Proteger o capital aplicado é o objetivo de todo investidor, em qualquer lugar do mundo. Afinal de contas, o objetivo de poupar dinheiro e investir seu capital é justamente alcançar um objetivo, seja um rendimento mensal, a compra de um imóvel ou outro bem, uma viagem, uma aposentadoria tranquila.

Mas, será que existe algum modo de diminuir os riscos de perder suas aplicações e proteger seu capital? É sobre isso que vamos falar no post de hoje. Continue a leitura e saiba como reduzir o risco de perder seu capital aplicado no mercado financeiro.

Os riscos do mercado financeiro

Para começar a falar sobre este tema é bom lembrar que não existe ativo financeiro isento de risco. Há, no entanto, alguns investimentos com menor chance de perdas, como é o caso do Tesouro Direto. Isso porque quem garante os títulos do Tesouro Direto é o governo –  que não costuma dar calote na dívida interna e que tem, em caso de necessidade, pode imprimir mais moeda.

Um dos investimentos mais arriscados, por outro lado, são as ações negociadas na bolsa, por conta da volatilidade e oscilações que apresentam ao longo do tempo. Apesar dos riscos deste e de outros investimentos, existem sim alguns instrumentos à disposição do investidor que permitem que o capital investido seja preservado.

Protegendo o capital aplicado

A principal ferramenta para a manutenção das suas aplicações é o Fundo Garantidor de Crédito (FGC) , que garante a devolução de até R$ 250 mil por CPF por instituição financeira na qual se possui investimentos, em um limite global de R$ 1 milhão. Investimentos como as Letras de Câmbio (LC), Letras Imobiliárias (LI), Certificado de Depósito Bancário (CDB), Poupança, entre outros, são protegidos pelo FGC.

Já os fundos de investimento com CNPJ próprio são garantidos pelos ativos que os compõem, o que faz com que, em caso de um banco ir à falência, o fundo possa se manter devido aos ativos nos quais está investindo.

Em um vídeo antigo do meu canal do YouTube, falei sobre a melhor estratégia para diversificação dos investimentos, e esta diversificação é um dos principais pontos que se deve levar em consideração na hora de diminuir os riscos de seus investimentos. Procurar diversificar seus investimentos de acordo com seu perfil de investidor é sempre a melhor opção.

Para proteger seu capital, vale a pena dividir suas aplicações entre diferentes instituições financeiras e apostar sempre em uma carteira diversificada, com investimentos alinhados ao seu perfil de investidor. Desta forma, você diminuirá – e muito – os riscos de perder seu capital aplicado no curto, médio e longo prazo.

E você, diversifica seus investimentos? Compartilhe suas experiências conosco e não deixe de assinar nossa newsletter!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

 

Artigo publicado em 23/08/2017. Atualizado em 31/05/2019.

Autor

André Bona

André Bona possui mais de 10 anos de experiência no mercado financeiro, tendo auxiliado milhares de investidores a investir melhor seus recursos e é o criador do Blog de Valor - site de educação financeira independente.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *