Confira os principais destaques da economia e do mercado financeiro na última semana e acompanhe os próximos eventos econômicos e políticos desta semana:

Política e Mercado Financeiro

PROJEÇÃO REDUZIDA PARA O PIB

O mercado elevou a estimativa de inflação e reduziu a projeção do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano, segundo o Boletim Focus, divulgado nesta segunda-feira (27) pelo Banco Central. A projeção dos analistas para expansão do PIB foi reduzida de 1,49% para 1,47% em 2018.

PROJEÇÃO PARA O IPCA AVANÇA

Já a estimativa para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) em 2018 avançou, passando de 4,15% para 4,17%. Para o ano de 2019, a projeção  da inflação também foi elevada, de 4,10% para 4,12%, também de acordo com o Boletim Focus.

IBOVESPA EM ALTA DIÁRIA

O índice Ibovespa encerrou em alta na sexta-feira (24), em um dia de menor aversão ao risco no exterior e de manutenção das incertezas no cenário político do Brasil. O Ibovespa subiu 0,83% no dia, encerrando a semana em 76.262 pontos. No mês de agosto, entretanto, a queda acumulada na bolsa brasileira é de 3,72%.

DÓLAR EM ALTA NA SEMANA

Após sete sessões consecutivas em alta, o dólar recuou 0,42% na sessão de sexta-feira (24), encerrando o dia em R$ 4,104. Apesar da queda, a moeda norte-americana acumula alta de 4,86% na semana frente ao real; no mês, a valorização é de 9,36%, enquanto, no ano, o avanço acumulado do dólar já chega a 23,88%.

Seu bolso

13º SALÁRIO INSS

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começa a pagar, nesta segunda-feira (27), a primeira parcela do 13º salário dos aposentados, que será equivalente a 50% do valor do benefício recebido. O pagamento desta primeira parcela segue até o dia 10 de setembro, enquanto a segunda parcela será paga em novembro.

MUDANÇAS NO FINANCIAMENTO CAIXA

A Caixa Econômica Federal anunciou, na última sexta-feira (24), a redução dos juros para financiamento de imóveis e o aumento do limite de 70% para 80% para financiamento de imóveis usados.

MENOS JUROS E MAIOR LIMITE

As taxas mínimas de financiamento passaram de 9% ao ano para 8,75% ao ano para imóveis financiados dentro do Sistema Financeiro de Habitação (SFH) e de 10% ao ano para 9,5% ao ano para imóveis do Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI). O limite de cota de financiamento de imóveis usados agora é de 80% – permitindo o financiamento de imóveis usados com uma entrada menor.

BOLETO VENCIDO

Boletos vencidos com valores a partir de R$ 400,00 já podem ser pagos em qualquer instituição bancária – e não mais apenas em seu banco de origem – pelos consumidores. O novo limite para pagamento de boleto vencido – estabelecido pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) entrou em vigor no último sábado (25); expectativa é de que boletos vencidos de qualquer valor possam ser pagos em qualquer banco já a partir de novembro.

COMBUSTÍVEL EM QUEDA

O preço médio da gasolina nos postos brasileiros caiu pela quinta semana seguida na semana passada, segundo a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). O preço médio do litro do combustível caiu 0,24%, para R$ 4,429 na semana passada. Já o etanol recuou 0,94%, atingindo R$ 2,621 o litro, em média, nos postos brasileiros.

O que vem por aí

ELEIÇÕES EM PAUTA

Tem início, na próxima sexta-feira (31), o horário eleitoral gratuito nas rádios e nos canais de televisão abertos. O candidato à presidência Geraldo Alckmin (PSDB) terá o maior tempo disponível entre os presidenciáveis, enquanto Jair Bolsonaro (PSL) – que lidera a corrida eleitoral em um cenário sem o ex-presidente Lula, terá um dos menores tempos entre os candidatos mais expressivos na disputa pelo Planalto.

ELEIÇÕES EM PAUTA 2

Os candidatos à presidência da República seguem em campanha eleitoral por todo o país. Ainda não há, no entanto, data para análise da candidatura do ex-presidente Lula pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Com base na Lei da Ficha Limpa, Lula estaria impedido de participar do pleito e concorrer à presidência.

AUDIÊNCIA EM SETEMBRO

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, marcou, para o final de setembro, uma audiência para discutir a liminar que proibiu o governo de vender empresas públicas sem o aval do Congresso. A audiência, que será realizada em 28 de setembro, contará com a participação de representantes de empresas como a Petrobras, Eletrobras, além de representantes do Ministério de Minas e Energia e centrais sindicais.

 

Quer aprender mais sobre investimentos e finanças? Então conheça o treinamento online “O Investimento Perfeito”. Clique aqui e saiba mais sobre o curso!

Autor

Luana Neves

Jornalista e redatora. Atuou como editora de Economia no Jornal DG e Revista Quem é Quem - Economia, assinou por três anos coluna diária de Economia e já produziu conteúdo para diversos portais de notícias do Brasil.

shadow

Posts relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *