Avaliar o crescimento de um negócio é fundamental para saber como está a sua empresa,. Além disso, esta é uma maneira de verificar se as estratégias e o planejamento empresarial montados estão sendo assertivos.

Os negócios são imprevisíveis e a única coisa com a qual um empreendedor pode contar é exatamente com as contínuas mudanças do mercado. Por isso, é preciso avaliar constantemente o desempenho do seu negócio para saber o que está sendo bem-sucedido e o que deve ser alterado.

Quer saber mais sobre o assunto? Então acompanhe o artigo para entender um pouco mais sobre a importância de avaliar o crescimento de um negócio e descobrir como essa ação pode contribuir para o sucesso de qualquer empresa!

Por que avaliar o crescimento de um negócio?

Como já dito, essa avaliação é uma forma de saber a real situação do seu negócio. Além disso, fornece maiores diretrizes de como projetar o crescimento de uma empresa de forma efetiva e funcional.

Assim como qualquer análise, a avaliação do crescimento de um negócio contribui para o empreendedor ter certeza de que o trabalho e os recursos investidos no seu negócio estão tendo um impacto direto no seu crescimento e no resultado final. Ou ainda, perceber que alguns métodos não estão dando os resultados esperados e, por isso, devem ser modificados.

Avaliar o crescimento de um negócio também é parte importante para seguir com os objetivos da empresa, especialmente em termos de expansão interna.

Como fazer essa avaliação?

Para avaliar o crescimento de um negócio, nem só o lucro é levado em consideração. A avaliação observa diversos fatores que estão diretamente ligados com a boa evolução de um negócio. Compreende desde a satisfação dos clientes até a expansão da empresa entre seus concorrentes.

Alguns dos principais índices de crescimento de uma empresa são:

Demonstrações financeiras da sua empresa

Quando você pensa em medir o sucesso de um negócio, automaticamente pensa no lucro da empresa que está sendo gerado. Obviamente, o dinheiro é importante quando você administra um negócio. Sem isso, a tendência é a empresa falir.

As três principais demonstrações financeiras que um empreendedor pode usar em sua empresa são a declaração de renda, o balanço patrimonial e a demonstração do fluxo de caixa.

A demonstração desses resultados mede a rentabilidade de um negócio durante certo período determinado de tempo, mostrando os lucros e as perdas da empresa. O balanço mostra a saúde financeira do empreendimento, medindo quanto o negócio deve e quanto possui. E a demonstração do fluxo de caixa revela como o dinheiro líquido está em seu negócio.

Grau de satisfação de consumidores

Uma medida importante do sucesso das empresas é a satisfação do cliente. Se seus clientes não ficam satisfeitos depois de adquirir seu produto ou serviço, eles provavelmente não voltariam a comprar. Já quando estão satisfeitos, os consumidores repetem suas compras na empresa.

Monitorar a satisfação do cliente mostra com poderão ser as suas vendas futuras. Esse monitoramento pode ser feito de maneiras diferentes. Inclusive por meio de pesquisas, resenhas, e-mails, entre outras ferramentas.

Análises de desempenho

Se os clientes são importantes, os funcionários não são menos valiosos. Eles são essenciais para administrar e expandir seus negócios. Portanto, é fundamental também medir realizar avaliações de desempenho para ver como funcionários estão indo.

Através dessa avaliação, é possível conferir se os funcionários estão felizes em seus trabalhos, bem como a eficiência com que concluem tarefas. As avaliações de desempenho ajudam, inclusive, os funcionários a ver o que precisam melhorar e fornecem mais informações sobre sua carga de trabalho.

Avaliação do mercado

O mercado está em constante movimento. E um empreendedor precisa saber como este mercado está indo para medir o sucesso do seu próprio negócio.

Além disso, é importante acompanhar as novidades que o mercado oferece, principalmente para adaptar a sua empresa e não permitir que ela fique para trás em relação aos seus concorrentes.

Desempenho de setor

Procure também observar o desempenho do setor no qual sua empresa está inserida. Afinal, este fator também é importante para determinar se a sua empresa está seguindo de desempenho esperado.

Se a empresa está performando abaixo do que a média do mercado, isso pode significar algum problema interno – que deve ser resolvido.

Market share

Avalie qual é a participação de mercado da sua empresa. Isso revela a capacidade de atender aos clientes e também aponta para o grau de crescimento que o negócio apresenta naquele momento, especialmente para empresas de pequeno porte.

Identificar este indicador é fundamental na hora de avaliar o crescimento de um negócio.

Avalie os objetivos de longo prazo

Sua empresa está caminhando para a realização dos objetivos de longo prazo que você propôs no seu planejamento empresarial? Se a resposta for sim, é sinal de que o seu negócio está em um bom caminho.

Seja sempre específico com esses objetivos e torne-os mensuráveis. Objetivos de negócios, muitas vezes, são muito vagos. Então use uma linguagem muito clara para descrever as evidências de que suas metas de negócio estão sendo alcançadas.

Acompanhe a concorrência

Avaliar a concorrência é fundamental para ter uma ideia clara do que seus principais concorrentes estão fazendo. Obviamente, isso deve ser feito através de informações de domínio público, incluindo a pesquisa de relatórios anuais, publicações da imprensa especializada e de associações comerciais.

Saber como a concorrência se comporta e quais são as médias de seu crescimento é um bom comparativo para o seu negócio. Especialmente para identificar se as suas estratégias para se destacar entre os concorrentes estão sendo efetivas ou não.

Essas são alguns dos principais índices para avaliar o crescimento de um negócio. Utilizando-os no dia a dia, o empreendedor conseguirá aproveitar ao máximo as oportunidades abertas para a sua empresa, além de identificar e reduzir os riscos.

Lembre-se sempre que as evidências e resultados obtidos devem ser levados em consideração para a mudanças no planejamento ou a manutenção das estratégias que estão sendo positivas. Tudo a fim de equilibrar o seu negócio da melhor maneira possível.

Se você gostou deste conteúdo, inscreva-se em nossa newsletter para receber outros materiais em seu e-mail sobre finanças e investimentos.

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *