Confira os principais destaques da economia e do mercado financeiro na última semana e acompanhe os próximos eventos econômicos e políticos desta semana:

Política e Mercado Financeiro

BOLETIM FOCUS

O mercado reduziu as estimativas de inflação e de alta do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro para 2019 e 2020, de acordo com o Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central nesta segunda-feira (21). A estimativa de inflação passou de 4,02% para 4,01% em 2019, enquanto a projeção para o PIB 2020 foi reduzida de 2,57% para 2,53%.

Clique aqui e aprenda a ler o Boletim Focus, do Banco Central.

MAIORES CLIENTES DO BNDES

O BNDES divulgou, na semana passada, uma lista com os 50 maiores clientes do banco nos últimos 15 anos. Entre os maiores tomadores de empréstimos do banco estatal estão Vale, Petrobras e Odebrecht. Clique aqui e confira a lista completa.

DELAÇÃO DE PALOCCI

O ex-ministro de Lula e Dilma Antonio Palocci, afirmou em delação à Polícia Federal que o ex-presidente Lula recebeu dinheiro em espécie de propina da Odebrecht. Segundo Palocci, o dinheiro era entregue em caixas de uísque ao ex-presidente, que encontra-se preso em Curitiba, no Paraná.

FLÁVIO BOLSONARO

O filho do presidente Jair Bolsonaro e senador eleito pelo RJ, Flávio Bolsonaro,afirmou, em entrevista à Rede Record e à Rede TV!, que o pagamento de R$ 1 milhão em um título bancário da Caixa Econômica e os depósitos em sua conta em 2017 se referiam à compra de um imóvel na mesma época. As explicações de Flávio Bolsonaro foram dadas após a TV Globo divulgar movimentações atípicas na conta do filho do presidente Jair Bolsonaro.

PRESIDENTE DA ARGENTINA NO BRASIL

O presidente da Argentina, Mauricio Macri, reuniu-se, na semana passada, com o presidente Jair Bolsonaro pela primeira vez. Durante o encontro, os presidentes trataram de temas bilaterais de interesse da Argentina e do Brasil, além da questão da Venezuela.

DECRETO SOBRE ARMAS

O presidente Jair Bolsonaro assinou, na semana passada, um decreto que facilitará o acesso à posse de armas de fogo a cidadãos sem antecedentes criminais, conforme ele mesmo anunciou via Twitter, no final do ano passado. O decreto permite ao cidadão manter arma em casa em caso de “efetiva necessidade”, para proteção pessoal, e estende de 5 para 10 anos a validade do registro da posse.

BOLSA BRASILEIRA EM ALTA

O índice Ibovespa avançou 0,78% na sessão de sexta-feira (18), encerrando o dia aos 96.096 pontos e alcançando um novo patamar histórico. A alta foi impulsionada pelo otimismo dos investidores em relação às aprovações de reformas no país e pelo cenário externo positivo, com EUA e China sinalizando um possível fim para a guerra comercial. Na semana, a alta acumulada na bolsa foi de 2,6%; no ano, os ganhos chegam a 9,3%.

DÓLAR EM ALTA

O dólar avançou 0,23% no pregão de sexta-feira (18), cotado a R$ 3,756. Na semana, a moeda norte-americana também avançou, cravando uma alta acumulada de 1,12%, de acordo com o Valor Pro.

Seu bolso

COMBUSTÍVEIS EM QUEDA

O preço médio da gasolina caiu 0,9% nos postos de combustíveis do país na semana passada, de acordo com a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), para uma média de R$ 4,258 o litro. Já o etanol recuou 0,4% na semana, para R$ 2,82 o litro, na média.

ALÍVIO APÓS FORTES ALTAS

Após crescentes avanços no ano passado (com um avanço de mais de 7,2% no acumulado de 2018), a gasolina já acumula uma queda de 2% em 2019. O diesel tem recuo de 0,5% no ano, enquanto o etanol caiu apenas 0,4% nos primeiros dias de 2019.

O que vem por aí

MORO E BOLSONARO EM DAVOS

O ministro da Justiça, Sérgio Moro, e o presidente Jair Bolsonaro já estão a caminho do Fórum Econômico Mundial, que acontece nesta semana em Davos, na Suíça. Durante o encontro, a expectativa é que Moro disserte sobre o impacto positivo do combate à corrupção no Brasil em relação à melhoria do ambiente de negócios no país. O Fórum tem início na próxima terça-feira (22) e deve seguir até o dia 25 de janeiro, sexta-feira. Mais de 250 autoridades do G20 devem participar do evento.

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *