O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) divulgou, na manhã desta sexta-feira (18), uma lista com os 50 maiores tomadores de recursos do banco dos últimos 15 anos, além de informações sobre as operações entre a instituição e seus maiores clientes. No topo da lista estão Petrobras e Embraer.

De acordo com os dados divulgados pelo BNDES, Os cinco maiores tomadores de recursos da instituição atualmente são Petrobras, Embraer, Norte Energia, Vale e a Construtora Odebrecht – que ganhou notoriedade após vir a público o pagamento de propinas e corrupção envolvendo a construtora, políticos e a Petrobras, até hoje investigados pela Operação Lava Jato. Os números divulgados apontam as cinco empresas como maiores clientes do banco estatal desde 2004.

Nos últimos 15 anos, ainda segundo as informações do próprio BNDES, a Odebrecht tomou um total de R$ 18 bilhões em empréstimos. No mesmo período, a Petrobras captou R$ 62,42 bilhões via BNDES.

Fazem parte da lista dos 50 maiores clientes do BNDES atualmente a TIM S.A, Telefônica Brasil, Oi S.A – todas do segmento de telefonia, Fibria, Klabin, Suzano Papel e Celulose – que fazem parte do setor de celulose, entre outras empresas e estados – como o estado de São Paulo e o Rio de Janeiro. Chamam atenção no ranking também as estatais Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Eletrobras.

Os maiores dos últimos três anos

De acordo com os dados do BNDES, cinco empresas se destacaram nos últimos três anos como maiores tomadoras de empréstimo do banco. Entre 2016 e 2018, a Embraer foi a companhia que mais recebeu dinheiro do banco estatal.

Xingu Rio Transmissora de Energia, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul, Fibria Celulose e Belo Monte Transmissora de Energia completam a lista das cinco maiores tomadoras de empréstimo do BNDES nos últimos três anos.

Clique aqui e confira a lista completa dos 50 maiores clientes do BNDES e conheça o montante concedido a cada um destes clientes ao longo dos últimos 15 anos.

Dados “mais acessíveis”

Segundo o BNDES, os dados já estavam disponíveis para consulta no site do banco, mas as informações eram divulgadas de maneira desorganizada e fragmentada – dificultando o acesso e consulta. O objetivo da mudança, ainda de acordo com o banco, seria “tornar a navegação mais amigável e acessível” ao cidadão.

“A disponibilização da lista, com acesso a um grande número de detalhes de cada operação, é parte do esforço de transparência que o Banco tem feito e que deve ser a marca das suas ações sempre”, disse o banco em nota.

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Receba gratuitamente d

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *