A Previdência Privada é uma alternativa de aposentadoria independente e complementar ao Instituto Nacional de Seguro Social (INSS). É uma forma de garantir que o titular ou os beneficiários vão ter uma renda no futuro. 

Para investir em Previdência Privada, basta escolher o plano de acordo com os seus objetivos e fazer as contribuições pelo tempo definido. Depois, o saque pode ser solicitado na forma de renda mensal ou total. 

O assunto é amplamente discutido na internet. Mas será que tudo o que você sabe sobre a Previdência Privada é verdade? Continue a leitura e descubra 8 mitos e verdades sobre o tema! 

1. Existe apenas um tipo de plano de Previdência Privada 

Mito. Na verdade, existem dois tipos de Previdência Privada: o Plano Gerador de Benefícios Livre (PGBL) e o Vida Gerador de Benefícios Livre (VGBL). Não é possível mudar de plano. Por isso, é fundamental conhecer as opções para escolher a opção certa para você. 

No primeiro caso, quem faz a declaração de Imposto de Renda (IR) completa pode abater até 12% da renda bruta anual na hora de acertar as contas com o Leão. No momento do saque, a cobrança do imposto acontece sobre o valor total da aplicação. 

Por outro lado, o VGBL é mais adequado para quem é isento do IR ou faz a declaração simplificada. Apesar de não ter o benefício da dedução de até 12% da base de cálculo, o imposto incide apenas sobre os rendimentos no momento da retirada. É possível, inclusive, ter os dois planos se você desejar. 

2. Imposto de Renda é pago apenas no fim da contribuição 

Essa afirmação é uma das verdades da Previdência Privada. A tributação ocorre apenas no início do recebimento da renda ou do resgate. Além disso, é possível escolher entre pagar o Imposto de Renda por meio da tributação regressiva ou progressiva. 

Se você pretende fazer um investimento para aposentadoria e manter o montante aplicado com foco no longo prazo, a opção regressiva é ideal. Nesse caso, a alíquota varia de 35% nos dois primeiros anos a 10% para quem mantém a aplicação por mais de dez anos. 

Na modalidade progressiva, a alíquota se relaciona com os valores recebidos, de acordo com a faixa de IR – assim como ocorre com a tributação do salário, por exemplo. 

3. Quanto antes começar a investir em Previdência Privada, melhor 

Verdade. Sabia que é possível começar a sua Previdência Privada em qualquer momento da vida? Por isso, a partir do dia que você tiver uma renda, pode começar a fazer esse investimento. 

Quanto antes isso ocorrer, mais tempo você terá para acumular patrimônio e mais o seu dinheiro vai render, de forma que a sua renda no futuro será ainda mais satisfatória. Além disso, não existe idade mínima para começar a receber a aposentadoria. 

Quem demora a investir precisa fazer aportes maiores para concentrar um bom valor. Outra vantagem é que, quanto mais tempo o seu dinheiro ficar investido em Previdência, menor poderá ser o imposto pago – caso você opte pela modalidade regressiva. 

4. O valor não pode ser resgatado antes do vencimento 

Mito. Na verdade, tanto o valor total quanto parcial pode ser solicitado a qualquer momento — inclusive no fim da aplicação. Mas tenha atenção, pois a taxa de imposto será cobrada no momento do resgate, de acordo com o regime de tributação. 

Se você acredita que vai precisar do dinheiro em curto prazo, pode valer mais a pena optar pela tributação progressiva. Nesse caso, a cobrança da alíquota é de 15% no momento do resgate, e a diferença entre o imposto pago e o valor devido pode ser ajustada na declaração do IR. 

Outro ponto importante é observar o período de carência do plano, que pode variar de acordo com o contrato. Também existem regras para o período mínimo entre dois saques consecutivos. 

5. Previdência Privada serve apenas como investimento para aposentadoria 

Outra afirmação que não é verdade. Apesar de ser uma aplicação de longo prazo, ela não serve exclusivamente para a aposentadoria. Mas a Previdência Privada possa ser usada como um complemento ao INSS, garantindo uma renda melhor no futuro. 

É comum também que os pais contratem um plano para a educação dos filhos, por exemplo. Nesse caso, os investimentos podem começar desde a infância, com a vantagem de que a criança ainda aprende sobre educação financeira. 

6. Os planos têm aplicação inicial alta 

Esse é um dos muitos mitos da Previdência Privada. Infelizmente, algumas pessoas ainda acreditam que essa alternativa é exclusiva para indivíduos de alta renda. No entanto, o mercado já oferece planos com aplicações iniciais acessíveis e com diferentes períodos de acumulação. 

Então, você pode encontrar uma opção que combina com as suas condições financeiras – e pode, inclusive, incrementar seus aportes ao longo do tempo, conforme seus ganhos também avançarem 

Por isso, vale a pena rever o valor mensal de contribuição de acordo com a evolução da sua vida profissional. Assim, é possível acelerar o acúmulo de patrimônio para ter uma renda ainda maior no futuro. 

7. Todos os planos são conservadores 

Outro mito. Nem todos os planos da Previdência Privada têm um perfil conservador. Cada opção deve ser analisada de acordo com os seus objetivos e sua tolerância ao risco.  

Se desejar mais segurança, pode optar por uma alternativa conservadora, mas se buscar por maiores chances de rentabilidade, há alternativas de planos também mais arrojados. 

A vantagem dos investimentos em longo prazo é que o risco é diluído com o tempo. Por isso, perfis moderados podem arriscar um pouco mais, inclusive na hora de escolher a Previdência Privada.  

8. Não é possível parar de pagar as mensalidades 

Se você estiver com dificuldades para continuar investindo mensalmente, pode solicitar a suspensão temporária das aplicações. Nesse caso, o plano continua ativo e o montante acumulado segue rentabilizando. 

Outra vantagem é que você pode retornar com os aportes quando desejar, ou fazer contribuições esporádicasAssim, sempre que tiver a oportunidade de fazer um novo investimento, foque em aumentar o capital. 

Agora que você conhece 8 dos mitos e as verdades sobre a Previdência Privada, pode analisar melhor as opções disponíveis no mercado. E escolher aquela que faça mais sentido para o seu portfólio. 

Gostou de solucionar suas dúvidas sobre o assunto? Então compartilhe este conteúdo nas suas redes sociais para que outras pessoas entendam mais sobre a Previdência Privada! 

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *