Tônica da Semana: Um Evento Essa Semana Pode Mudar o Rumo do Ibovespa!

Estou na Dinamarca a passeio e também a trabalho então serei breve….mas aproveito para chamar atenção que nessa viagem fora do país tenho estudado algumas empresas…semana passada postei sobre o Manchester United (MANU) que tem ADR’s negociadas nos EUA. Essa semana vou falar da Nova Nordisk (NVO) a 6ª maior empresa dinamarquesa, mas que é maior que Petrobras e tem ADR’s nos EUA.

Bom mas vamos lá…Como diz o funk:

“eu so quero é ser feliz … investir tranquilamente no Ibovespa eu quero sim…e poder me orgulhar de alcançar um retorno que ninguém pode me dar”

Tá…. não ficou das melhores até porque funk não é meu forte…mas como diz a música “depois da tempestade agora eu quero a bonança”  semana que passou foi ainda contaminada com o terror e caos instalado na Turquia…. como comentei na última tônica (“o que acontece na Turquia fica na Turquia”os mercados são conectados e infelizmente existe o maldito contágio. Não por acaso o índice de volatilidade calculado pelo JP Morgan para países emergentes fez spike:

Mas internamente nosso ajuste se deu muito mais no câmbio….assim como aconteceu em vários outros países essa semana que passou.

A correlação da Lira com as outras moedas foi pras nuvens nos últimos dias:

Na bolsa eu diria que a correção foi bem tranquila em comparação a média de mercados emergentes nossa bolsa parece ter se segurado bem em 2018.

No mercado lá fora tivemos uma semana onde o S&P se recuperou marginalmente….a treasurie se estabilizou ….o VIX acalmou….único que destoou um pouco foi o ouro subindo, mas é recuperação das quedas a meu ver. Sigo achando o ouro um bom hedge.

Mas algumas coisas me deixam otimista … ou melhor … esperançoso para essa semana que se inicia. 

  • Turquia. Angela Merkel e o Quatar ofereceram ajuda aos Turcos, então pelo menos aparentemente as coisas parecem se acomodar por lá…além disso, temos feriado na Turquia e os mercados ficarão fechados durante a maior parte da semana para o Eid al-Adha!

EUA e China negociam trégua. Uma delegação de 9 membros de Pequim, liderada pelo vice-ministro do Comércio participará de reuniões com autoridades norte-americanas lideradas pelo subsecretário do Tesouro em Washington, na quarta e quinta-feira. As negociações comerciais de escalão mais baixo oferecem aos mercados financeiros um vislumbre de esperança de que as duas maiores economias do mundo possam acabar com as tensões comerciais. Negociadores chineses e norte-americanos estão trabalhando em um plano para manter as negociações para encerrar uma disputa comercial que resultaria em reuniões entre o presidente Donald Trump e o líder chinês Xi Jinping em uma cúpula em novembro, informou o Wall Street Journal na…[…]

 

Leia o texto na íntegra no blog BUGG – Análises Econômicas e de Investimentos, de William Castro Alves.

Autor

William Castro Alves

Economista pela UFRGS, iniciou sua carreira em 2004 na Solidus Corretora, tendo passado pelo Koliver Merchant Bank e Banco Alfa. Atuou como analista de Investimento na XP e responsável pelas gestão das Carteiras Recomendadas.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *