Você costuma acompanhar a performance dos índices da economia? Se sua resposta for não, talvez esse seja o momento de mudar de hábitos.

Afinal, alguns índices que parecem somente números distantes, podem afetar diretamente nossas finanças.

Este post é o terceiro de uma série de artigos sobre importantes índices da economia. São eles: SELIC, IPCA E IGP-M. Neste artigo, você terá a oportunidade de aprender sobre o IGP-M.

Continue a leitura e saiba mais sobre este índice da economia brasileira.

IGP-M

Ao falar do índice IGP-M, já nos vem à cabeça o setor imobiliário, não é mesmo? Este é um dos índices que mais influencia nossas contas, afetando nosso dia a dia.

Mas você sabe exatamente o que é, como funciona e como o IGP-M pode afetar sua vida?

IGP-M: O que é?

O IGP-M é um índice de preços, e portanto, um índice que mede inflação. Esse índice é utilizado para cálculo de correção de contratos de aluguel, algumas operações imobiliárias e é ainda utilizado como indexador de algumas tarifas, sendo base por exemplo para cálculos nas tarifas de energia.

O Índice Geral de Preços do Mercado  é calculado pelo FGV (Fundação Getúlio Vargas). E, assim como nos casos de outros índices de preços, o IGP-M leva em conta uma cesta de produtos em determinado período de tempo.

O grande diferencial do IGP-M é levar em conta além de preços de varejo, também preços de atacado, indústria, agronegócio e construção civil.

O cálculo deste índice é composto por uma ponderação de outros índices, sendo: 60% de índice de preços do atacado (IPA-M), 30% de índice de preços ao consumidor (IPC-M) e 10% de índice de preços dos custos da construção civil (INCC-M).

O IGP-M e os financiamentos e empréstimos

Mas o setor que o IGP-M mais se mostra presente é na construção civil. Ao fazer um financiamento com construtoras, é comum uma correção dos valores do contrato pelo IGP-M.

Entretanto, antes de assumir qualquer financiamento que seja indexado por índices de preços, é importante que haja uma análise minuciosa, sob o risco de observar grandes oscilações nas prestações.

As prestações a serem pagas dependerão de um índice a ser calculado no futuro, no qual muitas variáveis e setores econômicos interferem. Prazos muito longos expõe o tomador do crédito por um tempo maior durante a vigência de seu contrato de financiamento.

Se você é um investidor do ramo imobiliário ou tem financiamento ou imóvel alugado, saiba que deve ficar de olho no IGP-M!

O IGP-M e os investimentos

Por ser um índice de preços, e assim, representar uma inflação, este indicador pode representar uma ameaça ao valor do dinheiro ao longo do tempo.

Você investidor já sabe que, ao analisar seus investimentos, precisa sempre calcular a Rentabilidade Real daquele investimento. Ou seja, a rentabilidade dele menos o valor da inflação, não é mesmo?

E, assim como no caso do IPCA, séries altas de IGP-M apresentam perda no valor do dinheiro.

O IPCA por representar a inflação oficial do país e o IGP-M por também medir a inflação de uma cesta de produtos e serviços. Sendo assim,l você pode ser mais ou menos influenciado, de acordo com a natureza de seus negócios financeiros.

A carteira de investimentos e o IGP-M

Existem investimentos que protegem a carteira para que ela não apresente uma corrosão do valor aplicado. São investimentos que apresentam uma rentabilidade real.

Dessa forma, você deve sempre verificar qual a performance de sua carteira em relação aos índices de preços, uma vez que é a partir dessa análise que você verificará se seu dinheiro está efetivamente gerando mais valor ao longo dos anos.

Atualmente, o Tesouro disponibiliza títulos indexados ao índice de preços IPCA (Tesouro IPCA+ com Juros Semestrais). Não há para venda na plataforma do Tesouro títulos indexados ao IGP-M, porém, ele ainda tem em estoque um pequeno percentual de títulos que tinham o IGP-M como indexador.

Hoje este estoque representa 0,1% dos títulos, representando um valor aproximado de R$ 61 milhões, de acordo com os dados de Julho de 2019 do Tesouro Direto. E ele só é encontrando para transação no mercado secundário.

Quando estamos em uma economia emergente, é importante levar em conta que quanto maior o prazo do investimento, mais se deve protegê-lo da inflação.

O Banco Central disponibiliza uma ferramenta na qual é possível calcular a correção de valores ao longo de um período pelo IGP-M (e outros índices também). Vale a pena utilizá-la.

Histórico do IGP-M

A seguir temos uma série histórica do IGP-M dos últimos 10 anos:

Conforme podemos verificar na tabela acima, o histórico do IGP-M apresenta bastante oscilação no período apurado. Os anos de 2010 e 2015 apresentaram uma sensível elevação, correspondendo a um período com inflação mais alta, sendo o IGP-M de 11,32% a.a. e 10,54% a.a. respectivamente.

Já as maiores reduções foram observadas nos anos de 2009 e 2017, quando o índice apurado foi negativo, de -1,71% a.a. e -0,53% a.a. respectivamente. Vale destacar que o IGP-M tende a apresentar uma oscilação maior do que os valores apurados pelo IPCA.

Conclusão

O cálculo de diversos índices da economia transcrevem, em números, realidade e expectativas. Por isso a importância desses índices e de que a tomada de decisões de empresas ou de famílias leve em conta esses indicadores.

Lembre-se sempre que, por vezes, eles sinalizam uma tendência econômica, que permitem embasar tomada de riscos, com aperfeiçoamento do planejamento financeiro.

Este foi o terceiro artigo da série sobre importantes índices da economia. E você, gostou de saber mais sobre o IGP-M, Selic e IPCA? Deixe seu comentário!

Como fazer seu dinheiro trabalhar para você?

Aprender a investir melhor seu dinheiro e tomar boas decisões de investimentos, de acordo com seu planejamento pessoal, é a única maneira de fazer seu dinheiro trabalhar para você e de conquistar todos os seus objetivos financeiros.

Quer acelerar a conquista da sua liberdade financeira? Então clique aqui e saiba como fazer o seu dinheiro trabalhar para você agora!

Autor

Equipe André Bona

O Portal André Bona é um site de educação financeira independente, que tem como missão auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *