto para uma conta de preferência, sem muita burocracia.

Vantagens: sem a intermediação e sem oneração de taxas de IOF, o dinheiro fica mais barato;

Desvantagens: é preciso acompanhar as cotações diárias ou selecionar um serviço que disponibiliza essa alternativa, para facilitar a reserva;

5 – Negociação de dívidas

Quem está endividado também pode recorrer a negociação online do seu débito. Diversas startups já disponibilizam acordos online, sendo um canal efetivo de comunicação e de resolução de problemas, junto ao credor.

Quer sair das dívidas? Você não precisa ficar mais pendurado na linha telefônica, esperando para ser atendido. Tenha acesso aos valores abertos e faça sua contraproposta para pagar, em poucos cliques.

Vantagens: autonomia na negociação e seleção de condições mais flexíveis e que caibam no bolso;

Desvantagens: as taxas cobradas podem considerar também o valor do serviço de intermediação, pago pelo pelo devedor. Em outros casos, o valor é pago direto à empresa prestadora de serviço pelo próprio credor.

6 – Controle da fatura do cartão de crédito

Quem nunca quis aumentar o limite do seu cartão de crédito sem ter que falar com o gerente do seu banco? Esse é um dos serviços financeiros mais utilizados nos bancos que já têm esse serviço disponível.

Com acesso facilitado e cada vez mais interativo além de gerenciar os gastos e ajustar os limites, todos os serviços complementares estão na tela do computador ou dos aplicativos.

Vantagens: controle e planejamento financeiro e mais autonomia para gerenciar seu dinheiro;

Desvantagens: assim como no caso offline, o aumento do limite pode passar por nova avaliação de crédito.

7 –  Contratação de Seguros

Seguros pessoais, do carro, da residência e até mesmo os empresariais. Com base em algumas informações, os planos mais recomendados são indicados. É possível inclusive, comparar propostas entre as seguradoras.

As vistorias também podem ser realizadas por outras empresas parceiras. Todo agendamento e acompanhamento do processo é feito online.

Vantagens: maior rapidez para cobertura do seguro e, geralmente, os planos são mais baratos;

Desvantagens: algumas empresas podem exigir a visita de um vistoriador, especialmente se o seguro for patrimonial e o valor do bem for maior.

8 – Funding

Empreendedores que estão em busca de investimento ou financiamento coletivo também podem utilizar os serviços financeiros online. Sim, hoje já é possível divulgar projetos e captar recursos pela internet. Algumas modalidades bem comuns são: crowdfunding e P2P lending.

No primeiro exemplo, várias pessoas ajudam a financiar um projeto. Já no segundo, uma ou mais pessoas emprestam dinheiro para outra, sem intermediação de de um banco.

Vantagens: mais facilidade e menos burocracia na contratação ou captação do recurso;

Desvantagens: no caso dos empréstimos P2P, o valor aprovado pode ser menor em função do risco da operação.

Aproveite para conferir essas três dicas para se prevenir e não cair em golpes online.

3 dicas para não cair em golpes online

Um dos pontos em que é necessário ficar atento ao contratar serviços online é a questão de segurança. Para evitar problemas e prejuízos financeiros, neste sentido, vale a pena seguir essas dicas básicas:

1 – Verifique se a empresa realmente existe

Criar um site e ter visibilidade na internet é muito fácil. Esse é um dos motivos que leva os golpistas a investirem na internet.

Então, antes de fechar qualquer negócio online confira se a empresa realmente existe, consulte o seu CNPJ, procure a opinião de quem já contratou os serviços antes. Todos os prestadores de serviços financeiros idôneos devem ser devidamente identificados.

Além disso, até mesmo os chamados correspondentes bancários, por exemplo, precisam ter autorização para prestação desse tipo de serviço.

2 – Suspeite da cobrança antecipada para liberação de crédito

Um dos golpes comuns aplicados em quem está procurando dinheiro extra é a cobrança de taxas ou depósitos antecipados. A falsa promessa de análise de crédito ou liberação de dinheiro mais rápida e sem burocracia, pode na verdade ser um golpe.

Se você está precisando de dinheiro, não faz sentido ter que pagar para garantir o crédito. Então, se necessitar de um financiamento ou empréstimo, recorra às instituições financeiras conhecidas (ou aos parceiros e correspondentes indicados).

3 – Proteja seus dados

Ao inserir suas informações em cadastros ou simulações, verifique se o site é seguro. Uma das recomendações dos especialistas em segurança, é confirmar se há um cadeado na barra de endereços.

Esse símbolo indica que as informações que você envia ao site ou recebe dele são particulares e protegidos. Ainda assim, não verifique também o endereço que consta na URL. Ao desconfiar de alguma informação, identidade visual ou ainda das informações solicitadas, procure mais informações sobre a empresa antes de iniciar ou concluir seu cadastro.

Use a tecnologia a seu favor! Aproveite para pesquisar mais sobre os temas comentados por aqui.

E aí, que outros serviços financeiros online você utiliza? Conte pra gente!

 

Autor

Danielle Vieira

Apaixonada por marketing, descobriu os números e finanças ao longo do caminho e decidiu ajudar as pessoas através da educação financeira. Hoje faz isso atuando no marketing da bxblue, fintech acelerada pela Y Combinator e escrevendo em alguns portais.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *