O banco de investimentos BTG Pactual está com inscrições abertas para a terceira edição do programa de potencialização de startups – o boostLAB. As inscrições vão até 15 de fevereiro e podem ser feitas via site do programa.

A iniciativa é direcionada às scale-ups – startups de nível mais avançado – e realizada em parceria com a ACE (eleita a melhor aceleradora da América Latina por três vezes). O objetivo do programa é fomentar parcerias e projetos piloto entre as startups selecionadas e a instituição financeira e seus parceiros  – potencializando as startups e auxiliando no crescimento dos negócios participantes.

Nesta terceira edição, serão selecionadas seis startups.  Podem se inscrever startups dos segmentos de fintechs, legaltechs, agritechs, startups de inteligência artificial ou real estate.

De acordo com o BTG Pactual, durante o processo de seleção, serão analisadas diversas questões, como a solidez do portfólio de clientes da startup e a dedicação integral de, no mínimo, dois sócios fundadores ao negócio. Segundo o banco de investimentos, ambas as análises serão mais importantes do que o tamanho do faturamento da empresa.

Benefícios para as startups

As startups selecionadas terão oportunidades de gerar negócios com o próprio banco de investimento e com empresas parcerias. Além disso, os sócios das companhias selecionadas receberão mentoria de sócios e diretores sêniors do BTG Pactual, por meio de um Conselho.

Fazem parte da terceira edição da boostLAB o sócio do BTG Pactual e responsável pelo programa, Frederico Pompeu, o head do Private Equity do BTG Pactual, Renato Mazzola, o CTO da instituição, Gustavo Roxo, o head do BTG Pactual, Marcelo Flora, o membro do Comitê Executivo do banco, José Vita, o head de RH da instituição, Mateus Carneiro e o head de Marketing do BTG, André Alves.

As seis empresas selecionadas também contarão com a metodologia de potencialização da ACE e os conselhos de um time de executivos com grande destaque em suas áreas de atuação – como o COO do Mercado Livre, Stelleo Tolda e a ex-CEO da Dudalina, Sônia Hess – eleita pela revista americana Forbes como a terceira mulher de negócios mais poderosa do Brasil.

Nesta edição, além de receber um crédito de US$ 10 mil no serviço de nuvem da Amazon (AWS) e um segundo crédito de US$ 3 mil no serviço da Google, as scale-ups selecionadas também terão acesso a mais um crédito de US$ 15 mil, oferecido pela Oracle.

Edições anteriores

Na segunda edição do programa, o BTG Pactual recebeu a inscrição de 132 startups. As seis startups selecionadas e potencializadas foram: Bxblue, Nexoos, VirtusPay, Ewally, Digesto e Omie.

Na primeira edição do boostLab, foram escolhidas as empresas: Neurotech, Agronow, Clicksign, Finpass [antiga F(X)], Liber Capital e Zigpay entre as 124 inscritas.

Segundo Frederico Pompeu, a potencialização das 12 empresas escolhidas resultaram em um crescimento significativo para cada uma das participantes. Em relação ao BTG Pactual, Pompeu destaca o aprendizado e o interesse do banco em participar de todas as etapas da vida dos empreendedores e das empresas.

“Já potencializamos 12 empresas e todas tiveram crescimento significativo. Para nós também tem sido um aprendizado conviver com empreendedores tão competentes. A essa altura, já estamos começando a fazer investimentos em algumas empresas e temos parceria com quase todas. Queremos ser o banco desse ecossistema em todas as etapas da vida dos empreendedores e das empresas”, disse.

De acordo com o BTG, o KPI (Key Performance Indicator) médio de cada empresa que participou do programa cresceu 233%.

Inscrições

As inscrições para a terceira edição do boostLAB podem ser feitas até o dia 15 de fevereiro, por meio do site do programa.

Por meio do site também é possível conhecer um pouco mais sobre a iniciativa do BTG Pactual, os benefícios oferecidos às startups selecionadas e o cronograma da terceira edição do boostLAB.

Sobre o BTG Pactual digital

BTG Pactual digital é a plataforma digital do BTG Pactual – o maior banco de investimentos da América Latina e quinto maior banco brasileiro, com mais de 35 anos de expertise em investimentos e gestão de recursos atuando no Brasil, Chile, Colômbia, México, Peru, Argentina, Estados Unidos e Inglaterra.

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *