A Iochpe-Maxion (MYPK3) e a Minerva (BEEF3) são duas das 5 Small Caps recomendadas pela equipe de análises do BTG Pactual para abril. Além das duas companhias – que acabam de entrar na carteira de ações Small Caps recomendadas do BTG, outros três papéis compõem esta carteira do banco de investimento para este mês.

As Small Caps são ações de empresas menores, que possuem baixa liquidez na bolsa de valores na comparação com papéis de grandes companhias, mas que detêm alto potencial de valorização ao longo de tempo. Na B3 (antiga BM&FBovespa) os investidores conseguem acompanhar o desempenho destes papéis por meio do Índice Small Cap (SMLL).

Confira a carteira recomendada do BTG Pactual de Small Caps para o mês de abril, que traz as ações da CVC (CVCB3), Iochpe-Maxion (MYPK3), Minerva (BEEF3), SulAmerica (SULA11) e T4F (SHOW3):

 

Compondo a carteira de Small Caps para o mês de abril

Em relatório enviado no início do mês, os analistas Carlos Sequeira e Bernardo Teixeira explicaram os motivos que levaram o banco a definir uma nova composição da carteira recomendada para abril, que inclui companhias com valor de mercado inferior a US$ 3 bilhões. Neste mês, saíram as ações da Valid (VLID3) e da São Martinho (SMTO3), para entrada dos papéis da SulAmerica (SULA11) e da T4F (SHOW3).

De acordo com os analistas do BTG Pactual, a CVC foi escolhida por conta da combinação de modelos de negócio híbrido (lojas próprias, agências independentes, vendas online, franchise e viagem para estudantes) que, de acordo com os analistas, têm “execução impecável”. Para o banco, a CVC tem entregado “números sólidos nos últimos trimestres, apesar da desaceleração econômica”.

Apesar de a instituição manter um rating neutro para as ações da SulAmerica, os analistas optaram por inserir os papéis na carteira de 5 Small Caps de abril, projetando bons resultados para a empresa à frente e um sólido primeiro trimestre. “A SulAmérica está bem posicionada para surfar a recuperação do setor da saúde no Brasil nos próximos anos”, avaliaram.

A Minerva foi mantida no portfólio do banco devido a uma visão positiva para a indústria bovina somada às boas perspectivas para a companhia no futuro em meio a uma avaliação atrativa. Já os papéis da T4F, que entraram na carteira neste mês, foram escolhidos devido às projeções positivas para o negócio de entretenimento no Brasil nos próximos meses – o que poderia impactar positivamente nos números da empresa.

Os papéis da Iochpe-Maxion continuam na carteira recomendada do BTG Pactual. Para os analistas do banco, a companhia tem mostrado bom desempenho operacional em um “sólido ambiente de produção de automóveis no Brasil e Europa” e, por isso, se mantém entre as 5 Small Caps recomendadas a clientes.

Desempenho do portfólio Small Caps

A carteira recomendada de Small Caps do BTG Pactual apresentou desempenho 4,8% em fevereiro – ante um desempenho negativo de -0,7% do Small Cap Index, na B3 – e um leve desempenho negativo de -0,5% no mês de março, ante um desempenho levemente positivo de 0,1% do índice das Small Caps da bolsa brasileira.

No ano passado, a performance do portfólio de Small Caps do banco de investimento foi de 67,1%, enquanto o índice Small Cap da B3 avançou 49,6%.

 

Quer aprender mais sobre investimentos e finanças? Então conheça o treinamento online “O Investimento Perfeito”Clique aqui e saiba mais sobre o curso!

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *