O Covid-19 modificou muito a forma de trabalho ao redor do mundo. O modelo de trabalho híbrido, por exemplo, não é novo. Mas, com a pandemia do novo Coronavírus, ganhou notoriedade e começou a ser adotado em diversas companhias.

Assim, diversas pessoas passaram a adotar um espaço em casa para se tornar uma extensão da empresa na qual trabalham.

Apesar de se intensificar diante de uma emergência sanitária, ao que tudo indica, o trabalho híbrido deverá se manter no mercado brasileiro a partir de agora. Mas, você sabe como ele funciona?

Acompanhe a leitura do artigo, entenda esse formato de trabalho e veja quais são suas principais vantagens!

O que é trabalho híbrido?

O trabalho híbrido é um sistema no qual se alterna entre dias na companhia e dias no home office. Ou seja, ele é um misto entre trabalho presencial e trabalho remoto.

Existe uma certa resistência por parte de muitos gestores, inclusive de companhias mais inovadoras, em relação ao trabalho remoto. Muitos acreditam que esse modelo não é eficaz, principalmente pela impossibilidade de visualizar o que cada um faz e pela pouca interação.

No entanto, muitos descobriram que essa forma de labor é muito eficiente, se bem planejada e executada. Da mesma forma, o modelo híbrido também agradou muitos e se demonstrou efetivo para diversos lugares.

Sendo assim, muitos líderes chegaram à conclusão de que o meio-termo pode ser vantajoso para ambas as partes e passaram a implementar o trabalho híbrido.

Como a lei trabalhista lida com esse modelo de trabalho?

O modelo híbrido não é regulamentado por nenhuma legislação. No entanto, o trabalho presencial e o teletrabalho são duas modalidades previstas em lei. Logo, existe uma série de recomendações.

Muitas companhias criaram políticas internas em relação ao tema e passaram a observar as regras ora pertencentes ao trabalho remoto, ora mesclando com a legislação referente à prestação de serviço presencial do regime CLT.

Devido à inexistência de uma lei específica, profissionais da área jurídica aconselham que a empresa e os funcionários dialoguem para chegar a um acordo que não prejudique nenhum dos lados.

Por que o trabalho híbrido pode ser uma tendência?

A tecnologia avançou muito e se tornou essencial no mundo corporativo. Inclusive, diversas atividades e cargos poderiam ser executados de maneira totalmente online, sem a necessidade da presença do colaborador na empresa.

Essa evolução permitiu que as pessoas pudessem fazer muito com apenas poucas ferramentas, como laptop e um celular, por exemplo. Isso gerou mais autonomia e, atualmente, já é totalmente possível produzir mais em menos tempo.

Além disso, cresceu o número de pessoas que preferem ter essa liberdade de locomoção e horário.

Assim, a previsão é que o futuro tenha ambientes de trabalho muito mais flexíveis, que seja capaz de atender às necessidades de todos os colaboradores, oferecendo-lhes uma experiência muito mais gratificante. Dessa forma, poderão se sentir mais felizes, produtivos e trazer melhores retornos à empresa.

O que as pesquisas dizem

Conforme pesquisa realizada pelo Centro de Economia Política da Universidade de Stanford, 55% dos trabalhadores americanos preferem o modelo híbrido.

O Chartered Institute of Personnel and Development descobriu que no Reino Unido, a expectativa é que o número de trabalhadores remotos salte de 18% para 37% mesmo no pós-pandemia.

O Instituto Great Place to Work da China acredita que, em 10 anos, a divisão do trabalho será em torno de 60% para o presencial e 40% para o remoto.

Importante notar que, apesar de o trabalho híbrido agradar, pesquisas demonstram que a preferência pela modalidade 100% remota é ainda maior. O estudo Tendências de Marketing e Tecnologia 2020 prevê crescimento de 30% no modelo home office no Brasil após a pandemia.

As mudanças apontam que os trabalhadores desejam realizar suas atividades em casa nos 5 dias da semana. Isso porque perceberam que esse modelo melhora a produtividade e aumenta a qualidade de vida.

Quais os benefícios do trabalho híbrido?

Agora você já sabe o que é e como funciona o trabalho híbrido. Mas quais as suas vantagens?

Esse modelo pode agradar tanto aqueles que preferem exercer suas funções em casa quanto os que gostam de estarem presentes no local. Como você viu, a alternância entre os dois pode melhorar a produtividade da equipe e evitar uma rotina rígida – que pode ser inimiga da criatividade.

Confira abaixo outras vantagens do modelo híbrido!

Reduz atrasos

Nas rotinas presenciais, existe risco de atrasos e estresses ocasionados pelo trânsito, transporte público precário, dentre outros exemplos. Trabalhadores que enfrentam o horário de pico podem se atrasar ainda com mais frequência do que os outros.

Esses imprevistos podem ser eliminados quando o colaborador trabalha em casa. Assim, esses problemas não afetam seu humor e ambas as partes ganham.

Aumenta a autonomia

Ouve-se muito sobre a liderança horizontal, que oferece mais autonomia aos colaboradores. Esse modelo de hierarquia prevê uma autoridade mais dispersa entre as pessoas de uma equipe, deixando-as tomarem decisões por si.

O trabalho híbrido exigirá muito mais esse tipo de gestão, que tende a ser mais colaborativa e trazer bons resultados.

Otimiza o trabalho

No modelo híbrido, a utilização da tecnologia deve ser bem pensada e será muito mais frequente para fazer com que tudo seja feito nos devidos prazos.

Quando realizado de maneira planejada, a empresa consegue tornar seus processos muito mais eficientes e dinâmicos. Essa otimização faz com que a equipe trabalhe melhor. Assim, sentem-se mais confiantes e satisfeitos com seu desenvolvimento profissional, elevando a motivação e melhorando o clima organizacional.

Melhora a produtividade

Trabalhar presencialmente nem sempre é produtivo. O ambiente empresarial pode ser estressante, ter muitas interrupções, tempo perdido, reuniões que poderiam ter sido evitadas, discussões, conversas fora de horário, etc.

O trabalho remoto pode aumentar a concentração e permitir produzir mais em menos tempo.

Reduz custos

O trabalho presencial exige mais gastos que o trabalho híbrido e muito mais que o remoto. Despesas com alimentação, transporte, energia, internet, materiais de trabalho e diversos utensílios são alguns exemplos que podem ser reduzidos ou eliminados quando parte das funções são feitas no home office.

Melhora a gestão de tempo

As horas utilizadas para ir e voltar do trabalho não existem no modelo remoto – e são menores no modelo de trabalho híbrido. Como consequência, há economia de tempo quando as funções (ou parte delas) são exercidas em casa. E a gestão de tempo é beneficiada.

Como você viu, o trabalho híbrido pode ser vantajoso para empresas e costuma agradar grande parte dos colaboradores. Para isso, basta realizar um planejamento, alinhamento junto à equipe e adaptações necessárias. Assim, as chances de sucesso neste novo formato de trabalho serão muito maiores!

E você, gostaria de trabalhar em um formato de trabalho híbrido? Deixe seu comentário!

Aproveite e descubra também quais são os 6 negócios que crescem independentemente de crises!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *