É fato que o mercado de trabalho nunca esteve tão concorrido como hoje em dia. Se novas oportunidades aparecem todo dia, também novos concorrentes surgem.

O resultado disso? É necessário investir cada vez mais para crescer na carreira e sobressair na profissão.

Crescer profissionalmente na empresa, por exemplo, pode representar um desafio e tanto, com tantas disputas e exigências cada vez maiores. Mas não desanime. Para quem tem dedicação, foco e disposição para aprender, o sucesso é questão de tempo.

Se você quer saber como crescer na vida profissionalmente, confira nosso artigo de hoje. Acompanhe 6 dicas de como se destacar na carreira e desenvolver suas muitas habilidades no mercado de trabalho, incluindo autoconhecimento e habilidades pessoais.

Venha com a gente e descubra como crescer na carreira e alcançar seus objetivos no trabalho!

1. Invista em conhecimento técnico

Sabemos que hoje em dia o conhecimento técnico não é suficiente para um bom profissional: temos as chamadas soft skills, que são habilidades mais sutis, mas muito importantes para o desempenho de um funcionário ou de uma equipe.

Porém, ainda assim, conhecimento técnico é commodity, ou seja, é um bem que faz diferença no mercado. O fato de estar sempre investindo em conhecimento técnico, através de pesquisa, cursos e experiências, é imprescindível para crescer na carreira.

Enfim, o crescimento profissional dentro de uma empresa depende, além de relacionamentos interpessoais e habilidades próprias, de conhecimento técnico. Estamos falando em conhecimento cada vez mais aprofundado e contínuo, de preferência nos lugares e com as pessoas mais qualificadas possíveis.

Nunca pense que “sabe demais”: lembre-se, a toda hora novas tecnologias e possibilidades se inserem no mercado, e quem não aprimora sua técnica inevitavelmente fica para trás dos concorrentes, seja dentro da empresa ou no cenário de concorrência entre diferentes organizações de determinado nicho mercadológico.

2. Invista em suas habilidades pessoais

Acima, comentamos sobre a importância das habilidades pessoais juntamente às capacidades técnicas. Habilidades próprias e técnica não são excludentes, mas devem andar de mãos dadas na busca por um melhor desempenho e de crescimento profissional dentro da empresa.

Se você quer mesmo crescer na carreira, você precisa ampliar sua visão e atentar para seu autoconhecimento. Aconselhamos que você considere, por exemplo, as seguintes questões:

  • Visão ampla de seu negócio;
  • Criatividade;
  • Capacidade para ouvir e falar quando necessário;
  • Incentivo aos colegas, compreendendo a função de cada um na empresa;
  • Paciência;
  • Organização;
  • Responsabilidade;
  • Atitude colaborativa;
  • Objetividade.

Outra habilidade pessoal, mas que, caso não seja inata, pode ser desenvolvida, é se comunicar de forma adequada no ambiente de trabalho. Incentivar, conversar e chamar a atenção dos colegas ou subalternos, se necessário, é importante nesse sentido, mas não é tudo.

Vamos ver mais a seguir.

3. Comunique-se com eficiência

O ambiente de trabalho geralmente é um tanto austero, mais formal que o pessoal. Isso não impede, porém, que você invista em um bom relacionamento, verdadeiro e transparente – na medida do possível – com sua equipe.

Comunicar-se bem é ser capaz de fazer com que as pessoas entendam e aceitem suas  ideias, ainda que você não tenha uma função de líder.

A palavra aqui é “cooperação”: engajamento de todos os envolvidos. Isso vai fazer com que você possa crescer na carreira e estimular outros a conseguirem o mesmo.

Procure se comunicar com clareza, objetividade, respeito e empatia. Não se isole em seu setor: o gerente financeiro não precisa ficar restrito à equipe financeira, mas deve entender a empresa em geral, desde a logística até o atendimento ao cliente.

Lembre-se que uma boa empresa são peças bem encaixadas, em que cada uma ajuda a outra a formar um cenário de sucesso e crescimento.

4. Tenha um perfil empreendedor e saiba negociar

Aí estão duas capacidades que se entrelaçam nos negócios: ser um empreendedor de fato e saber negociar, conversar, encontrar as melhores saídas e vislumbrar os melhores resultados.

Seja você dono de um negócio ou um funcionário, ter um perfil empreendedor, proativo, colaborativo, observador, meticuloso, sagaz, organizado, criativo, é essencial. Você pode desenvolver essas habilidades com o tempo, seja pela experiência ou em cursos. Informe-se sobre como desenvolver sua área profissional nos mais diferentes veículos.

As pessoas com perfil empreendedor que são capazes de crescer na carreira não se contentam em ficar sempre na mesma situação, ao contrário, querem sempre coisas novas, ouvir e apresentar ideias. Inclusive, aceitam riscos – não exageradamente, se possível – e são motivadoras e entusiastas da inovação.  

“Pensar fora da caixa” é o termo que se costuma utilizar para um perfil empreendedor, o que possibilita o crescimento profissional na empresa, tanto o seu como da equipe. Crescer profissionalmente na empresa é encarar os problemas e abraçá-los, não necessariamente sozinho, mas sabendo recorrer ao papel que cada pessoa possui no negócio.

Em resumo, o perfil empreendedor é aquele que sabe “fazer acontecer”. Mas, por outro lado, respeita as opiniões alheias e as habilidades pessoais de cada um.

Por fim, lembramos que a capacidade de negociar envolve não só as tarefas da empresa propriamente, mas o relacionamento com funcionários, fornecedores e colaboradores. Saber negociar com as pessoas e chegar às melhores alternativas é uma capacidade muito importante para crescer na carreira.

5. Esteja aberto para se adaptar ou para inovar

Já falamos da necessidade de um empreendedor de inovar e desenvolver ideias, assim como conversar sobre elas em um ambiente colaborativo.

Porém, quem quer crescer na carreira, e saber como crescer profissionalmente, precisa estar pronto para se adaptar. Isso significa se adequar a novos cenários e a incertezas, assim como a regras e diretrizes da empresa.

Por exemplo: saiba cumprir prazos e responsabilidades estabelecidas. Se necessário, negocie, mas se lembre, sempre, de que o mais importante é ser responsável e comprometido.

6. Faça muito com pouco

Às vezes, o profissional tem que saber “fazer das tripas coração” para atingir objetivos. Ou, então, precisa aprender a fazer o máximo com o mínimo, evitando o desperdício de custos e de tempo.

Estamos falando de pensar, avaliar e buscar as melhores estratégias para projetos específicos ou para sua carreira. Estamos, ainda, falando de esforço e dedicação, e de saber delimitar prioridades.

Por fim, isso significa produzir mais em menos tempo, sem deixar a ansiedade ou a superficialidade atrapalharem. Talvez não seja tão fácil, mas com esforço, serenidade e experiência você vai conseguir.

O que você achou do nosso artigo? Se gostou, compartilhe com seus amigos que querem crescer em suas carreiras.

 

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

Nosso site é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *