Agora é oficial: a linha de trem que liga a zona leste de São Paulo ao Aeroporto Internacional de Guarulhos será inaugurada no próximo sábado (31) e. A inauguração da linha 13-Jade da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) acontece com quatro anos de atraso em relação ao cronograma inicial.

Os trens devem começar a circular na manhã de sábado, realizando o trajeto entre a Estação Engenheiro Goulart e o Aeroporto de Guarulhos em apenas 15 minutos.  Ao longo do mês de abril, no entanto, os trens circularão apenas entre as 10h e as 15h, somente aos sábados e domingos.

O novo trem para Aeroporto de Guarulhos

O percurso da zona leste de São Paulo até o Aeroporto de Guarulhos terá 12,2 quilômetros de extensão, ligando a Linha 13-Jade à Linha 12-Safira (Brás-Calmon Viana) na Estação Engenheiro Goulart. Além da Estação Aeroporto-Guarulhos, será entregue também neste sábado pela CPTM a estação Guarulhos-Cecap.

A Estação Aeroporto-Guarulhos está localizada no Terminal 1 do aeroporto, onde ocorrem os embarques e desembarques dos passageiro das aéreas Azul e Passaredo. Os passageiros que precisarem acessar os terminais 2 e 3 do aeroporto deverão embarcar em um ônibus gratuito fornecido pela GRU-Airport –concessionária que administra o aeroporto – para chegar aos demais terminais.

De acordo com a CPTM, haverá uma operação especial “assistida” ao longo do mês de abril e, por isso, os trens circularão com intervalo de 30 minutos entre a Estação Engenheiro Goulart até o Aeroporto de Guarulhos. A partir de maio, a operação deverá ser estendida para todos os dias da semana – porém apenas no período das 10h às 15h.

A tarifa de R$ 4,00 – que será cobrada pelo trajeto do trem para Aeroporto de Guarulhos – só entrará em vigor no mês de junho, quando a linha terá o horário estendido, com circulação de trens entre 4 horas da manhã e meia-noite. Até lá, os passageiros que utilizarem o serviço não precisarão pagar pela passagem.

Uma Copa do Mundo de atraso

Com mais de 12 quilômetros de extensão, a linha da CPTM até o Aeroporto –  que deverá transportar cerca de 120 mil passageiros por dia – havia sido prometida para a Copa do Mundo de 2014. O projeto, no entanto, só começou a sair do papel em dezembro de 2013 – já com um atraso de mais de nove meses.

A obra tinha um prazo inicial de execução de um ano e meio – que não foi cumprido, tendo sido postergado por diversas vezes pela CPTM até a inauguração deste sábado. O custo do projeto também aumentou ao longo dos anos, chegando ao monte final de R$ 2,3 bilhões.

 

Quer aprender mais sobre investimentos e finanças? Então conheça o treinamento online “O Investimento Perfeito”Clique aqui e saiba mais sobre o curso!

Autor

Redação Blog de Valor

O Blog de Valor é um site de educação financeira independente com a missão de auxiliar pessoas e famílias a melhor compreender o mercado financeiro e os seus produtos. Assine nossa newsletter!

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *